Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Tenho andado a pensar nisto... ciúmes, confiança... amor...

E cheguei à conclusão que falar de ciúmes é difícil e até polémico, porque se perguntar a várias pessoas o que pensam sobre ele, tenho a certeza que não vou encontrar duas respostas iguais sobre a forma como encaram e interpretam os ciúmes.

Há quem ache que os ciúmes são uma prova de amor, outros dizem que é o "sal" de uma relação, ou até que os ciúmes são o próprio amor. Depois do outro lado da "barricada", há os que consideram os ciúmes como o veneno do amor. Eu, particularmente diria que depende da dose...

Ainda acredito que quando realmente existe amor, respeito, e diálogo aberto e verdadeiro, estes ingredientes são sempre a forma ideal para não se criarem relações doentias e desprezíveis devido aos ciúmes. Esta pode ser a formula para acabar com a "teia" dos ciúmes, e desfazer os seus "nós", que tanto podem ser reais como fruto da nossa imaginação.

Infelizmente muita gente só percebe a inutilidade dos ciúmes depois de dar umas valentes quedas e cabeçadas, e depois só demasiado tarde é que começam a perceber que a ilusão dos ciúmes é uma mera perda de tempo, porque ninguém é de ninguém. Será a falta de ciúmes falta de amor? Eu sinceramente não acredito...

16 Comments:

  1. Paula Raposo said...
    Depende da dose. Tens toda a razão. Beijos.
    luadoceu said...
    So falo p mim, n falo pelos outros, c é logico

    Numa relaçao, os ciumes qto basta n e mau, é sinal k se gosta da pessoa amada.

    Em exagero, e insegurança da pp passo e falta de confiança ate nela mesma e no amor do amado e acaba com a relaçao pq se cansa um do outro, no extremo.....e tera sempre de haver amizade num casal, e a base do amor p mim.

    Acho q n amor baseado no acreditar nos sentimentos do outro, na confiança sobretudo n existe lugar ao ciume e se existe é esporadico

    Eu ja senti ciumes, por estar apaixonada, neste momento sinto amor sem ciumes

    Ja experimentei as duas facetas e digo te uma coisa, prefiro amor com confiançla, sem ciumes, e mto bom....

    Bjo gdre e obr por retibuires minhas visitas
    Melissa said...
    Olá Art!
    O ciúme surge devido o medo que temos de perder a pessoa amada... Como tu disseste, dependendo da dose, pode sim servir de tempero. Basta termos cuidado para não salgarmos muito nem de menos!
    :) Um beijo e bom fim de semana!
    Erotic Spirit said...
    Agree completely with everything you wrote. Jealousy brings nothing but heartaches and hard lessons but not always easy to do away with... even on nonromantic relationships it pokes its poison.
    Honesty is really its only antidote.

    :)
    Fa menor said...
    Ciúme? ui! tem muito que se lhe diga. quem nunca o sentiu que atire a primeira pedra! eheh
    às vezes é uma sensação de insegurança relativa ao sentimentos da outra pessoa. outras vezes um alerta de perigo eminente. outras, um querer a exclusividade da atenção do outro. outras mesmo um veneno quando se torna doentio, quando há falta de confiança.

    Nem a falta de ciúmes é falta de amor, nem os ciúmes o provam.

    Beijinhos
    Maria, Simplesmente said...
    Ciúme... pano para grandes mangas...!
    Quando existe, pode ser provocado por vários motivos... quando não existe é porque a indiferença é total. E ainda... pode existir e o orgulho não deixar transparecer qualquer sinal de que existe, até ao dia em que a pessoa que o sente perde por completo o controlo.
    É um sentimento que ninguém gosta de demonstrar e por vezes é mascarado, com máscaras tão diversas que até pode passar por outros sentimentos.
    Muitos sentimentos se misturam dentro dele.
    Paixão... ciume... ódio... que triologia explosiva!
    Gosto mais de amor... confiança... compreensão.
    Bom fim de semana
    Maria
    P' said...
    Obrigada. ás vezes é preciso ter força e deixar de dar tudo por amor.
    Odele Souza said...
    Acho que um pouco de ciúmes é aceitável, mas ciúmes demais é muito chato, incomoda, sufoca.

    Agora, ciúmes nenhum também não é bom.Por isso tens razão: Para ser bom o ciumes deve ser na 'dose certa".

    Boa semana pra ti.
    Branca said...
    Amor precisa de liberdade...já senti na pele o que é um ciúme (doentio) e não desejo isso a ninguém!


    Que vc tenha uma semana de muita paz!
    (Un)Hapiness said...
    talvez o ciúme sirva para que muita gente se sinta especial para alguém...pode saber bem sentir que somos especiais, mas na medida certa...

    há ciúmes que não entendo como é que é possível sentir mas, pior, há ciúmes que são permitidos e...não sei como!...

    enfim, haja paixão! isso sim! =)

    bju*
    Oliver Pickwick said...
    Sou daqueles que o consideram o veneno do amor. Qualquer que seja a dose.
    Um abraço!
    Elsa said...
    basta misturar tudo na dose certa.. e um bocadinho de cíumes sabe tão bem cm o AMOR...

    beijos
    Elsa
    Secreta said...
    Será que há alguém que nunca sentiu ciume...?!
    Beijito.
    Miriamdomar said...
    Olá Art
    Existem dois tipos de ciúme, o doentio e o saudável!
    O doentio , é sempre exagerado ,seja ele visível ou não!
    O saudável, é aquela pitada q.b. que o torna uma delicia!;)
    Bjo
    Miriam
    ▒▓█► JOTA ENE said...
    ººº
    Amigo, como tu dizes, artigo bem polémico.

    Pela experiência que tenho apenas te posso transmitir e corroborar a tua opinião...

    ... ciume em demasia e doentio, MATA

    Forte abraço
    Parapeito said...
    :))
    Deixo antes o que penso ser a opinião de Machado de Assis.
    *
    Existe uma flor que encerra
    Celeste orvalho e perfume.
    Plantou-a em fecunda terra
    Mão benéfica de um nume.

    Um verme asqueroso e feio,
    Gerado em lodo mortal,
    Busca esta flor virginal
    E vai dormir-lhe no seio.

    Morde, sangra, rasga e mina,
    Suga-lhe a vida e o alento;
    A flor o cálix inclina;
    As folhas, leva-as o vento,

    Depois, nem resta o perfume
    Nos ares da solidão...
    Esta flor é o coração,
    Aquele verme o ciúme.

    Machado de Assis, in 'Falenas'
    *
    Dias cheios de brisas mornas :)

Post a Comment