Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Não consigo parar de pensar...
É impossível esquecer-te!!!
Tu moras em mim
Mesmo se eu quisesse...
Não poderia
Tu moras em mim
Fatalmente...
Não teria como te expulsar
Porque um dia
Tu invadiste o meu corpo
Acomodaste-te nele inteiro
Agora, não consigo esquecer-te
Quero acreditar que seja um sonho...
Ou será fantasia, fascínio, paixão
Loucura talvez...?!
Não sei

Tudo que sei, é que tu moras em mim
Como eu poderia esquecer-te!!!
Se pelo menos, eu pudesse esquecer
O teu olhar que me encanta...
O calor da tua boca...
O conforto do teu corpo...
As tuas mãos...
O teu jeito de falar...
A tua voz...
Ah...! Essa voz a chamar-me...
E esse sorriso lindo...?
É impossível esquecer!!!

28 Comments:

  1. Seeds said...
    “moras em mim” palavras que dizem tudo sobre um mundo em ti…
    (um dia ainda me hás-de explicar ….)
    Anonymous said...
    beijo-te... tem um dia maravilhoso...
    Vera Cymbron said...
    As tuas palavras moram em mim...
    Jinhos
    Joaninha said...
    enqunto esse sentimento morar em ti dificilmente esquecerás!! Bjinhos**
    Delírio da Loirinha said...
    O teu poema fez-me lembrar uma mensagem que me mandaram que passo a citar "Deves-me dinheiro... moras dentro de mim e não pagas renda!!!"...
    Gostei muito de te ler (como sempre)...
    Beijinhos doces
    folhasdemim said...
    O Amor está por aqui :) Beijos, Betty
    Carmem L Vilanova said...
    O Amor quando realmente É, penetra-nos a Alma, a Carne e nos impregna de tal forma que é, realmente impossível esquecer, vez que o respiramos, inclusive!
    Muitos beijos a ti, meu querido amigo apaixonado!
    Para mim, a vida é bela também porque amamos... bem ou mal, nao importa muito, o importante é amar sempre!
    Bjs!
    trutasalmonada said...
    como esquecer a nossa própria mão, o nosso coração a bater, os nossos cabelos que se remexem? assim seria esquecer-te, seria esquecer-me de mim naquilo que é impossível; embora muitas vezes me esqueça de mim por estar mais atenta a ti que és eu. és sangue que corre dentro de mim e me alimenta, és ar que respiro e me sustenta, és doçura que me enleva e me acalenta.
    andrye said...
    Esse texto ta simplesmente divinal,adorei mesmo!e no amor o q é melhor sentir é isso q descreveste no teu texto! e é tao bom amar e ser amado pelo calor da paixao..beijokas grandes.
    Adryka said...
    Como é possivel não adorar cá vir, este blog enche-nos o coração de amor ternura e loucura, beijos
    Elma said...
    Nada é impossivel




    *nada
    paulo said...
    Olá amiga e para já obrigado pela tua visita.
    Posso copiar um dos teus poemas?
    Um Grande abraço de
    paulo
    filipa* said...
    oi!!mt giro o blog, i mt profundo o poema...bjs
    Daniel Aladiah said...
    Caro Art of Love
    Fizeste-me lembrar aquela expressão: primeiro estranha-se, mas depois entranha-se... pois é, estás feito!
    Um abraço
    Daniel
    mfc said...
    O tudo de quem se gosta...´sabe a pouco!
    O Micróbio said...
    Dalida, uma cantora italiana de ascendência egipcia que teve grande sucesso em França nos anos 60, cantava uma canção (que teve bastante sucesso) com Alain Delon (actor francês consagrado) que tinha por título o seguinte: "Paroles, paroles...". É o que parecem estas palavras... simples palavras! :-)
    D said...
    que maravilha de texto.. simples e diz tudo!!
    adoro ler textos destes!
    veio do fundo do coração..sente-se a emoção e a ternura a cada palarinha escrita!
    continua o bom trabalho! beijos:)
    Rukinha said...
    =) de certeza que a pessoa gosta de morar em ti ;) um abraço
    JPD said...
    Olá Art!

    O rexto está muito bom.
    Reflecte muito fielmente a fase do »gueto»: não estando a relação esgotada, longe disso, há qualquer coisa muito importante ainda por dicidir, fazer, para que seja ultrapassada esta fase de fechamento.
    Muito bom!
    Um abraço!
    Atalhos said...
    Tens um desafio no Atalhos e Atilhos... passa por lá! Um bom dia para ti!
    Anonymous said...
    Sempre belas palavras

    Belas e deliciosas
    obrigada:)

    Rose***
    Micas said...
    Só te consigo dizer, que as tuas palavras são belas, profundas e sentidas...beijo
    Paula said...
    Fascinante...absolutamente fascinante!!!

    Adorei! E que mais posso dizer?

    http://divinadecadencia.blogspot.com/
    stillforty said...
    Fatalmente...moras em mim.
    Anonymous said...
    Ás vezes seria bom conseguirmos arrancar os espinhos k ficam cravados no coração...
    Beijos Moon Priestess
    (Waxing Crescent)
    paulo said...
    Ola amigo, desculpa a confusão dos aaaass pelos oooss, quando abri o correio e li a tua mensagem fiquei irritado pela a troca de "sexo" espero que não tenhas levado a mal.E mais um obrigado por me deixares copiar um dos teus poemas, vais ve-lo no meu canto,nas comunidades como é costume.
    Um forte abraço
    paulo/Fù
    Hana said...
    C´est magnifique, ton poeme. Ca me fait penser aux beaux moments, que j´ai passée au Portugal avec un homme,que j´ai aimée tres profondement... L´amour est une des meilleures choses dans la vie, meme si c´est triste parfois.

    Merci pour ton poeme, merci pour les souvenirs
    Kraak said...
    Apesar do meu dia hoje naum ter sido dos melhores, especialmente a parte da manhã, compreendo-te perfeitamente e partilho quase na integralidade com tudo o k'escreveste.
    Uma curiosidade trouxe-me até aki: foi o nome do teu blog. A junção das 2 palavras fazem muito sentido na minha vida. Virei visitar-te mais vezes.
    Hugzzz

Post a Comment