Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |


Há muito tempo que não sinto o teu cheiro, mas não o suficiente para esquecê-lo.

Há muito tempo que não te vejo, mas não o suficiente para não te ter nas minhas mais belas lembranças.

Há muito tempo que não te sinto, mas nunca será tempo suficiente para te esquecer. Já me habituei com a tua voz, com o teu rosto, e com o teu olhar. Quando não estás aqui sinto falta de mim mesmo, e sinto falta do meu corpo junto ao teu.

Vem depressa para mim que eu não sei esperar. Já fizemos promessas demais... Quando estou contigo estou em paz. Quando não estás aqui o meu espírito perde-se...
Voa longe, longe, longe...

Porque é que me apetece chorar baixinho e em silêncio?

38 Comments:

  1. Gilda said...
    Se não podes esperar mais, o que é que AINDA estás aí a fazer?...
    Corre depressa e agarra o teu sonho, não sejas preguiçoso!
    Fernando B. said...
    Muitas vezes as lágrimas são uma reconfortante companhia, porém não devemos quedar-nos no seu rolar. Temos de sacudir o torpor que por vezes nos invade e partir. Caso a nossa jornada não resulte, não deixemos que o desespero nos invada e iniciemos nova etapa após uma breve pausa.

    Gosto muito das tuas reflexões intimistas.

    Um Abraço,
    Carla said...
    O amor faz-nos sentir a falta do outro de uma forma tão forme e por vezes até desesperante... Chegamos a ter saudades enquanto dormimos com o amor ao lado :) E o cheiro fica sempre... Beijo grande :)
    Micas said...
    As ausências fazem tudo mais presente...Beijos
    maresia said...
    que imagem tão bonita.
    Flor said...
    Quando se ama assim,qualquer momento a sós, tem o cheiro da ausência, a ânsia do reencontro. Chorar não faz mal, até nos alivia, mas é importante não nos entregarmos às lágrimas. Não esperes mais, procura o teu sossego, a tua paz. Um beijo.
    Anonymous said...
    Como entendo o que escreves......
    E como ainda espero por ele... há tanto tempo...
    bjs
    João Scottex said...
    Melancolia e saudade, cocktail explosivo? Mas, de um sabor especial!
    sylpha said...
    Dizem que o tempo tudo cura...pudessemos nós controlar o tempo. E enquanto esse tempo não chega rostos, lembranças, sensações persistem em ficar. Desejo que chegue rápido o tempo que enxugue as tuas lágrimas e te volte a fazer sorri. Beijokas
    andrye said...
    N esperes q as coisas caiam do ceu,vai em busca do q keres e do q precisas pa ser feliz.beijo grande.
    Anonymous said...
    Não acredito que não tenhas lutado por manter esse Amor contigo. Não me parece que sejas de desistir facilmente. Porque não tentar outra vez? ;-) De qq forma pensa que enquanto chorares esse Amor que espero não esteja perdido, não vais conseguir abrir a tua Alma para outro... Beijos, Erotica
    Daniel Aladiah said...
    Caro Art of Love
    Quantas vezes ficamos com essas lágrimas como companhia...
    Um abraço
    Daniel
    pensamentos said...
    Devemos esqueçer o que não queremos...mas quando se ama assim, e queremos muito uma pessoa, temos que ir à luta...Esqueçer o que somos, e não pensar em mais nada...(ir em frente). Só assim é que podemos viver um grande amor como este...
    O cheiro dela jamais te vai largar...
    Um abraço...
    Rogue said...
    Finalmente tive tempo para explorar o Blog. Gostei muito. Este post está muito bom. Parabens
    MONALISA said...
    Gosto desta sensação de estar em paz quando se está com alguém..de facto há ausências que parecem quase mutilações. Beijo
    tazaroteno said...
    Como eu te entendo a distancia é o nosso maior problema, que pena
    stillforty said...
    Junta-te a mim!!!
    Dora said...
    O amor entranha-se na nossa pele e a presença do outro é extensão de nós próprios...daí a ausência ser tão cruel. Beijos e bom fim de semana :-)
    so12 said...
    Obrigada pela visita. O ser humano é o que está lá, o que está aqui, a pessoa que bate nas teclas sozinha noite dentro...gosto muito de vir aqui. Boa noite..
    Ritinha said...
    "Há muito tempo que não sinto o teu cheiro, mas não o suficiente para esquecê-lo.
    Há muito tempo que não te vejo, mas não o suficiente para não te ter nas minhas mais belas lembranças.
    Há muito tempo que não te sinto, mas nunca será tempo suficiente para te esquecer. "

    Sim... também eu o sinto!
    Beijo
    Guida said...
    se te apetece, chora. grita para uma almofada, rasga o teu corpo até sairem as mágoas* um beijinho
    TMara said...
    Até tenho uma teoria sbro k te apetece fazer, mas silencio-a. Se calhar o corpo deve voar junto com o espírito. Bj grande e bom f.s.
    Anonymous said...
    É um tempo sm contagem de tempo.......mais ou menos. Bjs e um excelente fim de semana
    meialua said...
    Nao estou nos meus melhores dias...

    Vim só desejar-te um bom fim de semana e deixar um beijinho*
    sylpha said...
    Entrei apenas para te deixar um beijinho e desejar-te um bom fim de semana :)
    mgbon said...
    È quase intolerável a ausência quando se está "ligado" da forma que dizes. Entendo perfeitamente.
    Pecola said...
    Ter saudades às vezes também é bom.. ;)
    Amita said...
    Não olhes para o lado e vai aproveitar o fim-de-semana que se aproxima. Jinhos amigo
    Carlos Barros said...
    agora fizeste-me lembrar o Zé Cid

    "áh muito muito tempo eras tu uma criança...lalalalalala"
    abraço
    Fénix said...
    Pensa que após tanta ausência o reencontro será de cortar a respiração ;)
    Gostei muito de ler este post...

    Bom fim-de-semana, bjos*
    Sílvia said...
    A música está excelente. Os textos, têm sempre o teu toque especial!
    http://sunshine.blogs.sapo.pt/
    O Micróbio said...
    Já vi que estás à espera de companhia... não chores, deve estar a chegar! Bom fim de semana... :-)
    tazaroteno said...
    Pois é aconteceu o que eu imaginava que só era possivel em filmes,imaginem que encontrei uma rapariga e á tres dias tenho tido cenas de sexo numa garagem escura, que nunca imaginei que conseguisse faze-lo, e digo-vos stress e adrenalina dao um prazer que nem vos passa pela cabeça, se podem façam, ja estou com ideias novas, depois conto.
    Menina_marota said...
    "Porque é que me apetece chorar baixinho e em silêncio?"

    Pois é... já somos dois a ter esses sentimentos...

    Abraço e bom fim de semana :-)
    lazuli said...
    Sim..é difícil entender.
    Um beijo*
    Miss Trouble said...
    Voltei voltei voltei!! :)
    Jorge Ferro Rosa said...
    Depois de ler, continuar a ler... ainda mais um pouco, todas as palavras arquitetam um sonho, o sonho do mestre, sem lugar e sem referência. Apenas te quero dizer que o teu gosto é apurado, possui o verdadeiro torpor das rosas e das reflexões intimistas, face a tudo o que se pode dizer e pensar. Parabens.
    Jorge
    elsa said...
    "Já me habituei com a tua voz, com o teu rosto, e com o teu olhar"...

    Pois é... o pior é mesmo quando nos habituamos... ou será o melhor? nem sei muito bem...
    Sei que ao passar por esta foto e por este texto tive fui invadida por uma sensação incrível de saudade...
    Beijo enorme pa ti Art.

Post a Comment