Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Há um estranho que mora dentro de mim. É alguém que tem sonhos, cujos sonhos não ousa partilhar com ninguém, mesmo que esse estranho que mora dentro de mim teime e insista em sair, em correr, ou fugir.

Esse ser estranho que mora dentro de mim confunde-me os sentimentos, não me deixa em sossego, e não gosta de mentiras, por isso acaba por me obrigar sempre a desvendar um pouco de mim, através de uma atitude, ou de alguma coisa que me obriga a dizer.

Esse ser estranho que mora dentro de mim, nunca se importa com o que os outros pensam, porque nunca sente a necessidade de agradar, bajular, ou suportar os outros, por isso gosta de me levar a fazer o que lhe apetece, quer eu queira ou não.

Esse ser estranho que mora dentro de mim, normalmente tem sentimentos puros, e é capaz de dizer palavras duras e directas, porque é sempre tão forte que não tem medos, nem dores, e tem a capacidade de me chegar a assustar com tanta transparência.

Esse ser estranho que mora dentro de mim, e com quem por vezes sinto a necessidade de conversar, não é mais do que as minhas próprias inquietações, e incertezas, e obriga-me a desconhecer-me em muitas ocasiões. De quando em vez, é bom dar "asas", e deixar "voar" esse estranho que há em mim...

15 Comments:

  1. Conversa Inútil de Roderick said...
    Acho que o ser estranho que mora dentro de mim, sou eu mesmo! O pior é o ser que vive no exterior de mim! Esse, é que se porta mal!
    Maria, Simplesmente said...
    É sempre necessário o estranho que mora em nós ponha cá para fora o que sente, caso não queiramos "rebentar"!
    Mais que nunca sinto também isso, mais agora, olhando este imenso mar!...

    Podes publicar o qu quiseres... sou eu que te agradeço muito.
    Dento de dias voltarei.

    Bj
    Maria
    MARTHA THORMAN VON MADERS said...
    Todos temos! O meu briga comigo ,ele é bem mais racional que eu.[risos]
    Adorei ler ,agora me sinto mais normal.
    Uma feliz semana para você.
    beijosss
    Apareça.
    mjf said...
    Ola!
    Adorei este post...
    nem sabes com é actual...para mim:=(

    beijocas
    Secreta said...
    Há um estranho a viver em cada um de nós... e apenas é estranho , porque nós assim o desejamos. Ao tentarmos ocultar o nosso "eu" que não temos coragem de mostrar, que não queremos revelar , criamos e alimentamos um estranho que por vezes nos parece bem mais interessante do que o nosso "eu" conhecido.
    Beijito.
    Elsa said...
    ahhh afinal é um ser estranho que mora dentro de nós. :)

    dá asas a esse ser estranho e n deixes nunca de sonhar e voar...

    jokinhas
    Elsa
    A Luz A Sombra said...
    Ficamos, surpreendidos com o estranho que há em nós... por vezes tão estranho, podes crer.
    Um estranho que tão depressa nos faz sofrer com muita coisa que conhece, como logo nos diz que nada vale a pena... e nos mostra que a vida é bela e estranha! Tão estranha!
    E não és só tu que tens um estranho dentro de ti... mas há quem não tenha.
    A Luz A Sombra
    tibeu said...
    Tens um desafio no meu blog de prémios. bj vai lá
    Miriamdomar said...
    Eu acho que existe em nós, seres humanos, um lado estranho! Mas esse ,nem nós o conseguimos conhecer ou descrever!
    Esse estranho que tu falas é aquele outro lado que nós conhecemos bem mas não queremos dar a conhecer aos outros!Por receio ou porque não sentimos essa necessidade!Mas convêm que nos interroguemos !Sobre a importância que esse "estranho",pode ter nas nossas vidas!
    Bjs
    MeiaLua said...
    Olá Art! :) Pois é estou de volta :)
    Este teu texto fez-me lembrar uma história antiga:

    "Um velho Índio Cherokee iniciava seu neto aos propósitos da vida:

    "Uma luta ocorre dentro de mim", dizia ele ao menino. "É uma luta terrível entre dois lobos. Um é cheio de inveja, cólera, avareza, ciúmes, arrogância, ressentimentos, possessão, mentiras, superioridade, orgulho. O outro é bom. Ele é pacifico, feliz, sereno, humilde, generoso, verdadeiro e cheio de compaixão. Esta luta esta também dentro de você, minha criança. Está também dentro de cada pessoa".

    O menino pensa um instante e interroga o avô: "Qual dos dois lobos ganhará a luta?" O velho Índio lhe responde simplesmente: "Aquele que você alimentar"."

    ;o)
    Beijokas
    Secreta said...
    Bom fim de semana!
    Sandra said...
    Lindo, partilho contigo esse estranho que vive dentro de nós.
    Beijo
    Parapeito said...
    não é assim tão estranho...esse estranho :)
    *`
    "Um homem e uma mulher que tinham olhos e coração e fome de ternura
    e souberam entender-se sem palavras inúteis
    Apenas o silêncio A descoberta A estranheza
    de um sorriso natural e inesperado...

    excerto do poema "A invenção do amor"
    Daniel Filipe"
    :) Um fim de semana cheio...de brisas mansas****
    (Un)Hapiness said...
    oh esse estranho que mora em ti és tu!

    *
    Maria, Simplesmente said...
    Gostei do teu comentário sobre o amor, e agradeço-te.
    Quando comentei este poste estava um pouco no ar... tinha regressado de férias!...
    Eu conheço bem o ser estranho que mora dentro de mim, e não tenho muita confiança nele.
    Depende do "acordar". Por vezes tenho que fugir para o esquecer, ainda por cima é emotivo, romântico, teimoso, incoerente, e o pior de tudo é sentir-se feliz assim. Uma coisa me exige,liberdade absoluta, não gosta de se sentir preso. No entanto irrita-me que seja "responsável em demasia". Se o tentar mudar perde a personalidade, foge-me chegando a odiar-me.
    Já não vale a pena modificá-lo e portanto aceitei-o e vivo feliz com ele.
    Afinal até é bom conviver com alguém tão diferente do que queremos ser... ou do que somos.
    Já não sei...
    Bj
    Maria

Post a Comment