Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

As pessoas têm medo de ficar sozinhas, em solidão. Por isso é que as relações de dominação e de concessões exageradas continuam a existir.

Isso leva a que as pessoas namorem até se odiarem. Os amigos a conviverem demais e começarem a chatear-se. As famílias a passarem tempo demais juntas, até descobrirem os defeitos de cada um. As pessoas como já não suportam ter o coração dependente, resolvem cansá-lo propositadamente, para se verem livres do sentimento verdadeiro e bom que sentiam.

Por isso é que as pessoas que querem ser livres e independentes, são aquelas que pior aguentam a solidão. Porque, para o mal e para o bem, habituaram-se a uma companhia constante.

A maioria das pessoas não conseguiu ainda perceber que a solidão é boa, e ficar sozinho não é vergonhoso. Pelo contrário, dá-nos dignidade.

26 Comments:

  1. (Un)Hapiness said...
    não entendo a expressão "ama demais" | não entendo o "deixar andar"

    este renegar do amor inquieta-me...
    a solidão é boa, não em demasia...
    o amor é bom, não em demasia...

    gostava de saber um antídoto para este problema, não se sofra do mal, mas há smp alguém que conhecemos...:/
    aorta said...
    Art
    A solidão faz falta quando o coração está inquieto. Nada vergonhoso. É muito digno, sim.
    Passa na Pressão. Tens um desafio.
    Erotic Spirit said...
    I guess you are right... give in until there is nothing left to take or give.
    Think that loneliness is unavoidable even if you are surounded by loved ones.

    :)
    parvinha said...
    Penso que é importante sermos uma boa companhia para nós próprios.

    Afectos são uma coisa, dependência outra.

    Tem um bom dia.

    Beijos
    Erik said...
    Um grande problema da maioria das pessoas é não perceber que qualquer relacionamento é um jogo que deve ser jogado a dois e o tempo todo.
    Quando os dois fazem de sua vida um jogo de sedução, é divertido e agradável estar sempre a pensar em como surpreender, como agradar a pessoa amada. Não há necessidade de dominação e nem de imposição, pois ambos se complementam.
    Se existe algo que eu quero, é a cada dia apaixonar-me por minha Rachel e tentar conquistá-la, como se fosse o primeiro dia de nossa paixão.
    casualeblog said...
    Art, a solidão faz parte da existência humana, se serve para nos adoecer como nos curar. Acredito que o equilíbrio é essencial, nada ao extremo á saudável.
    Beijos.
    MalucaResponsavel said...
    Ola.entendo o q queres dizer.como entendo..eu costumo dizer q quero ser livre,sem ninguém q me chateie,mas a verdade é q..n consigo viver muito tempo sem ninguém,isolada do mundo..gosto de ter o meu espaço mas saber q há ali alguém,mesmo q invisível..bj
    Isa&Luis said...
    Olá Art.

    Gostei do tema.

    A solidão ...mergulhar em silêncio..por vezes temos essa necessidade.

    Beijinhos

    Isa
    Leonor Branco said...
    É verdade que a solidão pode e é boa por vezes, mas nunca por demais. Nós somos seres sociais, precisamos de companhia ainda assim. Mesmo que seja para odiar. Está inscrito em nós próprios. É verdade que nos cansamos uns aos outros por demais, mesmo que sejamos muito próximos. A verdade é que as pessoas esquecem-se, na correria de cada vida, tirar um tempo só para elas. Para relaxar, meditar, ser algo só para elas e depois dar a atenção aos outros. Às vezes não há possibilidade de um time out singular, mas mal haja temos que aproveitar.
    Abraço
    Whispers in night said...
    Ola Arte!

    Gosto da solidão, por natureza, gosto dos meus momentos sozinha, de ler um bom livro, ouvir musica ou simplesmente ficar com meus pensamentos
    Quando, se ama de verdade(porque acredito que existe muita pessoa que não sabe amar, procura sim algo para encher o ego)sabem dar a liberdade é a solidão não em demasiado, sim que se sinta a falta do outro, nunca virar esquecimento, também nunca virar amor sufocado
    Mil beijos
    Rachel
    Elsa said...
    Olá,

    concordo ctg, acho que há uma fase da nossa vida em que tememos ficar sós... acabamos por adiar vezes sem conta o fim de uma relação o que leva consequentemente ao "odio"... e depois acabamos apenas por recordar as coisas más, por estarem mais presentes e esquecermos tudo o que um dia vivemos, tudo o que um dia fomos juntos!...

    Claro que ficar sozinho é uma dádiva de pura liberdade!... apenas tens o limite de respeito aos outros... é o unico limite de quem escolhe viver só e não em solidão!...

    jokas
    Elsa
    Defensor said...
    Salve
    A solidão é a melhor forma de conhecer a si próprio...
    Abraços
    lady.bug said...
    tenho aprendido muito com a solidão...
    Incongruente said...
    Concordo contigo não devemos prender ninguém, e acredito que a solidão seja a verdadeira liberdade o que à partida deixamos de ser sós para passarmos a ser livres.

    Abraço.
    M@ri@ said...
    Ola
    Desculpa entrar sem ser convidada.
    O ser humano muitas vezes nao da valor para o que tem...
    Estar so nao quer dizer que e solidao...
    Gostei muito do teu blog.
    Desejo te um lindo fim de semana deixo te um beijo doce
    M@ri@
    Alien David Sousa said...
    Art, concordo contigo. Há pessoas que não sabem viver sozinhas, necessitam das muletas que mencionaste no texto. Não é à toa que vez muitos casais acabarem uma relação e iniciarem outra de imediato, não sabem viver sozinhos. Não funcionam sozinhos. E é óbvio que não dando espaço para para o luto, uma segunda relação não tem grandes hipóteses de resultar ou se dura é apenas pelo mencionada; o medo de estar sozinho.
    Pessoalmente não entendo esse medo, dou-me muito bem comigo mesma. Gosto de estar sozinha por opção e quando não o estou claro que também é por opção ;)Mas, se acabo uma relação, gosto de estar sozinha. A pessoa de quem mais gosto sou eu e é comigo que gosto de estar quando não estou bem, não vou a correr para os braços de alguém que não me vai dar nada do que preciso. O que preciso é estar sozinha para desfrutar dos meus pensamentos, para estar em paz. Talvez seja por isto que não entendo as pessoas que não conseguem estar sozinhas.

    Beijinhos
    p.s gosto deste teu blog ;)
    calminha said...
    só quando sabemos estar sós sabemos amar muito os outros também, sinal que tb gostamos da nossa companhia e depois de partilhar-la com os que amamos , que fazem parte de nós...o verdadeiro amor não é dependente , é livre mas nunca se desprende, é deixar voar o passaro que sabemos com confiança que é nosso..bom fim de semana
    AllenGirll said...
    Verdade!

    Nem sempre existe felicidade numa relação, seja ela de que índole for.

    Podemos ser perfeitamente felizes sozinhos, se soubermos lidar connosco mesmos, aguentar o nosso modo de ser e respeitarmo-nos devidamente.

    No entanto, precisamos de partilhar. De dar e de receber.
    De demonstrar afecto e senti-lo.

    Faz parte da nossa condição como seres humanos!:)

    Bjinhs*
    Cöllyßry said...
    A solidão será cada vez maior,e a pior é a acompanhada,as pessoas cada vez comunicam menos, cada uma em si...o que em nada é bom,estar só não quer dizer solidão...

    Voltei...

    |)’’()
    | Ö,)
    |),”
    |


    Doce beijo da...

    *Cöllyßry
    st3ve Serigad0 said...
    estar sozinho de tempos a tempos para mim é das melhores coisas da vida, dá para uma pessoa pensar, encontrar-se consigo própria!

    www.codificacoes.pt.vu
    parvinha said...
    Art, tens um prémio no meu blog.

    Quando te apetecer passa por lá...

    Boa semana

    Beijo
    JOSÉ NEVES said...
    A solidão também faz parte da nossa vida, todos nós precisamos daquele momento muito nosso para pensar e reflectir, por isso estar só nunca será vergonhoso.

    Grande abraço com amizade.
    Oliver Pickwick said...
    Todos nós necessitamos da solidão. É o estado que nos permite tornarmos mais sábios, absorvendo, analisando e enfim, filtrando o que aprendemos com os outros.
    Abraços!
    cacau said...
    eu acho que a convivência excessiva realmente só traz chatice. que o digam os ultimos dias... os meus naturalmente. eu gosto de ser livre e independente e não costumo aceitar que tentem comandar a minha vida, seja quem for :) não podemos viver sem sermos nós próprios! kiss
    Brown Eyes said...
    Sim, é de facto muito importantes estarmos sozinhos de quando em vez, e sobretudo sabermos estar com nós próprios. A partilha e sabermos que o "outro" toma conta de nós é sem dúvida excepcional, mas não confundamos isso com relações de co-dependência.

    BE
    Parapeito said...
    ...velhinho o ditado que diz...mais vale sózinho que mal acompanhado...
    Eu poucas vezes estou sozinha..quase sempre rodeada por pessoas que gosto e gostam de mim..se nao fosse assim...preferia de certo estar só do que ter ao meu redor pessoas tipo tábua de salvação :)
    `*
    Tambem, eu ando por páginas" mais antigas" a sentir te...só que nem sempre dá para deixar comentário :)

    ***

Post a Comment