Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Conto as horas para a despedida. É ridículo estar assim a teu lado e não estar contigo. Usar o tempo apenas como uma longa despedida. Estar contigo a pensar em quando não estarei.

É ridículo ter saudades tuas quando estou contigo. Não consigo resistir a pensar que daqui a umas horas já não estarás aqui. Que daqui a umas horas apenas poderei ouvir a tua voz pelo telefone.

Tu vais e eu fico. Dou-te um beijo. Digo-te até já para tentar enganar o tempo.

Enquanto estiveres longe estarei a contar o tempo. Enquanto estiveres longe estarei à espera para me despedir de ti. É ridículo viver assim, a contar o tempo que nunca é suficiente.

10 Comments:

  1. Anonymous said...
    É bom sinal quando já temos saudades de quem está ao nosso lado... às vezes tenho tantas saudades de amigos que estão por perto... até de mim algumas vezes tenho saudades... ;-) bjo. Fica bem. Elsa (http://delirios2004.blogs.sapo.pt)
    Lino Gomes said...
    As saudades são um forte alimento de uma relação. Estar ausente mesmo estando presente é que pode ser perigoso. Pode ter muitos significados
    mfc said...
    Falta-nos o tempo para termos tempo!
    Vania Silva said...
    Ja vivi assim... talvez ainda o viva. Nothing lasts forever. Beijos salgados*

    PS: Aceitei o convite no MSN. Espero encontrar-te por la, embora agora tenha andado mais ocupada.
    Anonymous said...
    Eu juro que nem vi a capela!! ehehheheheh um beijo enorme... amanhã já volto para cima... e segunda já trabalho! buá...buá... beijos. Elsa
    atalhos said...
    ...porque há segundos que poderiam durar para sempre.
    ZAG said...
    Engraçado como a vida dá umas voltas estranhas, estranho como dentro do estranho o insolito acontece, até a quem tinha "medo de naufragar"... e o estranho passa a ser comum e a dois e mais uma vez me vejo envolvido paixonadamente, perdidamente, e sim lembro-me bem da ultima noite... ainda estou preso no cheiro, ainda perdura a sensação, o calor, o suor, o toque de boca, a inocencia do inesperado, mas desejado e desejada desde o primeiro dia... sabes por mais que possa achar que tenha vivido, não vivi foi porra nenhuma... (voltamos ao primeiro amor????)
    [_David_] said...
    Como o tempo é um factor importante...!!
    No name said...
    Oi ja consegui recuperar tudo o que tinha perdido. Acho q ja te tinhas apercebido! :) Graças a amigos tudo ficou bem e descobri tudo. Enfim... Olha tenho um novo selo, podes colocar se quiseres... Beijo com carinho*
    Peter Pan X said...
    Não é ridículo, é sentimento profundo de paixão...
    Abraço para ti Art!
    Bom fim de semana

Post a Comment