Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

O novo ano está aí à porta. Será isso bom ou mau? Sinceramente não sei... a única coisa que sei é que o ano vai mudar... as energias vão mudar... a vida vai evoluir entre perdas e conquistas, e espero que todos nós consigamos recriar-nos... reinventar-nos... e transformar-nos com a passagem do tempo.

Vamos dizer adeus ao ano velho, e desejar as boas vindas ao ano novo, de preferência com muito dinheiro no bolso, e saúde para dar e vender.

Para muitos quando o ano velho vai embora... já vai tarde. Para outros não deveria ir nunca. Mas ele vai... é implacável. E a sua ida irá trazer-nos outros dias... outras semanas... e novas perspectivas para serem vividas com intensidades diferentes por cada um de nós.

Desejo-vos um FELIZ 2010...

O Natal é um dia mais do que especial, porque é nesta época de festividades que os olhinhos, o sorriso, e o olhar das crianças adquirem um brilho intenso que significam esperança. Talvez por isso se troquem presentes só para vermos a alegria no seu olhar ao ganharem os seus presentes.

Entretanto os anos passam, e elas deixam de acreditar no Pai Natal, para passar a serem elas próprias o Pai Natal, mas mesmo nessa condição, elas não deixam de se lembrar das suas infâncias, e do tempo em que para elas o Pai Natal existia mesmo, porque assim alguém as fez acreditar.

O Natal tem a capacidade de até aos adultos encantar, porque no fundo de cada um de nós sempre existirá no nosso coração a magia do Natal. Assim... puro... perfeito... Aos olhos dos adultos... como aos olhos de qualquer criança...

A todos os que por aqui passam por estes dias, para além de vos desejar um FELIZ NATAL, deixo-vos o conselho de não pensarem no passado porque não o podem mudar... nem pensem no futuro porque também não o podem prever, e muito menos pensem no presente que eu vos poderia dar porque simplesmente não o comprei...

FELIZ NATAL a todos

Viver também pode ser estarmos sempre à procura daquilo que não temos. É por isso que quando se vive afogado no meio de mulheres lindas, a beleza pode vulgarizar-se, e só um olhar especial, ou umas mãos de seda nos conseguirão arrancar da letargia que essa abundância nos pode provocar.
Quando a conheci ou ela não era assim... ou então foi o meu amor por ela que a transformou naquilo que hoje é aos meus olhos...

Sou da opinião de que quem parte já há muito que se tinha ido embora. E há aquelas pessoas que é como se nunca estivessem em lugar nenhum, e que por isso apenas as podemos guardar no nosso coração, porque esse é o único sítio do qual podemos ter a certeza que nunca partirão. Na verdade nem eu mesmo sei definir se os fracos são aqueles que fogem, ou se pelo contrário os fracos são aqueles que decidem ficar.

As quedas que levamos ao longo da nossa vida são apenas o amadurecimento e a aprendizagem para enfrentarmos o futuro com mais confiança e sabedoria.

Eu já me perdi muitas vezes, e também por muitas vezes pensei que não ia voltar a encontrar-me! Mas lutei... e ao mesmo tempo deixei que o destino me guiasse, e não deixei que a vida me derrotasse cruel e friamente.

Podemos sempre ter uma reacção. É nos momentos mais importantes, e difíceis, da nossa vida que nos apercebemos como estamos sozinhos, como não temos ninguém a não ser nós próprios. Não podemos contar com mais ninguém. Apenas com a nossa razão, o nosso pensamento, o nosso coração, e a nossa vontade.

Quando me sinto perdido, descanço, e depois volto à luta, e não deixo que a vida me derrote, que o destino me engula, e que a tristeza me comande. Luto... Venço... Porque a força interior é a minha maior e única aliada. Quando tenho verdadeiramente vontade de me voltar a encontrar, acabo por conseguir sempre.

Tenho prometido a mim mesmo que vou mandar a tristeza embora, e olhar de novo para a vida a sorrir. Vou volta a abrir as portas que estão trancadas no meu coração, e apagar de vez tudo e todos os que insistem em me magoar. Passar a preocupar-me apenas com quem o merece, e deixar de perder tempo com tudo aquilo que não fizer sentido. E vou deixar... deixar o tempo agir, porque ele tudo desvanece.