Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Å®t Øf £övë - Não, nós prometemos não chorar. Talvez seja esta a última vez que tomamos café juntos, e talvez seja a última vez que nos vemos. Por isso procura entender-me, por favor...

Como verdadeira lembrança tua eu queria ficar com um sorriso... vá lá, eu quero um sorriso teu como última lembrança. Por favor não chores, não chores...

Lembras-te da tarde em que nos conhecemos? Foi lindo conhecer-te, e mais bonito ainda o que aconteceu entre nós. Mas já passou, já passou...

Agora é preciso que nos separemos, e devemos fazê-lo sem nenhum rancor. O nosso amor estava a transformar-se só em rotina. E o amor... o amor é uma outra coisa... O amor tem que ser alimentado todos os dias com pequenas coisas... Com pequenas coisas que nós já não temos.

O teu café está a ficar frio... Nenhum de nós é culpado, nenhum de nós. Cuidado... o empregado vem aí, e os outros estão a olhar, por favor... por favor não chores mais... não chores.

Dä®k Añgë£ - Mas eu amo-te, eu quero-te...

Å®t Øf £övë - Não, tu acostumaste-te a mim, o amor é outra coisa. Eu não te quero ver triste assim... Não fiques triste, porque o mundo é bom e a felicidade até existe.

Limpa essas lágrimas, pára de chorar, que tu vais ver que tudo vai passar, e tu vais sorrir outra vez. Eu só te quero ver sorrir... Limpa essas lágrimas, não chores nunca mais. Esquece o mal, tenta pensar só no bem, que assim um dia a felicidade vem ter contigo.

Agora eu vou embora, é o melhor para nós. Eu quero que tu tenhas sorte e que sejas muito feliz. Adeus, adeus...

Dä®k Añgë£ - Mas eu amo-te, amo-te, amo-te...

34 Comments:

  1. elsa said...
    As despedidas deixam sempre marcas... mas um dia as pessoas aprendem de novo a sorrir e a acreditar que podem ser felizes. Que o merecem e que o vão conseguir. Fica bem. Beijo.
    Rukinha said...
    Eh spr uma situaçao mt complicada.... mas ha spr uma soluçao pa tudo... ;)
    Planta said...
    Não gosto nada de choros, principalmente nas despedidas, e nestas então, nem se fala. Mas neste caso onde o amor se transformou em rotina, foi a decisão acertada, e gostei da frase onde o amor tem que ser alimentado, é como eu costumo dizer. Terminou quando já não havia nada a fazer, estava desgastado, talvez habituação. Gostei, era assim que fazia, a vida continua e novos amores virão...eternos quem sabe, se forem bem regados.....Fica bem, beijosssssssssssssssss
    Amita said...
    Como não gosto de despedidas, venho deixar-te um bjinho e um sorriso amigo.
    mar revolto said...
    Como seria bom, que todos aqueles que reconhecem a rotina nas suas vidas, se despedissem desta forma...,apesar da lágrima que cai!
    Um beijo e desculpa a minha ausência
    Jamour said...
    Quando existe um fim numa relação e sobra ainda um sentimento a dor é enorme. Bem feito o texto. A realidade é esta. Obrigado pela visita ao meu blog.
    Raquel Vasconcelos said...
    O fim não se explica... porque quando se explica... dilarcera tudo pelo seu caminho.

    Não se lhe dá frases "complexas"...

    E para quem vai embora... ninguém sabe o quanto implica um sofrimento atroz...
    Pensava eu... que era fácil dizer adeus. Como estava enganada... como tanto tempo depois ainda pago por isso.

    E não!... somos todos culpados.

    Não chores...
    Não chores que quero partir sem sofrer...
    Vai-se dos 0 aos 100 em segundos, perdem-se as coragens mesmo continuando a ir embora, e nesse momento já se está semi destruído para sempre.


    Mas está um post sentido ou não me traria tudo isto...
    Bjs
    Rogue said...
    Já passei pelas duas situações. Sei o que é estar de um lado e do outro.Não é necessario dizer mais nada, a não ser 1 grande abraço e Força.
    Isabel M said...
    Engraçado.... sou obrigada a discordar de todos. Será a idade que já me faz ver as coisas de outro modo? Já passei por isto também, por isso é que estou a achar esta despedida fria demais. Não era amor.... porque se achas que era, Art, então contraria a essencia do blog, é uma rotina que deita a perder o que parecia ser um grande amor? Desculpa a sinceridade... beijinho grande
    Anonymous said...
    Entao??? Mas este blog fazia sentido apoiado neste amor..se o amor ja nao ha... nenm quero acreditar que tenhas feito isto Art... fiquei desolada, eu sou uma romantica....beijo muito triste.

    Vampiria
    Indigo Misty (Night Love) said...
    Será que não existe mesmo Amor?? Será que devem mesmo separar-se?? Acho que todos os casais passam por esta vossa fase, especialmente quando a relação já dura à alguns anos. Será que não vale a pena investir mais um pouco?? Uma beijoca, Misty
    Joaninha said...
    É sempre mto triste acabar uma relação onde o amor esteve sempre presente, e de um momento p outro tudo o vento leva se mesmo os envolvidos darem conta... dói muito ver ir embora pessoa que se ama.

    Emocionei-me com este texto! Muito sentimento envolvido... lindo.

    Que tanto um como outro sejam mto felizes.

    Beijinhos**
    mfc said...
    Chorar é extravasar sentimentos de toda a natureza.
    Faz bem chorar... alivia!
    Anonymous said...
    Art, achas normal acabar uma relação que em tempos foi intensa numa mesa de café? No mínimo a outra pessoa mereceria um pouco mais de atenção...
    E achas normal chamar a atenção de quem está a sofrer pelo simples facto de alguém poder observar? Chorar não é mau... mau será ter que conter as lágrimas. Deixa marca.
    O texto foi muito frio. desculpa, não gostei. Beijinho, Erotica
    Anonymous said...
    Ah! E o "Eu só te quero ver sorrir" dito num momento daqueles... pois nem comento. (Eu tb já passei por isso... e acredita que por vezes,quem toma a iniciativa de acabar a relação, também chora) Erótica
    Flor said...
    As separações são sempre complicadas, ficam sempre marcas, recordações, mas tal como tu bem escreves, o amor não pode estagnar para sobreviver, tem que se alimentar. Não vale a pena tapar o sol com a peneira. E dias melhores virão e o sol voltará a brilhar. Beijinhos doces.
    said...
    Quando se para de amar a pessoa ten que haver lagrimas de tristeza e de alegria. Sim de alegria quando acaba para aquele que já não ama.Tristeza para quem ainda tinha muito para amar o outro.
    um abraço de amizade.
    pensamentos said...
    Dark-angel,
    Além de tudo o resto parece-me que há um amor muito forte entre vocês...embora desgastado pelo tempo...pelo que se deixa de viver numa relação a dois...não digas adeus a esse amor...
    Se tiver que ser realmente, grandes momentos de amor virão quando menos esperas...
    agarra o amor que sentes sem medo... seja ele qual for...
    para terminar, não tenhas medo do empregado...
    Se ele te vir chorar, não é problema...
    Além disso ele também te ama...
    Não tenhas duvidas...
    Beijos...
    stillforty said...
    Acabou-se? Mesmo?
    não acredito!
    Estrela do mar said...
    ...sabes uma coisa?...acho que este teu belíssimo texto ajuda muito a quem passa por situações deste tipo...gostei muito mesmo...acredita!...

    Beijos.
    Dä®k Añgë£ said...
    Pensamentos, obrigada pelas tuas palavras de apoio... O que está a acontecer é apenas mais uma fase das nossas vidas...Tal como acontece muitas vezes na natureza, o amor também precisa de se renovar. Neste caso deixamos que um ciclo se feche para que outro renasça ainda mais belo, mais forte e que nos fará muito mais felizes no futuro... E sim, tens razão, ele ama-me ;-) tal como eu o amo a ele...
    palhota said...
    hello, hj é a primeira vez que por aqui passo, mas infelizmente n te vou deixar um coment acerca daquilo q aqui escreveste e sim do teu coment no meu blog, adorei, achei lindo!De muito bom tom, sem palavras, nunca pensei!Fizeram me sentir bem, obrigado!Eu na proxima visita escrevo sobre os teus textos, ja li um bocadinho de um e achei lindo!!baccis...Eu acho q a seguir virá a razão...digo eu, doi menos...!
    Peter Pan X said...
    Caro art,

    Depois de tudo, de um amor, de uma cumplicidade, de uma vida, a despedida cai que nem um raio fulminante, principalmente quando ainda se ama e se tem que dizer ADEUS...

    Isto faz parte da vida, da dura vida que temos que enfrentar todos os dias...

    Acaba um ciclo, há outro que começa...

    Fica bem!

    Abraço.

    ;-)
    Cleu Randall said...
    .texto triste e ao mesmo tempo bonito art of love.

    boa Sexta-feira pra ti e para teu amor.

    bjus

    ~.~
    NR said...
    Muito bom. ;)
    Abraço
    Anonymous said...
    Art as vezes chagava a pensar que o que escrevias era apenas uma historia que inventavas como o Aladiah faz....mas tou a ver que não... os meus são ficção, felizmnete estou muito apaixonada pelo homem que me ama também... mas já chorei muito como me parece que tu choras agora... lamento e so te poso dar forças, daqui, a distancia de um teclado e um monitor. Um beijo!

    Vampiria
    Anonymous said...
    as despedidas são necessárias. por vezes éum acto de amor escolher a altura que se tem que ir embora. Podemos amar uma pessoa toda a vida,e no entanto a vida em conjunto pode não ser viavel.
    sylpha said...
    As despedidas causam sempre dor, mas maior seria sempre a dor da mentira, da ilusão. Pena não todos terem a coragem de enfrentar a realidade. beijinhos e bom fim de semana :)
    Wakewinha said...
    Dito desse modo até me arrepiei com tanto sentimento... ;)
    Tem um excelente fim-de-semana... =)
    Éne said...
    Acima de tudo, sem alarde.
    Anonymous said...
    Caro Art,
    acho que não parece teu um texto tão frio! De repente parece que te despiste de sentimentos!!! Que facilidade no teu diálogo...e mais, concordo com alguém que já comentou o facto de se fazer uma despedida a uma mesa de café; não achas que um amor, mesmo que já tenha terminado, merece um ambiente melhor???? Já vivi uma "cena" destas e não a consegui resolver num café, mas enfim...cada um é como cada qual..espero que a amizade se mantenha...Sempre defendi as amizades após as relações terminarem, embora reconheça que não é fácil nos primeiros tempos; mas impossível também não é, basta os dois estarem ao mesmo nível!
    Beijokas,
    a "Kalimera"
    Boxexas said...
    As despedidas não são fáceis, ainda por cima quando é no próprio momento. Nós sabemoas que a felicidade virá, que recordaremos os momentos lindos mas, naquela altura, o coração manifesta-se, revolta-se de dor e todas as palavras parecem insensatas...mas temos que pronunciá-las na mesma. Acredita... as lágrimas transformam-se em sorrisos ainda mais belos... leva tempo, mas isso acontece. Beijo gande**
    Desconhecida said...
    As despedidas são sempre tão dificeis...para quem parte e para quem fica, mas são, por vezes um mal necessário.
    Ana Luísa said...
    Acho a foto espectacular e emocionei-me um pouco ao ler o texto. Lindo. Adorei o blog. E vou voltar.
    Até breve!

Post a Comment