Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Tenho andado distraída, impaciente, indecisa e ainda estou confusa. Só que agora é diferente, estou tão tranquila e contente...
Quantas chances desperdicei, quando o que mais queria, era provar para toda a gente, que eu não precisava de provar nada para ninguém. Fiz-me em mil pedaços, e queria sempre encontrar explicação, para o que eu sentia. Fiz questão de esquecer, que mentir para mim mesma, é sempre a pior mentira...
Às vezes o que eu vejo, quase ninguém vê, mas eu sei que tu sabes, quase sem querer, que eu vejo o mesmo que tu...

10 Comments:

  1. mfc said...
    Lindo! Quem assim escreve sente-se bem consigo.
    Kase Wo Atsumete said...
    Eu sei que tu sabes que eu sei...
    conchita said...
    depois da tempestade, a calma...
    Anonymous said...
    A capacidade ser sermos sinceros com nós mesmos ,demonstra reconhecer em nós todos aqueles defeitos que são sempre dificeis de reconhecer. Boa Sorte http://avidadocorvo.blogs.sapo.pt
    lino gomes said...
    É muito bom ter alguém que vê as coisas mesmo como nós vemos :)
    robina said...
    Continuas um grande "dizedor" de palavras :-)
    estrela do mar said...
    "(...)eu vejo o mesmo que tu(...)"...e eu também! Um bom fim de semana. Um beijinho*.
    pedro sargento said...
    só gosto das fotografias. Quanto aos textos, já não há paciência para tantos maus escritores.
    maria branco said...
    Fico feliz por te sentir assim.. Um beijo grande!
    mónica said...
    Kase sem kerer escreves te um belo texto...Bom fim de semana,beijokas***

Post a Comment