Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

"Companhia"

Hoje quem me faz companhia, é a tua ausência que me sufoca o peito, e me encharca a alma.

Hoje quem me faz companhia, é o teu silêncio que invade meu corpo e estremece os meus ouvidos, na falta dos teus gemidos, que aprendi a amar.


Hoje quem me faz companhia, é o tempo que me faz esperar, esperar, esperar, e na ânsia louca de amar, deixar-me inerte triste a buscar-te.

Hoje quem me faz companhia, é o sonho de tocar-te, de beijar-te, pedindo para amar-te. E amando-te eu diria, que jamais te esqueceria, para nunca mais te deixar.

Hoje quem me faz companhia, é a saudade que consome a minha vida, lembrando-me de ti.

Hoje quem me faz companhia, é o relógio, e o olhar dos meus olhos nos ponteiros, que me cercam na esperança que tenho, de poder amanhecer e olhar os teus lindos olhos, beijar essa tua boca tão doce que me dá prazer.
És tu quem me faz companhia hoje mesmo ausente, mesmo longe, mesmo assim.

Sei que amo e sei que sofro
Sei que pulso de paixão
E gozo com a certeza
De sentir o meu coração

14 Comments:

  1. Mónica said...
    Acho k o amor tras sempre sofrimento...infelizmente é assim.Beijokas****
    Anonymous said...
    Sobre o amor, recordo o meu primeiro, o qual vi partir pelas mãos de alguem que era para mim como um irmão, não, mais do que um irmão,porque a familia não escolhemos. Parabens pelo blog, é lindo, e tu tambem és linda, porque só uma pessoa bonita por dentro conseguiria escrever como o fazes. Nuno http://avidadocorvo.blogs.sapo.pt
    Estrela do mar said...
    "(...)És tu quem me faz companhia hoje mesmo ausente, mesmo longe, mesmo assim(...)", gostei muito desta frase, pois quando se ama, o outro está sempre presente...mesmo ausente. Muito bonito este teu texto.
    Continuação de um bom fds.
    Um beijo*.
    Anonymous said...
    E este teu artigo fez-me uma enorme companhia, da mais agradavel e apropriada para o momento! Pois estou como tu! Maravilhoso este teu artigo, esta doce forma de escrever que tens...lindo, simplesmente lindo! Agradeço-te a companhia que as tuas palavras me fizeram e o momento lindo que ajudaram a criar dentro do meu coração! Beijinho grande e resto de um bom fim-de-semana! =) http://chamaoculta.blogs.sapo.pt
    ZAG said...
    Tenho como tu uma ausencia... há dias melhores ou menos mal e outros que são do tipo infernosos desgastantes e altamente controversus ao ponto de me confundir com os objectivos e metas a alcançar, em que a propria vida deixa de ter sequer sentido... mas uma coisa é certa... Só temos de agradeçer podermos ter sido preveligiados de tanta capacidade e aptidão para amar e em determinados momentos termos sido amados de verdade.... porque se sentimos a falta se a ausencia é a nossa maior companhia na nostalgia e na recordaçãó, então, é porque aguçamos o racional do sentimento... e racionalizamos os sentidos...

    Tu deixa-te tar assim que te estás a tornar um enigma... e para "alguns" um paradoxo sexual...
    Filipa said...
    Lindo post...

    Somos um animal muito complexo... vivemos rodeados de emoções... de fenómenos internos que não percebemos... e esse é um deles... a separação... lá no fundinho a nossa vozinha diz "não vale a pena, estás a sofrer..."...
    Bem que se tenta mudar o nosso rumo, o nosso dia a dia mas... como é possível voltar a sorrir sem ver aquele sorriso? sem ver aquele brilho nos olhos? sem sentir aqueles braços... o sabor dos seus lábios?

    Gostaria de te dar palavras de alento, de forças... não sei.. o que é melhor... se deixar a chama presente, se apaga-la... eu não sei.. também ando a vaguear nos meus pensamentos... a minha chama ainda está bem acessa...

    Beijinhos.
    Marta said...
    Lindo o poema. Beijo
    No name said...
    Lindo o teu poema, e também verdadeiro.
    Todos nos ja tivemos assim pessoas ausentes.
    Tao ausentes e ao mesmo tempo sao aquelas q sentimos como se tivessem ali connosco, porque na realidade era o que desejávamos...
    Boa semana e um beijo enorme*
    robina said...
    É prefirel sofrer por amor do que sofrer por nunca ter amado ;-)
    Anonymous said...
    Gosto imenso do que escreves...mas às vezes apetece-me abanar-te para a vida.........A vida é linda...e há tantos homens para amar......
    inconfidencias.blogs.sapo.pt
    Maria Branco said...
    A ausência, a dor a preencher todos os espaços do teu sentir! Que essa ausência termine num beijo. Que esse amor intenso que te adivinho possa ser vivido em toda a sua plenitude! Beijinhos, tem uma excelente semana!
    Anonymous said...
    Hoje quem te faz companhia sou eu, ao som destas tuas palavras maravilhosas...
    http://criticadonortecarago.blogs.sapo.pt
    atalhos said...
    A saudade é terrível... é uma triste companhia.
    Gilda said...
    Companhia... na ausência? Espero que não, espero que apenas à distância. Xi-prata bem apertadinho.

Post a Comment