Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Eu acredito que não há histórias com finais escritos... talvez seja ingénuo... não sei... Acredito que depois de uma página virada vem outra em branco, onde podemos voltar a escrever amor e felicidade, porque acredito muito que o destino de cada um de nós, somos nós que o "escrevemos"... todos os dias, com as decisões que tomamos.

Nunca desistirei de continuar a "escrever" mais umas linhas nesse grande livro que é a minha vida, mas também nunca me esqueço de ir lendo as páginas que vão ficando para trás, porque só assim poderei retirar de lá os melhores ensinamentos, e os melhores momentos, para voltar a "escrever" páginas de amor e felicidade.

17 Comments:

  1. Ana said...
    Sábias palavras...sábias palavras!

    Aprender com o passado para reescrevermos uma melhor história no presente!

    Bjo
    Parapeito said...
    Tambem penso que a nossa vida é um livro , e as páginas os dias que vamos vivendo...

    Gostei de ler o teu "Escrever"
    Whispers in night said...
    Ola querido Arte!

    na verdade concordo contigo, cada pagina virada deve ser esquecida, triste viver no passado, todos os dias Deus nos da uma pagina em branco, somos nos que a pintamos com as cores que desejamos.

    Te deixo mil beijos com saudades
    Rachel
    ☆ tenshicris ☆ said...
    So falatava no fim o termo "e ponto final" comcordo plenamente contigo..
    Dizem que para tudo há um fim e eu acredito pois o ciclo de tudo e assim mesmo , mas de facto ninguem pode ditar o fim de nada podemos imaginar mas nao ker dizer k ira ser como tal... o nosso fim e escrito todos os dias com as nossas atitudes perante a vida no dia a dia...

    tds od dias fazemos um fim e todos os dias uma nova pagina.. e o teu livro esta lindo :)

    Beijinhos
    Freyja said...
    No hay fin en las historias escritas, siempre volvemos es re-escribirlas
    las paginas en blanco siempre las volveremos a escribir, ya que nuestra vida es como un libro, cada dia una pagina, muchas paginas un capitulo, muchos capitulos un libro
    es como las horas, los dias, los años, van haciendo la vida
    que estes muy bien amigo, un abrazo muy grande
    besitos


    besos y sueños
    alfabeta said...
    Gostei do que li.
    Nem mais :)))
    Secreta said...
    Escrever não é fácil , principalmente quando sabemos que iremos pagar caso a "escrita" tenha erros ...
    Beijito.
    Nogs said...
    ë bom deixarmos sempre algumas páginas em branco, para com o lápis da esperança irmos escrevendo o nosso destino.


    Beijinho
    foryou said...
    Mas porque é que esta coisa foi abaixo??? hum...

    Concordo plenamente contigo!!!

    (e sim eu sei que não esqueces amigos até porque já tive a prova disso :) além de que memórias de treta é comigo e não contigo :P
    está gente mas não em casa :D 2ª dose de férias para compensar os anos sem elas :) é que ainda quero escrever muitas páginas do livrinho :D )

    beijinhossssssssssss
    contradicoes said...
    Concordo inteiramente contigo amigo Art, embora por vezes o final de livro que acabamos por não escrever
    seja trágico.
    Um abraço do Raul
    Nogs said...
    Hello back:P


    Muah!
    MARTHA THORMAN VON MADERS said...
    o passado existe para ser visitado, não para se morar nele.
    Você, e seu texto perfeito.
    bela said...
    somos os unicos autores do nosso livro. Poderão dar algumas achegas mas somos sempre nós que decidimos o que escrever.
    Parabéns pelo texto. Muito bom e muito verdadeiro.
    Oliver Pickwick said...
    Ora, amigo Art, como você mesmo demonstrou, as histórias tem finais escritos. Por nós mesmos, é claro.
    Um abraço!
    miriamdomar said...
    Nas páginas da minha vida já escrevi de tudo , romances ,dramas, suspense, ficção cientifica , até comédias!
    Mas tem alturas que me canso de escrever , faço uma pausa , para pensar!
    Para ver , se realmente aprendi com o que já escrevi e o que posso mudar ,para melhor!
    Estas pausas têm tanto de essencias , como ás vezes, se tornam deprimentes !Estas pausas geralmente dão-se ,quando procuro uma resposta para algo!Ou quando quero virar logo uma página !
    São as páginas da vida!Umas vezes escrevo melhor, outras pior mas escrevo sempre!
    Bjs
    Filipa Epifânio said...
    Gostei desta sábia verdade e deste espaço :)
    Maria, Simplesmente said...
    Escreves bem mas digo-te que há páginas que ficam em branco.
    Há páginas onde desenhamos distraidamente e depois amarrutamos e deitamos fora. Desenhamos linhas que não interessavam sem as ver tão pouco, quando vemos o que fizemos vemos que não somos capazes de escrever mais, com o mesmo sentimento.
    Não sou ingénua... nem romântica. A vida ensinou-me e eu aprendi.
    Boa semana e obrigada o teu comentário.
    O teu blog está muito bom. Estou a gostar.
    Cuida-te
    Maria

Post a Comment