Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Com a internet nós podemos alargar os horizontes, e passamos a ter o mundo inteiro à distância de um "click", e isso permite que seja mais fácil encontrar alguém que seja capaz de provocar situações que alteram o comportamento de qualquer pessoa, levando-a a enveredar pelo desenvolvimento de um relacionamento que a levará a trair os seus próprios princípios.

Depois das pessoas conseguirem criar laços de amizade através da internet, mesmo assim poderá demorar meses até surgir a possibilidade de se realizar um simples encontro para tomar um café. A partir daí, a intimidade vai-se desenvolver de uma forma descontraída em direcção a um previsível envolvimento...

14 Comments:

  1. alfabeta said...
    Não sei não, pelo menos comigo não, até ao telefone nos enganamos tanto e estamos a ouvir a voz, eu falo com colegas de todo o país por telefone porque a minha empresa tem delegações espalhadas pelo país, e aqueles que parecem uma coisa ao telefone saiem outra, pessoalmente , por isso não me iludo nem arrisco nessas de internet.
    Mas é claro que nos identificamos com pessoas na net e até simpatizamos e ficamos curiosos, admito, mas daí a ...vai muito.
    Um Momento said...
    E quando os sentires são sinceros e as palavras partilhadas entre tais pessoas são verdadeiras, surge uma Amizade que pode durar uma vida inteira, pois a meu ver conseguimos conhecer-nos melhor em uma hora a conversar pela net do que ás vezes uma vida inteira pessoalmenhte...
    É maravilhoso quando a sinceridade e a pureza de sentires invadem seja quem for e onde for pois no "encontro" real não haverá a surpresa.. apenas o olhar.. o toque que faltava para dar aquele abraço apetecido e necessitado...

    Beijo meu no teu coração

    Linda semana desejo com um imenso sorriso

    PS: Parabéns por este espaço... estes teus sentires são maravilhosos
    (*)
    Erotic Spirit said...
    Friendships can be developed like that... romantic relationships... humm I don't know. I'm a flirt and love to flirt, just silly fun more than that and not cool at all. But I'm not looking for a soulmate just for friendly people who don't take themselves too seriously

    :)
    silly kiss
    Ignota said...
    Por outro lado, quantas vezes somos traídos pelas expectativas que criamos, transpondo-as automaticamente de bases virtuais para a vida real? E aí é duro, sim.

    "em direcção a um previsível envolvimento..."? Ficou-me, no ar.
    Elsa said...
    e cm a minha amiga lisa já disse:
    "as amizades virtuais existem
    e são iguazinhas às outras!"
    as amizades virtuais acontecem pq nos identificamos...

    jokas
    Secreta said...
    Não costumo iludir-me com as pessoas via internet. Não crio espectativas.
    Mas , nem todos somos iguais.
    Beijito.
    Leonor Branco said...
    E o que acontece a linguagem corporal? O que acontece ao contacto visual? O que acontece ao "eu digo tu respondes" vislumbrando o interesse ou desinteresse da pessoa? A internet tem sem dúvida muitas vantagens e permite contactar de maneiras surprendentes e rápidas. Mas só desejo que não cheguemos a um ponto que o único contacto social seja a janela de um pc. Gosto muito dos blogs e das pessoas que aqui encontrei, mas preferia que todo este diálogo que fazemos uns com os outros fosse elaborado de outra forma. Provavelemnte, daqui a alguns anos já temos os hologramas para todo o público.
    Carla said...
    acho interessante o teu post, mas não sei se será sempre este o percurso dos conhcimentos que se fazem via Net...
    ...os envolvimentos exigem um pouco mais
    calminha said...
    é verdade , mas como sabes ja tive uma experiencia menos positiva , mas abre-nos possibilidades é bom é saber aproveita.las sadiamente e com sinceridade sempre ....bem me arrependo...boa semana
    aorta said...
    Nunca conheci pessoalmente nenhum dos meus "amigos" virtuais. Tenho alguma curiosidade, confesso. Mas... talvez seja melhor não conhecer, assim não quebra o "encanto".
    Mas tens razão. O simples "click" é tão fácil de dar, que por vezes transformamo-nos em pessoas completamente diferentes.
    Beijo.
    stiletto said...
    Apesar de haver cada vez mais maneiras de comunicar, as pessoas estão cada vez mais sós, mais isoladas, mais metidas no seu cantinho. A internet permite, como tu dizes, alargar horizontes e, digo eu, ajuda a tornar as noites de solidão em noites mais acompanhadas, mais divertidas. Eu estou, agora, a descobrir esta nova maneira de me relacionar com as pessoas. Mas vejo um perigo, se nos encontros reais já temos, às vezes, a tentação de vermos no outro a imagem que queremos ver (em vez de vermos o outro como ele é) ainda mais aqui, na net, isso poderá acontecer. As afinidades que descobrimos existem mesmo ou somos nós que as criamos? Pode ser tudo muito bonito, muito agradável mas falta aquele olhar no fundo dos olhos do outro para perceber a sinceridade das suas palavras, dos seus sentimentos. Não sei se algum dia me cruzarei, na "vida real", com alguém desta "vida virtual". Prefiro que não se quebre o encantamento, a magia que as palavras "tecladas" no silêncio da noite encerram...
    ANNA-LYS said...
    The most positive about blind dates most be that if You come close You can share the same walking stick.
    Oliver Pickwick said...
    Nunca aconteceu comigo. Mas conheço pessoas que até se casaram após conhecerem-se na internet. Como disse antes, é o mundo de Matrix. A propósito, via a Trinity por aí? Queria convidá-la para tomar um café.
    Abraços!
    A Luz A Sombra said...
    Não é tanto assim. A Internet não substitui as pessoas, preenche um certo vazio, é verdade, nas serve mais como meio de informação e distração. Não digo que não se criem amizades virtuais, claro que se criam, mas... são virtuais, embora saborosas.
    Mas pensando bem... em parte tens uma certa razão.
    Repara que digo em parte...
    A Luz A Sombra

Post a Comment