Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

A conversa continuou por mais algum tempo. Falámos de muita coisa, mas faltou sempre algo, que eu não sabia bem o que era... talvez sejam as palavras que ficam por dizer aquelas que melhor se ouvem...

Å®t Øf £övë - Ouve, andei a tentar mentalizar-me da realidade, e agora iniciei o difícil trabalho de arquivar as memórias em que partilhamos a mesma mesa, a mesma cama, os mesmos dias. Não te quero esquecer, não te quero apagar da minha vida, só não quero é que ocupes espaço dentro dela quando esse espaço já não me traz nada de real.

Dä®k Añgë£ - Mas eu ainda vivo do que fomos...

Å®t Øf £övë - Esperei muito tempo até ter força para isto. Esperei que me quisesses, que me desejasses, que sentisses a minha falta. Mas não quero, não posso e não devo esperar mais. O tempo virou-se contra mim e estende-se à minha frente como um campo de pedras, sem árvores nem caminhos, que nunca vou conseguir atravessar. E eu cansei-me de te vender o meu sonho de felicidade com palavras, e de te tentar convencer a ficar ao meu lado. À medida que o silêncio me foi comendo os dias, fui-me sentindo mais pequeno, mais idiota, e mais ridículo por te ter tentado convencer que a nossa relação era possível.

Dä®k Añgë£ - O amor é como uma sombra, se corresse atrás dela nunca a conseguia apanhar, se lhe virasse as costas seguir-me-ia para sempre, mas eu sempre fiz tudo ao contrário... não foi?

Å®t Øf £övë - Pois... mas agora é tarde. Agora já me sinto demasiado cansado para poder fazer mais do que afastar-me. O silêncio é a única força autorizada, a distância é a única saída possível. Por isso respeita o meu silêncio, respeita a distância, respeita a minha escolha, quando não me é permitida nenhuma outra. Prefiro seguir em frente, num caminho escolhido por mim, do que continuar parado em frente a um muro, uma torre, um abismo, uma nuvem, ou um caminho sem saída.

Dä®k Añgë£ - Fica descansado, que nunca mais vais ouvir falar de mim...


A maneira como nos víamos um ao outro era agora bastante diferente. Não sabia qual era o nosso futuro, nem sabia bem o que queria. Acabámos por não esclarecer bem as coisas. Pareceu-me que para ela esta simples conversa chegou, e que tinha ficado tudo bem.

Eu próprio nos dias que se foram seguindo comecei a aperceber-me que as coisas entre nós tinham acabado. Agora já só havia, talvez... amizade.

Fui compreendendo melhor aquilo que sentia, que era apenas alguma tristeza pelo facto das coisas se terem passado da forma que se passaram. Ao perceber isso, vi que estava agarrado a essa tristeza, e não ao amor que poderia existir entre nós. Assim, deixei que a paz e o silêncio inundassem o meu coração.

(continua)

31 Comments:

  1. A Rapariga said...
    (Por exemplo, por exemplo, agarra-te a isso)

    mas o que foi um dia com ela escapa-se, perdeu-se, é irremediável, mas a janela lá em cima à esquina, onde assomou tantas vezes a ver se chovia ou fazia sol, ainda espera...

    pode ser que
    pode se que..

    Rodrigo Guedes de Carvalho
    _m0nd_ said...
    Identifico-me...
    Reveijo-me...
    ... em tudo o que escreves!
    Isa e Luis said...
    olá,
    está excelente esta corrente de sentimentos e emoções.

    Nada melhor do que vivermos em paz.


    Uma semana repleta de alegrias

    beijos meus

    Isa
    Maria Carvalho said...
    Só para que saibas que li. Não tenho comentário a fazer, seria entrar demasiado na intimidade...Beijos.
    Adryka said...
    Olá meu querido amigo, mais uma vez me envolvi na tua trama, mas confesso que não teria conseguido nem dizer nem ouvir o que eli está escritgo, está-me na massa do sangue momento fortes com os sentimentos prifiro dizer não obrigado, ou então só uma das partes fala e de preferência por escrito, poderei ser covarde aceito, mas é superior a mim.
    Um beijinhos para ti amigo
    Paty said...
    "À medida que o silêncio...que a nossa relação era impossivel", nunca pensei que alguém um dia pudesse usar as palavras correctas para descrever aquilo que senti. Nessa frase dizes tudo aquilo que se sente, quando finalmente aquele amor (sonho) não se realiza...
    Mas como há dias assiti a um dialogo num filme, a personagem dizia a outra (relativamente aos desgosto de amor) "é como as arvores. alguns ramos podem até partir, mas elas continuam a crescer fortes em direcção à lus..."
    Beijos Art :)
    laddy C said...
    Boa Tarde!
    ...E é muitas vezes no silêncio que amamos... Que descobrimos o outro e a nós mesmos e também que deixamos de desejar quem não nos merece!... O nosso amor! A nossa dádiva e dedicação... Linda a tua forma de compreender e ao mesmo tempo seguir em frente nunca olhando para trás para quem já não faz parte do teu mundo daquela forma especial!
    Quando as oportunidades nos fogem pelos dedos e não temos capacidade de as olhar... Que pena! lol
    Beijinhos
    Porquê? said...
    Querido Art,

    Acho que atingiste muitos corações com este texto! Quanto a mim, tocou-me especialmente "Cansei-me de te vender o meu sonho de felicidade com palavras....".
    Quando se chega a esta fase está realmente tudo perdido, não vale a pena insistir com o que já não tinha que ser!!! de certeza que melhores dias se seguirão....Pelo menos para mim foi assim, espero que para as personagens deste texto também!
    Beijinho,
    fica bem
    lazuli said...
    li hoje no blog laramablog o seguinte..

    "Porque será que,
    da próxima vez que aquela força me puxar
    para "o outro lado",
    eu sinto que
    não vou oferecer resistência,
    e vou deixar-me ir definitivamente?..."

    Acho que se adequa aqui.

    Deixo-te um beijinho especial, a ti. Tu ..que nunca deixas de me escrever, e foste uma das primeiras pessoas que "conheci"
    aqui.

    Beijos!
    Miosotis said...
    Vim agradecer teu gentil olhar em meu[s] espaço[s]!!

    Bjs soltos do sopro do coração
    bolotavoadora said...
    Venho sugerir uma visita ao meu blog, luto pela criação de ciclovias no meu concelho (entre outras coisas).
    Gostaria de contar com o vosso apoio, incluindo-me na vossa lista de (links) blogs, já consta da minha lista ou virá a constar em breve.
    Abraço.
    hodiguitria said...
    Tão belo que chega a ser doloroso...
    Alexandre de Sousa said...
    Tenho o meu primeiro livro à venda no meu blog. Que tal uma visita?
    A Rapariga said...
    Querido amigo

    Vimos oferecer os nossos serviços.
    Máxima confidencialidade.
    O nosso lema é:

    Prometemos - Conseguimos

    O teu problema tem solução, podes crer ;)

    Já respondemos com outro nick. Pedimos desculpa pela rapariga. Enfim...tem que se lhe dar desconto...
    Anonymous said...
    Algo se perde para algo se encontrar, querido Art. Todo fim prenuncia um novo começo e cetamente o Universo há de prover da melhor forma esta lacuna em teu coração. Deixe ir coisas, pessoas, situações que não condizem mais com você. Não se apegue à tristeza mas sim à esperança. Beijinhos de
    ~~Nuvem~~
    http://www.nuvensquepassam.blogger.com.br
    Adryka said...
    Passei para te deixar um beijinhos e desejar-te um bom resto de semana.
    Liliane said...
    Declaração
    Venho por meio desta, infomar que estou ausente por motivos de força maior (estudando com filhos para as provas... uma só mãe, dois filhos, e muuuuuuuuitas provas - credo -).
    Em breve estaremos retornando com os comentários.
    Sem mais para o momento
    Minhas cordiais bjoks (heheh)
    Daniel Aladiah said...
    Caro Art of Love
    Prazer em voltar a ler-te...
    Um abraço
    Daniel
    Maria said...
    O VERDADEIRO AMOR GERA UM MAGNESTISMO TÃO FORTE! TÃO FORTE! EM QUE O PENSAMENTO A EMOÇÃO O SENTIMENTO, FALAM AO RITMO DAS PALAVRAS! E AÍ TUDO SE ENTENDE! TUDO ACONTECE NA DIMENSÃO DO AMOR QUE ARDE EM CHAMAS QUE CONSOMEM TUDO O QUE É CONTRÁRIO! E COMO DISSE E MUITO BEM O REI SALOMÃO:"TODA A ÁGUA DO OCEANO NÃO PODERIA APAGAR ESTE AMOR, NEM OS RIOS AGOGÁ-LO." DEAREST ART OF LOVE WISH YOU FIND A LOVE AS THIS ONE! THE BEST FOR YOU! LOVE FROM MARIA
    MalucaResponsavel said...
    n sei q t dzr, q comentario fzr as tuas palavras... tv q sejam demasiadamente pessoais, demasiadamente vossas ... mas acho q, csguiste ver a janela aberta q se encontra ao lado da porta q estava trancada e da ql n csguias sair... jks
    Alexandra said...
    Quem sou eu para falar e dar opiniões? Ninguém!!!

    Devo dizer no entanto que ficar parado à espera de um milagre não vale a pena.

    Espero pela parte final.

    Bom Fim de Semana!

    Bjs

    Beijo
    Papoila said...
    Art, o texto está magnífico. O modo como expressas sentimentos e emoções de forma suave e doce.
    O silêncio necessário.
    Beijo
    alyia said...
    bem.. tive de ler tudo desde o inicio, é o que dá não vir cá mais vezes.

    Bem escrito como sempre, boa amalgama de sentimentos e excelente exposição.
    Gostei
    Alexandra said...
    Adorei as tuas palavras. Mais uma vez digo, se o texto fôr ficção, está excepcionalmente bem escrito. Se o não fôr ... sinto muito o que aconteceu mas, tens razão no que dizes... É bem melhor seguir um caminho escolhido, mesmo que seja o que mais mágoa deixe, do que viver estagnado, esperando... em silêncio...

    Gostei muito da escrita.

    Beijinho
    lena said...
    Art, vim acabar de ler o que tinha começado, 3/4

    palavras que ficam por dizer, as minhas também e serão talvez as que melhor se ouvem. sim deves ter razão

    virei ler-te de novo

    o meu beijo, amigo e o meu abraço

    lena
    Lis57 said...
    Passei por aqui para te pedir desculpa de ultimamente não ter participado no «Pedaços de nós» nem ter comentado teus textos,mas não tenho disposição para nada.

    Um beijo e boa semana.
    IsaMar said...
    o texto expressa bem os vossos sentimentos. Desejo que tudo se recomponha!
    cvarao said...
    identifico-me, reconheço-me e desfaço-me em chuva
    Daniela Mann said...
    As tuas palavras são deliciosamente cortantes por serem tão reais!
    Beijinhos
    Thiago Forrest Gump said...
    O tempo é muitas vezes o melhor remédio.
    Porquê? said...
    Olá Art,
    venho desejar-te um bom feriado e, se for o caso, um bom fim-de-semana prolongado.
    Bjs

Post a Comment