Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Sei de cor cada lugar teu. Atado em mim, a cada lugar meu. Tento entender o rumo que a vida nos faz tomar, tento esquecer a mágoa, e guardar só o que é bom de guardar.

Pensa em mim protege o que eu te dou. Eu penso em ti e dou-te o que de melhor eu sou, sem ter defesas que me façam falhar nesse lugar mais dentro, onde só chega quem não tem medo de naufragar.

Fica em mim que hoje o tempo dói, como se arrancassem tudo o que já foi, e até o que virá e até o que eu sonhei. Diz-me que vais guardar e abraçar tudo o que eu te dei.

Mesmo que a vida mude os nossos sentidos, e o mundo nos leve para longe de nós, e que um dia o tempo pareça perdido, e tudo se desfaça num gesto só.

Eu vou guardar cada lugar teu. Ancorado em cada lugar meu, e hoje apenas isso me faz acreditar que eu vou chegar contigo onde só chega quem não tem medo de naufragar.

Tema: "Cada Lugar Teu" - Mafalda Veiga

17 Comments:

  1. Fa menor said...
    e vai uma lágrima!...

    Também coloquei esta música em Agosto de 2008...

    Poderia ficar aqui a ouvi-la a noite toda que não me fartava...


    Bejos
    Erotic Spirit said...
    hmm... sad, beautiful, hopeful... perfect :)
    kiss
    nOgS said...
    Adoro essa música. Até já a postei no meu blogs "Às vezes de Noite" há uns anos atrás;)

    Estas palavras são autênticos poemas.

    Beijo
    Paula Raposo said...
    Muito bonito o que divagaste...beijos.
    Maria, Simplesmente said...
    Esta canção de Mafalda Veiga é linda, esteve no meu Blogue em Fevereiro 2008 e faço, por essa altura, referência a ela numa mensagem que publiquei.

    Mesmo "naufragando" porque não conhecer cada lugar?
    Bj
    Maria
    Maria, Simplesmente said...
    Gosto muito desta canção e do sentido tão profundo que cada palavra tem.
    ´
    "Sei de cor cada lugar teu..." é preciso saber amar para que isso aconteça e realmente não ter medo de naufragar.

    Mas mesmo naufragando por vezes vale a pena...

    Maria
    Parapeito said...
    :))
    ..."Mesmo que a vida mude os nossos sentidos, e o mundo nos leve para longe de nós"
    (que importa...se formos pele da mesma pele!)
    Dias cheios de brisas doces****
    Fragmentos Culturais said...
    ... eu até nem aprecio a cantora! Acho-a sem graça, perdoa!
    Mas este poema, é lindo, poderia dar uma linda e comovente 'declaração de eternidade'!

    Um beijo carinhoso,

    Lamento só agora estar a visitar os 'amigos'
    que tão amistosamente me foram procurando,
    apesar de ter estado impossibilitada de retribuir,
    neste último mês e meio, quase :(
    Secreta said...
    Bonita musica ... :)
    tibeu said...
    Gosto da canção, gosto do post, enfim gosto muito de aqui vir. um bj e bom fim de semana
    su said...
    As x somos barcos que tantonavegam como naufragam nos corpos alheios que amamos...
    Oliver Pickwick said...
    Não conhecia. Realmente é muito bonita. Os grandes amores são feitos para aqueles que não tem medo de naufragar.
    Um abraço!
    tibeu said...
    Olá
    Hoje vim pedir para passares por este blog e tentares ajudar a divulgar. Pode ser? . http://umsonhodenatal.blogs.sapo.pt/
    Muito obrigada
    A Luz A Sombra said...
    Cada lugar teu...
    Quando estamos ancorados a um lugar é difícil partir.
    Por vezes ficamos para sempre, e foi com esta música que um dia percebi o que me acontecera.
    E já lá vão tantos anos!
    A Luz A Sombra
    Miriamdomar said...
    Olá Art

    Lindíssimo!
    Fizeste uma boa escolha !
    Eu gosto mais da letra, do que da música!
    A Mafalda Veiga tem um estilo muito próprio que eu gosto mas neste caso, preferia ,outro tipo de música!
    Bjo
    Blogadinha said...
    "Só pode voar quem arriscar cair,
    Só se pode dar quem arriscar sentir".

    Mafalda Veiga, que bom Chão! :)
    patty said...
    ...para sempre guardado em mim...

Post a Comment