Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Será que estamos no caminho certo?
Ou será que existem caminhos que são percorridos em vão?

Isto é algo com que todos nos confrontamos várias vezes ao longo da vida!!!
A liberdade de escolha é aterradora... essencial, mas assustadora pelas suas múltiplas encruzilhadas. Em certos momentos seria preferível não termos que ser nós a escolher.

Mas... somos sempre nós que decidimos... somos sempre nós que damos o passo quer em direcção ao abismo, quer em direcção a um momento de felicidade irrepetível. Por vezes recuamos... outras paramos para respirar fundo, para nos reabastecermos, para procurarmos a bússola, mas acabamos por seguir sempre o nosso caminho, porque ninguém o pode fazer por nós.

Por isso cada vez mais acredito que o melhor é deixarmo-nos levar, porque até o caminho mais sinuoso e difícil traz-nos sempre algo de bom, algo de positivo, nem que seja o simples facto de nos ajudar a crescer. E será que pode haver melhor do que isso?

O ideal seria termos sempre a certeza de encontrarmos o que procuramos no fim de cada caminho, mas na impossibilidade de termos certezas absolutas acerca disso, eu sigo sempre o caminho para onde me leva a minha inclinação.

15 Comments:

  1. escarlate.due said...
    caminhos em vão??? nunca!!!
    cada caminho dá-nos alguma coisa, seja lá o que for
    podemos até nem gostar muito, pode nem ser o que esperavamos... mas nem que seja para aprender, já nao foi em vão
    Joana Quelhas said...
    nada na vida é em vão. podem passar muitos anos para que percebas isso, mas tenho a certeza que o gesto mais inocente ou a palavra mais espontanea acabam por ter sempre uma razão para acontecer e um momento certo para existir.
    Fa menor said...
    Há caminhos que poderão não ser os mais acertados de percorrer... e nem serão, necesariamente, aqueles espaçosos, largos, de vistas belas e sedutoras os melhores. Muitas vezes é num caminho destes que se escondem os maiores perigos. E são nos caminhos mais difíceis de percorrer que encontramos as maiores felicidades e sentido para a vida. Mas os caminhos que percorremos ao longo da vida, mesmo que não tenham sido fruto de uma escolha acertada, nos permitirão aprender alguma coisa, nunca serão em vão, desde que nos demos oportunidade para deles tirar lições.

    Beijos
    Secreta said...
    O que será ao certo, o caminho certo?
    Creio que podemos percorrer caminhos sinuosos que nos levam ao que desejamos, ou então percorrer caminhos que nos parecem os ideais e que no final, não nos levam onde esperavamos. Os caminhos podem ser alterados, podemos fazer atalhos, ou desviar um pouco a "rota"... cabe a cada um de nós fazer o percurso conforme acha acertado.
    Beijito.
    Luadoceu said...
    Acho que a vida não tinha o interesse quem tem no seu bom e mau da mesma se soubessemos o que nos espera no trilhos que ela traça
    Se soubessemos tracariamos o destino e estavamos todos contentes?
    Acho que nao e isso que se pretende
    Pretende se sim, viver a vida e nao pensar no futuro.
    Nada e em vao, e tudo uma aprendizagem,para quem quer aprender e caminhar em frente...

    Nao li nenhum comentario:note se!

    Bjos e obrigada por seres quem es para mim! Amigo

    Luadoceu
    Je Vois la Vie en Vert said...
    Deixar-nos levar ? Isso seria ou fácil demais ou perigoso demais.
    Temos que seguir o caminho porque é a nossa única possibilidade.
    Eu sigo os caminhos com gosto, tropeçando algumas vezes, mas sei que vou sempre encontrar alguma coisa agradável lá para frente ! Mas, de vez em quando, também podemos parar ou para descansar ou para ver qual é o caminho a seguir...

    Belo post, Art !

    Beijinhos
    Verdinha
    Maria, Simplesmente said...
    Se fosse possível escolher um caminho com a certeza de que essa escolha seria a correcta, diz-me tu: qual seria a felicidade que encontraríamos no fim desse caminho?
    Será que não é a incerteza que nos dá o prazer de o percorrer?...
    Não acho ser terrível a liberdade de escolha, pelo contrário. Penso que o caminho que escolhemos pode ser o mais doloroso, o mais terrível, o mais solitário... mas se fomos nós que decidimos e não nos foi imposto, isso é já uma felicidade.
    Eu antes quero uma luta diária em que cada passo seja uma livre escolha minha, do que um caminho sem luta, sereno aparentemente, enquanto dentro de mim a revolta por um caminho imposto e por onde seja obrigada a caminhar dia após dia, na espera dum fim que não mais chega, me possa tornar indiferente ao bem ou ao mal onde ele me leve.
    Pode surgir esse momento, mas se isso acontecer é porque eu já não terei forças para dizer: não vou por aí...!
    Neste momento e olhando o caminho percorrido até agora... fiz o que me pareceu melhor, e sei que foi entendido por quem não me quiz seguir, e que não condeno. Cada um escolhe o caminho que mais lhe agrada, e não tem direito, depois, de culpar os outros.
    Até breve
    Maria
    Erotic Spirit said...
    there aren't that many choices if you analyze things carefully... what you think is a choice is in reality just an illusion. the way almost always chooses you ...
    Parapeito said...
    :) Quase sempre me identifico um pouco com o que escreves...mas nes te caso..."porque até o caminho mais sinuoso e dificil, traz nos sempre algo de bom, algo de positivo, nem que seja o simples facto de nos ajudar a crescer"...nao o sinto tanto assim
    Infelizmente existem caminhos dificeis, sinuosos que nos levam a um beco sem saida...que nos levam ao abismo..e ai nao ha retorno..nao ha aprendizagem...não há nada...
    Eu tento sempre seguir o caminho que me leva o coração...e tenho tido sorte
    Brisas mansas para ti Art***
    Multiolhares said...
    Penso que o importante é que quando tomamos uma decisão nesse momento saibamos que está certa, se mais tarde não der certo só temos de aprender com o acontecido. por isso como dizes vamos-nos deixando levar
    beijinhos
    Maria, Simplesmente said...
    Tu nunca sonhas?...

    Diz-me só: podes aguentar viver sem um minuto de sonho, mesmo que saibas que não passa dum sonho e que o acordar será um desengano?
    Toda a vida é um desengano constante, e no entanto eu compenso com o sonho que me dá forças para poder viver.
    O sonho é sempre como uma miragem no deserto, que tanto nos pode destruir como dar coragem para mais um passo... outro e mais outro, até ao passo final, que não sabemos como e onde será.
    Mesmo os condenados à morte sonham e nós somos todos esses condenados.
    Se não sonhassemos teríamos força para viver a maior batalha que um ser humano pode travar?
    Beijos
    Maria
    uminuto said...
    tantos passos que hoje daria de forma diferente! Arrependimento ? Não! Apenas a certeza de que ao dá-los cresci e transformei-me. hoje sou outra pessoa muito à custa desses passos que dei. e o melhor é que apesar das cabeçadas gosto muito mais de mim
    um beijo
    arte por um canudo 2 said...
    O caminho certo..qual será? Nem tudo é fácil e nem tudo é dificil, as escolhas é que têm de ser as mais correctas.Mas tudo tem um sentido e só mais tarde é que podemos reconhê-lo.Boa semana.
    Branca said...
    Na impossibilidade de saber o caminho certo,sigo sempre o meu coração...


    Que vc tenha uma semana de muita paz, bjo!
    BS of Life said...
    Acredito que os caminhos em vão nos levam ao caminho certo.

Post a Comment