Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Vazio...

O vazio para mim não existe, porque a falta que alguém nos faz preenche esse vazio. Talvez seja por isso que a falta se assemelhe tanto ao vazio. Se nós sentimos qualquer coisa que seja, isso por si só, significa a ausência de vazio.

Agora, também é verdade que a falta significa dor... a falta de alguém, a falta de qualquer coisa... a falta disto, ou daquilo... Ao reflectir assim, chego à conclusão que a falta é o vazio, e a ausência é dor... e eu recebo pedaços de falta todos os dias...

16 Comments:

  1. TenshiCris said...
    Boa reflexão...
    de facto ninguem preenche o vazio de ninguem, nem tao pouco apaga a dor , mas ajuda a confortar o vazio que existe e por vezes quando damos conta o vazio desapareceu! =)

    Beijinhos
    Erotic Spirit said...
    You are right,
    recently everyday I feel an enormous void left by the passing of my dear brother in law. Its a void in the sense that I miss him and no one really can replace him nor take his place... people dear to us are irreplaceable.

    big kiss
    Mel said...
    Entendi perfeitmente a tua reflexão, Art. E não há nada pior do que o vazio...
    E vazio, nada somos.
    Um beijo!
    Secreta said...
    E há vazios muito dificeis de preencher...
    Beijito.
    nOgS said...
    Desde que se aceite o vazio ele também não nos virá incomodar.
    Oliver Pickwick said...
    É uma reflexão verdadeira. Realçou muito bem a diferença entre "vazio" e "dor".
    Um abraço!
    Blogadinha said...
    Se podemos estar sós numa multidão, porque não o sentimento inverso... Boa questão, essa.
    Parapeito said...
    :)) lembrei de um amigo que faz tempos me disse : estou cheio de vazio...
    Triste nao é?

    Um abraço*
    Mi said...
    "Se nós sentimos qualquer coisa que seja, isso por si só, significa a ausência de vazio."
    Adorei Art, mesmo!
    Fernanda Cozendey said...
    um imensuravel vazio;
    em uma fresta de coração.
    :*
    Maria, Simplesmente said...
    O vazio não existe.
    A falta é que pode ser grande e faz-nos sofrer.
    E é a esse sofrimento que muitos chamam vazio.
    Maria
    tulipa said...
    OLÁ

    Tenho andado ausente...embora venha espreitar por vezes, mas não tenho tempo de me debruçar na leitura e na escrita de comentários.

    Hoje, vim com mais calma...

    Como tenho 2 blogues, num fiz um post à chegada da Primavera e no outro referi-me ao Dia da Poesia e também ao Dia da Árvore.
    Convido-te a espreitar ambos.

    Beijinhos.
    Miriamdomar said...
    A sensação de vazio é horrivel!
    E há vazios que ninguém pode prencher,só pode atenuar !
    Mas esta tua frase ,vai ficar para a história "Se nós sentimos qualquer coisa que seja, isso por si só, significa a ausência do vazio!Tem muita lógica!
    Bjs
    escarlate.due said...
    será mesmo um vazio? ou será apenas a sensação de ausência no espaço? afinal... o vazio podemos nós preenchê-lo com os fragmentos que ficaram...
    nOgS said...
    Em mim existe. E creio que existem sempre vazios, mesmo que nós tenhamos aquela ilusão do fraco já estar cheio com palavras recortadas... cab sempre mais um pouco de perfume, vento, areia... um pouco dos outros e de nós.

    Beijo, Art. E obrigada pela tua presença fiel nos meus espaços.
    Carla said...
    muitas vezes somos nós que criamos o reflexo da outra pessoa e é esse reflexo que amamos
    beijos

Post a Comment