Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Foram horas infindáveis... Nessa noite não conseguia adormecer, ansiando pela chegada da hora do encontro. Pensava em tudo quanto te queria dizer... vezes sem conta.

Por fim, adormeci exausto. Sonhei contigo. No sonho, estávamos muito perto. Quase encostados. Mas não te conseguia tocar. Não que houvesse alguma barreira, mas de cada vez que te tentava dar a mão, encontrava apenas a minha. Aos poucos a noite foi passando, apareceu a luz do dia, eu acordei, e as horas pareciam não querer passar!!!

Eram vinte e três horas em ponto quando eu cheguei ao bar. Irrequieto, mal conseguia aguentar a demora da espera. Olhava para o relógio constantemente. À minha volta começava a ficar muita gente, a maioria acompanhada. Sozinho esperava pela tua chegada. Passaram-se os primeiros cinco minutos sem tu chegares...

Depois, mais cinco minutos... O relógio indicava serem vinte e três e quinze quando finalmente apareceste. Só então compreendi...

O tempo separa-nos sempre em quinze minutos.
Tu não chegaste a falar. Interrompi-te. Peguei-te nas mãos e disse-te: "Agora não posso, estou atrasado quinze minutos".

Como era de esperar, deste-me a volta, acabei por ficar, acabei por te amar. Por isso, é que ainda hoje estou contigo.

No entanto, sempre que combinamos uma hora para nos encontrar, tu chegas sempre quinze minutos atrasada... Mas agora tu já não dizes:
"Agora não posso, estou atrasada quinze minutos"

(Fim)

28 Comments:

  1. Anonymous said...
    Lindo! Valeu a pena esperar ;-) Beijos Erotica
    BorboletaAssanhada said...
    Gostei muito...Vale sempre a pena esperar por quem se gosta. Nem que sejam apenas 15 aminutos. Beijos
    João Scottex said...
    Agora é que tu estragaste tudo, lá vão elas começar a chegar "mais" atrasadas.
    Bricadeira! Bela história de encontros e desencontros, 15 min. podem realmente fazer a diferença!?
    Abraço.
    O Micróbio said...
    Como quinze minutos podem fazer a diferença...
    Daniel Aladiah said...
    caro Art of Love
    Bem, final feliz... há quem espere sempre meia-hora, pelo menos, porque se chega 15 minutos antes.
    Um abraço
    Daniel
    stillforty said...
    Não tinha tido a tua paciência, isto é, detesto atrasos, possivelmente nunca esperaria e teria perdido a oportunidade de ser feliz.
    Gostei do desfecho´.
    sylpha said...
    Mas eu demorei mais que 15 minutos para ler estes textos....mas valeu bem a pena :)) Adorei!! Beijo
    Dora said...
    Valeu a pena seguir esta sequência.
    Tal como te valeu a pena esperar tanto tempo! Gostei muito, um beijo para ti :-)
    Micas said...
    15 minutos que valeram a pena. Gostei. Bjs
    Adryka said...
    15 minutos de impacto adorei amei. Beijinhos
    pensamentos said...
    Esperei pelo fim da historia, para fazer outro comentario.
    O fim confesso que me surpreendeu...Tava a espera que os 15 minutos os separassem para toda a vida, e que ficasse mais um caso por resolver...
    Mesmo assim historia acabou tão bonita como tinha começado...
    Um abraço.
    Boa semana.
    D said...
    gostei ainda mais porque o final não era o que estava à espera.
    beijos :)
    lique said...
    O problema é quando os quinze minutos se vão alargando e acabam por ser um abismo de tempo que não se consegue ultrapassar. Neste caso, tudo acabou bem. :) Beijos
    pensamentos said...
    Já agora...
    Neste momento a música é fantástica.
    É sem dúvida uma das inhas preferidas...
    Boxexas said...
    Apenas demonstras que vale sempre a pena esperar pela pessoa que gostamos...e tu sabes que esses 15 minutos agora são teus!! Felicidades e beijinhos**
    borbolletta said...
    gostei mto destes 15 minutos k demorei a saborear estes episodios que descreveste.
    afinal,o k sao 15 min qd se espera a pessoa k se ama?
    beijinhs
    Estrela do mar said...
    ...realmente... o que podem fazer apenas e só...QUINZE MINUTOS...

    Continuação de uma boa semana Art.

    Um beijinho*.
    Nilson Barcelli said...
    A história dos 15 minutos é fantástica e acaba da melhor maneira.
    Os doi merecem ser felizes, ainda que com eventuais atrasos de 15 minutos...
    Abraço.
    Vera Cymbron said...
    Um fantástico fim...tu escreves muito bem, mas isso que te digo não é nada de novo. Parabéns por estes incriveis 15 minutos.
    Jinhos
    Rukinha said...
    ah bom, afinal eram 15 minutos dps... =) mas é spr assim, akabmaos spr por ceder... mas konta a intenção:P
    Amita said...
    Foram "só" quinze minutos que acabaram tão bem. Bjinhos
    sandra said...
    Ois!!Olha passaste no meu outro blog, o Blog do Contra...perguntaste se me podias linkar, é claro k sim, o teu ja ta lá ao lado!
    Beijinhos
    sussurros da lua said...
    E o que são 15 minutos quando esperamos um amor? Por vezes sentimos que alguns minutos são uma eternidade...mas quando esperamos quem amamos, todos os minutos de espera valem a pena. Mil beijinhos!
    Planta said...
    A espera tem um sabor amargo, porque o desfecho é imprevisível.Neste caso foram os 15 minutos de muitos quartos ...de hora. Continuações
    Joaninha said...
    Li as quatro partes da história e adorei o desfecho! Simplesmente lindo. Beijinhos da joaninha**
    Carmem L Vilanova said...
    Eu nao disse que vocês iam acabar se encontrando no final? :)
    Amiguinho, estive uns dias afastada, aproveitando um feriado por aqui, coisa que nao acontece todo dia, mas já estou de volta e, com saudades...
    Muitos beijinhos e muitos sorrisos para ti!
    Fénix said...
    Adorei a história e o final! :D
    Os eternos quinze minutos dão em que pensar... lol :)

    Beijinhos*
    MalucaResponsavel said...
    15 minutos... a diferença q 15minutos podem fazer nas nossas vidas... temos sp pressa,pca paciencia pa esperar... adorei...

Post a Comment