Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

O amor não se vê nos "grandes" gestos, nas grandes atitudes corajosas na defesa de quem amamos, nem nas demonstrações excessivas e exageradas de carinho.

O amor muitas vezes expressa-se em atitudes julgadas por nós "pequenas" como por exemplo: distanciarmo-nos quando percebemos que o passo seguinte precisa ser dado pela própria pessoa que amamos, e desejar que o melhor lhe aconteça, ainda que esse melhor signifique a dor para nós. Acalmarmo-nos quando o desespero de quem amamos se expressa diante de nós e abraçá-lo quando nos dirige palavras que nos magoam.

Dirão vocês que atitudes como estas são de submissão, de ignorância e de uma "simplicidade" muito grande, própria daqueles que não têm amor próprio. Ah que engano!!! São atitudes e sentimentos de que somente grandes almas são capazes. Que exigem uma abnegação que não é por se ser instruído, polído ou culto que se terá.

"Pequenas" atitudes, se avaliadas por medidas também pequenas, e vistas de um ponto de vista ainda menor. Mas... "grandes" e dignas atitudes, se forem avaliadas pelo prisma da grandeza da alma e se forem vistas com os olhos do amor!!!!

E para vocês, o que são "pequenas" e "grandes" atitudes de amor?

23 Comments:

  1. Conchita said...
    Todas as demonstrações são grandes, ainda que aparentemente pequenas, não é? Nos mais pequenos gestos está a prova constante de que se gosta. A outra pessoa sente isso.
    mfc said...
    Gostar também é fazer de conta que se não entende a fraqueza que dissimulamos com a própria fraqueza.
    inconfidente said...
    Pois é, as atitudes dizem mais quem mil palavras, mas por vezes o que é uma grande atitude para um, pode ser pequena para o outro....e vice versa......vá-se lá entender o ser humano....
    Toze said...
    São todas essas ...e muitas mais !

    Finurias
    www.cagalhoum.blogspot.com
    atalhos said...
    Concordo contigo, embora "distanciar-mo-nos quando percebemos que o passo seguinte precisa ser dado pela própria pessoa que amamos" seja um grande passo, nem sempre o conseguimos dar e aí é que se decide o nosso futuro. Eu gostava de dá-lo!
    Obrigada pela interpretação.
    Maria Branco said...
    Art, meu amigo...

    O amor que eu conheço não destingue pequenas ou grandes atitues. Ele vive cada uma delas com a mesma intensidade e importância...
    Ele precisa de um olhar, de um abraço, de um gesto, para que se sinta e saiba amado... toda a que atitude traduza amor, lhe é importante...
    Precisa apenas que elas acontecam...

    Beijos
    Amita said...
    Obrigada pela visita e pelas tuas palavras. Quanto ao teu texto concordo contigo. As pequenas grandes atitudes são muito importantes. Bjos
    13linhas said...
    Muito sensual seu blog, muito bonitos os rostos que vi de passagem ao longo dele, muito interessante você se interessar tanto por amor, muito boa noite. Ainda não tenho do que lebrar da última noite. Ainda.
    Gilda said...
    Atitudes de amor?... Não sei bem, penso que cada um as toma à medida da sua personalidade.
    Para mim é estar perto e estar longe, é aceitar mesmo que me doa, sim... é sobretudo, sentir-me feliz por quem amo, mesmo que quem amo não esteja ao meu lado.
    Um abraço imenso para ti, Art.
    Carmem L Vilanova said...
    Agradeço a gentileza de tua visita ao meu blog. Nao conhecia o teu... Gostei imenso... Voltarei, com certeza!
    Beijos,
    Carmem Lúcia Vilanova
    sucas said...
    Olá!Sou a S....mudei de casa, tava farta de insultos de colegas frustados da minha escola.Passa em milideias.blogspot.com jinhos e se puderes apaga este coment, ok?
    Anonymous said...
    Concordo contigo em tudo o que disseste...grande atitude...eh ouvires "acabou" e de seguida ouvires um "amar-te-ei smp" e teres de permanecer quietinha porque tudo o que fazes, cai no fazio, teres de aceitar, não porque pensas em ti, mas porque pensas no melhor do outro....doi, doi muito...mas aconteceu-me isso agora mesmo! Beijo da CHAMAOCULTA!!! Voltei! =)
    Vania Silva said...
    As "pequenas" e "grandes" atitudes de amor sao ainda teres ai o meu link e escreveres um dos maiores comentarios que alguem ja deixou no meu blog. =) Vou passar sempre por aqui e comentar quando tiver algo para dizer. Beijinhos salgados*
    Anonymous said...
    Boas! Também não conhecia o teu blog. Fizeste bem em dá-lo a conhecer através do comentário que deixaste no Void. Vou voltar para ver e ler com muito mais calma.

    Jokinhas :)

    Sandra
    (http://www.void.weblog.com.pt)
    ti said...
    Quando se gosta não se tem noção das atitudes, portanto não há atitude...
    NR said...
    Não consigo distinguir entre pequenas e grandes atitudes de amor. São atitudes de amor simplesmente. Serão sempre irracionais, mas isso é outra conversa... ;)
    Abraço.
    Anonymous said...
    Para mim as pequenas atitudes de Amor acabam por se tornar grandes atitudes de Amor!!!
    Bjos,
    fica bem
    Ass:www.barmaid.blogs.sapo.pt
    Red Boys ESTAÇÃO said...
    Se a pessoa com quem eu estou me amar realmente, tudo que ela faz tem um grande valor para mim, porque tudo que essa pessoa faz, para mim é belo! Claro que não há acto de amor como dizer: Amo-te.
    No name said...
    Todas as atitudes por mais pequenas que sejam, acabam quando se ama por se tornarem em grandes atitudes.
    As mais difíceis de se tomar, sao quase sempre as que se vivem e recebem com mais prazer e intensidade. Todas elas quando existe amor se tornam enormes; todas as de que falas, e muitas mais...
    Beijo com carinho*
    Luna said...
    as pequenas são as grandes atitudes...todas elas sentidas...num abraço...num beijo..num texto...num quero te
    Oma Eddie said...
    Grandes atitudes podem ser realmente em grande escala, sei lá, se construíssem um prédio e lhe pusessem o meu nome, eu babava o suficiente para provocar uma inundação! Isso fica como recordação, uma recordação bonita. Mas o mais importante são as pequenas atitudes que preenchem os momentos do dia-a-dia, que mantêm a chama acesa. Um olhar, uma brincadeira, um carinho, uma palavra, um sorriso genuíno... Eu não peço mais nada!
    Que Bem Cheira A Maresia said...
    Para mim as pequenas e grandes atitudes no amor, prendem-se a esta frase colocada por ti neste blog:"Aprendemos a amar não quando encontramos a pessoa perfeita,
    mas quando conseguimos ver de maneira perfeita uma pessoa imperfeita!!!!"
    Beijo da Mar Revolto
    tounalua said...
    "...distanciarmo-nos quando percebemos que o passo seguinte precisa ser dado pela própria pessoa que amamos..." ou fazer exactamente o contrário...

Post a Comment