Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Queria ter-te conhecido antes, muito antes... Para que nenhum de nós tivesse medos ou cicatrizes. Queria ter estado contigo quando o teu coração descobriu o que era o Amor. Quando o teu corpo descobriu o que era o Desejo.

E antes que pudesses sofrer, eu estaria do teu lado amando-te, entregando-me, e juntos poderíamos ter aprendido as lições da vida e do coração...

Queria ter-te conhecido muito antes... Quando as tuas esperanças começaram a nascer, quando os teus sonhos ainda eram puros, e as tuas ideias ainda ingênuas...

É uma pena termo-nos encontrado só agora, já com o coração viciado em outros amores, com uma imagem meio falsa do que é a felicidade, do que é entregar-se...

Queria ter-te encontrado antes, muito antes... Numa nova vida, num outro tempo, em que não precisássemos temer o nosso futuro, nem os nossos sentimentos...

13 Comments:

  1. ZAG said...
    Olá...
    Foi exactamente tema de um dos mail que te enviei... e do me sentir um previligiado... tenta pensar ao contrario, tenta descobrir o que é a inocencia do amor depois de já os teres vivido "todos"... e por outro lado, e até contra mim digo, tens alguma razão... mesmo o conto de fadas (aparente)pode ser abalado por um "nada" um pormenor, que por um estado de "dejá-vu" ou "dejá-passé" nos urge a decisões contrarias ás de inocencia... Por mais que se lute contra os "medos ou cicatrizes" que eu acrescento e/ou, elas estão lá... E mesmo sem querer voltamos de novo á casa da partida, e há que começar tudo de novo... so ponto de se voltar a por tudo em questão outra vez, mesmo o que "ontem" estava mais que certo, mais que sentido, mais que adquirido, por um "nada" volta ao "0"....

    Abraço
    onlyweknow said...
    Queria ter-te conhecido antes e está tudo dito.
    Onlyweknow de fim de semana prolongado, algures nas núvens.
    Pedro Palma said...
    A experiência com outras pessoas faz-nos crescer e evoluir mas também apaga alguns bocados que eram próprios de nós e que com o rodar do tempo mudam.

    PS: tenta postar com outra cor, esse vermelho é dificil de ler...

    ___________________________

    confidências
    http://inpakto.blogspot.com
    Mónica said...
    Eu acredito k nada acontece por acaso ,se a conheces te só agora com essas cicatrizes todas ,com todos essas memorias de amores passado é pork de algum modo isso pode melhorar e fortalecer a vossa relaçao... O texto é lindo,parabens.Beijokas e boa sorte*****
    mfc said...
    ... mas agora tens uma vida pela frente!
    Aproveita-a...
    Anonymous said...
    Acredito que exista um timing para tudo. Quem te garante que se a tivesses conhecido antes seria bom? Encara a vida pela positiva e vais ver que ela se torna mais fácil. :-) Fica bem (GajaLoira)
    ricardo said...
    gostei do ontem, imagino o amanhã, amei o hoje. já cá tinha vindo? tive a branca do momento...
    Anonymous said...
    Ontem.. hoje ...amanhã... o que interessa é conhecer alguém especial que passe a fazer parte do nosso dia-a-dia... Um beijo. Elsa (http://delirios2004.blogs.sapo.pt)
    mariah1979 said...
    Venho em nome da equipe do Jornal do Blogueiro ( http://jornaldoblogueiro.blogger.com.br ) fazer-te um pedido especial: é que estamos lançando uma pesquisa para definir o perfil do blogueiro brasileiro. São perguntas simples e sobre o seu comportamento como blogueiro. Pode ser feita de forma pública ou privada. O endereço é esse: http://geocities.yahoo.com.br/jornaldoblogueiro/pesquisa1.htm . Obrigada e boa semana!
    Gilda said...
    Pois é Art... tenho uma pergunta para te fazer... lol, mas vou sussurrá-la por email. Beijo imenso.
    Lino Gomes said...
    "com uma imagem meio falsa do que é a felicidade" é genial! O ser humano tem essa inigualável capacidade de ser convenver que é feliz com o que tem.
    GajaMa said...
    Tudo o que viveste antes te preparou para o agora... Todas as outras pessoas que passaram pela tua vida, te prepararam para esta. Behave, Be Brave, Be True...Fiquem Bem!
    Maria Branco said...
    As tuas palavras trouxeram estas do Fernando Pinto do Amaral:
    "Queria saber amar-te como aos vintes anos se ama a escuridão iluminada dos corpos e das almas, essa névoa soberana e feliz.. (...)" Beijos. Tem uma excelente semana!

Post a Comment