Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Sofá

As mulheres quando estão sozinhas não trocam o sofá por nada, porque ele é bom e seguro, e sempre se poupa nos sapatos. Mas às vezes é preciso dizer não ao sofá, e sair de casa. Porque será que nunca se vê uma mulher bonita a jantar sozinha? Será que alguém a pode comer? Mas isso também não pode acontecer quando se está acompanhada?

Uma mulher bonita à mesa é um prazer, por isso me pergunto muitas vezes porque terão elas medo de ser vistas sozinhas num restaurante ou num bar à noite?
"Então? Também estás cá? Esperas alguém?"
"Não. Estou a jantar sozinha."
"Desculpa?! Olha, eu sentava-me aqui contigo, mas tenho ali o meu namorado à espera."

A resposta a uma situação destas deveria ser: "Mas quem te disse que eu queria companhia?"

Já num bar, dá para imaginar que enquanto ela está no balcão a beber o que gosta, aproxima-se logo um gajo que se cola ao banco e lhe pede lume. Mas como ela não fuma, ele diz: "Que pena". Certinho, certinho será quando os copos tomarem conta dele, ele voltar à carga com uma pergunta qualquer descabida, e ela lá terá que ter o trabalho de evitá-lo. E se por acaso no bar onde ela se encontra entrar uma "amiga", ela certamente irá logo comentar com os outros: "Coitada dela. Agora sai sozinha. Deve andar à procura de companhia. Olha que ela não tem mesmo sorte".

Eu pessoalmente admiro muito as mulheres que não precisam de ninguém para sair. Mulheres que se arranjam para estar bem com elas próprias. Mulheres que deixam o sofá sozinho em casa. Até porque, eu falo por experiência própria, só custa a primeira vez.

4 Comments:

  1. Anna Milk said...
    Que dizer?...É verdade...por isso adoro o meu sofá! Prometo que vou tentar mudar...
    Anonymous said...
    Olá, nunca te comentei, mas permites mo fazê-lo?
    Um tema diferente e interessante, bem pensado
    Eu passei muito tempo num sofá e cheguei mesmo a quase nem me ver nele, que nem camaleão, que muda de cor,consoante onde está,perante os perigos da natureza, foi o que fiz.
    Ate que um dia...saí...e estou aonde estou, com um homem que amo e uma filha linda...Não foi preciso arranjar me muito, mas saí do sofá
    Bjo, gostei mesmo,parabéns
    Há um tempo que te ando para comentar, desculpa não te lo feito!
    Luadoceu....
    arte por um canudo 2 said...
    Hoje dia 8 de Março não se pode dizer mal delas.abraço
    mitro said...
    O problema não é o sofá... é ficar!

Post a Comment