Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Há cidades e lugares que nos marcam, pelas mais diversas razões. Todos nós temos essa sensação em relação a este ou aquele lugar. É uma sensação comum a todos nós.

Os lugares que nos marcam chegam-nos até a causar um certo egoísmo de os querermos sentir como sendo só nossos, e que nunca mudem. Às vezes conseguimos ter essa sensação, porque a saudade encarrega-se de fazer isso por nós, mas para que isso aconteça é preciso não voltar mais a esses lugares. E nem sempre é fácil resistir a não voltar onde nos sentimos felizes, e em casa.

Esses lugares marcam-nos, porque dizem-nos sempre mais alguma coisa do que aquilo que aparentam. Esses lugares são os nossos pequenos abrigos, para onde podemos sempre fugir, e depois voltar, porque eles são nossos... estão lá... sempre...

16 Comments:

  1. T I N I N said...
    Verdade isto...
    Tem lugares que mudam, eu chego a ficar até triste, mas na lembrança o que fica é o lugar antes da mudança;
    Desejo que em 2010 conheça novos e lindos lugares, que te acolham fazendo-o sentir-se pleno, feliz, realizado.
    Beijo
    T I N I N
    Maria, Simplesmente said...
    Há realmente lugares que nos marcam, e para mim os que mais me marcaram foram os lugares da minha infância e adolescência.
    Neles encontro a maior parte da minha vida, de felicidade, ilusão, sonho, amor.
    Nos outros lugares onde tenho vivido, não encontro nada a não ser a ilusão que que alimento para poder ir até ao fim do "caminho".

    Neste teu espaço encontro dois "lugares" em que fiquei mais tempo parada, a ler e a penser.
    Prenderam-me pelo que escreveste, e onde quem não for indiferente a sentimentos ficará parado a pensar.

    "Mãe..."
    "Cem dias e cem noites"

    É muito bom o que lá está.
    Parabéns.
    Maria
    Fa menor said...
    Mas por vezes já não estão lá mais...
    já não são iguais ao que um dia foram
    .
    já só os sentimos na lembrança
    .
    e em sonhos...
    e chego a sonhar tantas vezes com os lugares onde fui tão feliz!

    bjins
    contradicoes said...
    Tens toda a razão concordo inteiramente. E espero que continues a ter uma entrada fulgurante neste novo ano. Um abraço do Rauç
    Secreta said...
    Sim, há lugares, que são nossos, só nossos! E nada nem ninguem pode mudar isso.
    Beijito.
    Maria, Simplesmente said...
    Fizeste bem em comentar sobre aquele "P" do monumento.
    De repente fui ver o que tinha escrito no título e vi que embora tenha idade para ter os pés no chão continuo a mesma despistada de sempre. Obrigada
    Maria
    BlueShell said...
    O rei vai nu! Estou em guerra!

    BlueShell
    Sandra said...
    Concordo plenamente!
    Ps: obrigado pelo teu comentário no Virar a página
    O Micróbio II said...
    Gosto de te ler mas um dia destes ainda me obrigas a usar óculos... :-)
    Je Vois la Vie en Vert said...
    Caro Art of Love,

    Fizeste-me uma grande visita ! Obrigada ! Gostei imenso de te receber tanto tempo no meu espaço !

    Eu tive que fugir do país onde nasci (Congo) com a roupa que trazia vestida e uma boneca por baixo do braço e deixei a Bélgica para viver em Portugal com 20 aninhos. Não me estou a lembrar de nenhum lugar que me deixa assim tantas saudades. É preciso dizer também que tenho falhas de memória (é a idade...) e não me lembro bem dos sítios e se passo de novo para aqueles onde já estive - e já viajei bastante -, é quase uma novidade....;D
    Adapto-me bem aos sítios onde vou (já estive no Irão e vesti-me conforme as tradições), guardo boas recordações mas não me apego ao passado. Tento ser feliz em todo o lado e acho que consigo quase sempre...

    Muitos beijinhos

    Verdinha
    Secreta said...
    Passei por cá, e deixo um beijito, de bom fim de semana.
    mjf said...
    Olá!
    Concordo!!!
    Ma também há lugares que nos marcam pela negativa:=(

    Beijocas
    C Valente said...
    Muito certo
    Saudações amigas
    Maria said...
    Volte !!!
    Devemos revisitar quem nos guarda no coração.É um lugar protegido...
    Parapeito said...
    :))Os lugares que me marcaram....tem sempre...sempre magia :)
    Um abraço**
    Oliver Pickwick said...
    Verdade incontestável! Há dias passei por uma experiência dessas. Se tivesse lido o post antes, talvez fosse possível evitá-la.
    Um abraço!

Post a Comment