Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

ABC...

Conhecemos o ABC dos tempos mas muito pouco do Z, e talvez por isso estamos sempre em constante mutação. Começamos, construímos, falhamos, recomeçamos, e lutamos... são fases da vida, porque a vida é feita de ciclos...

Faz parte da construção do ser humano... e isso é bom... ganhamos experiência e maturidade.

Tudo tem um princípio e um fim. Tudo começa e acaba. Após um objectivo alcançado procuramos outro, porque o ser humano está sempre em constante evolução, e é um eterno insatisfeito. Lutamos sempre por um início, sabendo que tudo tem um fim, só não sabemos é quando, porque não conhecemos o Z...

33 Comments:

  1. nOgS said...
    Às vezes não existe um fim, mas apenas um caminho.

    BeijO
    Mena G said...
    ..."porque a vida é feita de ciclos."
    É isso mesmo.
    Muitas vezes me tenho sentido como um cachorro que tenta morder a própria cauda e acaba por se sentar de cansado.
    ;)
    A felicidade é , de todo,
    uma utopia e não vale a pena ter pressa de ler a letra Z.
    Ler as outras, devagar, demorar no ABC...
    E sem pressa de chegar ao D!
    Maria, Simplesmente said...
    Podes crer que o A, o B, o C são as letras de que mais me lembro num abecedário que tantas letras tem e em que procurando uma palavra simples para cada uma delas encontro coisas interessantes.
    O A diz-me muito. Por exemplo: Ana, António, Alberto, amor..., o B: bébé... beleza, o C caminho, a percorrer para chegar ao D e esse perfiro ignorar, mas uma a uma depressa chegamos ao Z o "zénite", que tantos desejam atinjir, custe o que custar, ainda que deixem, espalhados por todo o lado, o ódio... a dor!
    Boa semana
    Maria
    Maria, Simplesmente said...
    É verdade até os gansos eu assusto!
    Pobre avezinha!
    Só não assusto as gaivotas...!
    Secreta said...
    Não sabemos quando é o fim... e estou certa que na maioria das coisas, quando sabemos que chegou o fim , fazemos sempre de tudo para prolongar um pouco mais esse tempo.
    Beijito.
    MARTHA THORMAN VON MADERS said...
    verdade. Tudo gtem começo meio e fim.
    bela post.
    Nos coloca na real!
    tenho novidades por lá.
    Uma boa semana para você.
    beijossssssssssss
    arte por um canudo 2 said...
    Enquanto não chegamos ao Z existe a esperança de cada uma ser melhor que a anterior.
    Maria, Simplesmente said...
    É um abuso de que me penitencio, comentar um comentário da Secreta, peço-te desculpa de o fazer, mas o comentário dela está aqui é teu e penso que não levarás a mal. pois ao mesmo tempo ainda tem a ver com o meu.

    Secreta, eu não faria nada para prolongar um pouco mais o fim.
    Quamdo o fim chegar é só fazer as malas e partir.
    Também para mim o fim não é o Z....
    Bj
    Maria
    alma tua... said...
    sendo o Z a ultima,até ela tudo pode mudar,se transformar e a beleza é mesmo essa...
    gostei do teu blog,vou voltar!
    bjs endiabrados
    Carla said...
    pensando bem...tens toda a razão!
    beijos
    tibeu said...
    Regressei e vim deixar um bj gr e dizer-te que voltarei pata ler teus posts. bj
    Mel said...
    Oi Art!
    Pois é... Estamos sempre em ciclos... Iniciando e terminando fases... E assim vamos seguindo em frente.
    Beijos, lindo post!
    Maria, Simplesmente said...
    E a festa azul continua...
    Marés azuis!
    Bom fim de semana
    Maria
    Fragmentos Culturais said...
    ... bem eu tenho uma perspectiva ligeiramente diferente... porque há os afectos! E esses nem sempre acabam. Ficam na noss'alma até ao ciclo final... não sei se o Z!?

    Um beijo,
    pelo olhar constante em 'fragmentos', sensibilizada!
    Uma estrela errante said...
    Olá,

    Excelente!

    Ciclos de vida....

    Caminhando lentamente e aproveitando as outras letrinhas:)

    Beijo

    Isa
    Secreta said...
    Passo para te desejar um bom fim de semana!
    Beijitos.
    Miriamdomar said...
    Olá Art
    Nada é eterno!
    A vida é feita de ciclos, dos quais , eu prefiro, não saber o fim!
    O Z para mim, significa zarpar , ou seja, quando acho que me enganei e tenho de pôr um fim a algo ou mudar o meu caminho!
    Não acho que o Z seja o fim!
    O fim, pode acontecer muito antes de chegarmos ao Z!
    Bjo
    © Piedade Araújo Sol said...
    o ser humano é insatisfeito.

    mas nao tem que haver um fim só porque nao encontras o Z.

    eu deixo

    beijo com Z

    (lol)
    Parapeito said...
    :) Lembrei me aasim de repente dum jogo que costumava jogar...o stop..
    Nunca sabia o que escrever quando chegava á letra Z.
    *
    O que importa mesmo é irmos vivendo letra a letra e quando chegar o Z...dizer..Stop :)

    Um abraço e o desejo de um fim de semana...cheio de céu azul :)
    Je Vois la Vie en Vert said...
    Tanta verdade nestas palavras mas o fim traz muito sofrimento !

    Beijinhos da

    Verdinha
    alfabeta said...
    E assim as coisas não se tornam monótonas!
    Elsa said...
    Pior é qdo chegamos ao z e prolongamos esse fim... :(

    Saber aceitar quando o caminho a seguir é o oposto é reconhecer que chegámos ao Z.

    bjs
    Elsa
    Erotic Spirit said...
    Z is the end.
    The end of all, no more starts nor restarts.

    :)
    Oliver Pickwick said...
    Ainda que não o conheçamos, mas o que seria da natureza humana sem o Z? O mistério e o sonho é o que apaixona.
    Um abraço!
    SILÊNCIO CULPADO said...
    Não importa onde esteja o Z nem o tempo que se leve até o encontrar. Importa o aqui e o agora com a intensidade do luar e a força de cada hora quando se sabe amar.
    Há horas que valem por muitas vidas e vidas sem lugar.
    Vivamos pois intensamente e deixemos que o Z nos esteja a esperar.


    Abraço
    jardinsdeLaura said...
    E além disso é infinitamente ciclíco...! A ter forma seria uma espiral!
    Água Ardente H2Oh! said...
    Tenho aprendido que os finais se entrelaçam com os inicios! Quando um ciclo de vida termina logo surgem novos desafios e vamos adiante, desapegados do passado. E a Roda sempre a girar...andamos meio sumidos, mas regressando as bloguices. Aparece. Beijinhos Divagadores, H2Oh!
    escarlate.due said...
    e ainda bem que não conhecemos o Z porque senão talvez desistissemos cedo demais de conhecer o d o e o f... o n o n o o... o s o t o v... antes de chegar ao z
    Cöllybry said...
    Olá Art, a vida é isso mesmo, construindo e reconstruir de novo,o fim não existe se não é em físico é em Espírito, só com a Bênção de não lembrança,mas de resquícios...

    Doce beijo


    ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë
    Fa menor said...
    ...E no fim há sempre um princípio! :)

    Bjins
    TenshiCris said...
    Sem nada procurar...

    ... O resto vem por acréscimo

    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Ácido Cloridrix HCL said...
    Olá!!! Qual a origem do teu “nick” e os mistérios que estão por trás dele??? Diz-nos tudo em http://sexohumorprazer.blogspot.com/ , por curiosidade ou simples “cusquice” gostaríamos de sabe-lo!!! Agradecido antecipadamente pela colaboração, HCL
    Patrícia Mota said...
    É a nossa mania de andar a correr que não nos permite conhecer o Z, porque quando passamos por ele já vamos rápido de mais, com pressa de mais de recomeçar.

    Gostei muito do blog

    Beijinhos

Post a Comment