Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

É hora de almoço, e invento uma sesta. Sou uma profissional, e não durmo em serviço, mas uma sestazinha sabe sempre bem... Apanho o colega mais apetecido, e paramos no hotel mais próximo.

Já estamos no quarto, despidos, ávidos, e ele pergunta: "Como gostas mais?"
Eu respondo que temos tempo para tudo...

É claro que não temos tempo para tudo. Não há tempo nenhum, nem para perguntas. Estou de frente para a parede, ele atrás de mim a agarrar-me pela cintura, e de repente uma comichão incontrolável surge-me no meio das costas. Mexo-me, remexo-me, ainda procuro o comando da televisão, mas não consigo evitar um: "Pára! Preciso que me coces as costas!"

Tenho pena de não lhe ter visto a primeira reacção, já que a posição do momento só me permitia olhar para a cabeceira da cama... No fundo, eu até estava a dar-lhe a oportunidade rara, de passar de amante esporádico a amigo para o resto da vida. Pensem na escassa quantidade de pessoas a quem pediram para vos coçar as costas. Nem à família, muitas vezes!

0 Comments:

Post a Comment