Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

As mulheres quando amam, não têm complexos em pensar que "pertencem" a alguém, enquanto que nós achamo-nos na obrigação de "pertencer" a todas as mulheres do mundo. É por isso que as mulheres quando vêem um homem de que gostam, vão simplesmente "buscá-lo", sem o mínimo respeito.

No fundo, nós existimos para que as mulheres possam medir forças entre elas. As mulheres são em boa verdade muito pouco levianas, embora gostem de brincar com as nossas expectativas e vaidades. As mulheres estão sempre prontas a considerar que são elas que se metem connosco... embora gostem de nos deixar a pensar o contrário.

19 Comments:

  1. Fragmentos Culturais said...
    Oh! Art,
    ... achei-te tão 'machista' aqui! Lamento :(
    Essa de os homens 'pertenceram a todas as mulheres do mundo...'

    E depois a vulgarização de 'atitudes' que estendes as todas as mulheres...

    Enfim, perdoa! Mas, não vou por aí...

    Amigos amigos, conceitos/sentimentos à parte!

    Sensibilizada pelo olhar, felizmente bem mais 'sensível' em 'fragmentos'!

    Beijo 'feminino', não feminista [grrr detesto essas cenas ultrapassadas]
    Mel said...
    Mulheres e homens... Incógnitas!
    Elsa said...
    :)

    será?
    contradicoes said...
    Meu caro amigo Art os mulheres quando gostam dum homem ainda que seja comprometido com outra mulher não têm a mínima relutância em tentar roubá-lo e para isso recorre a todos os seus atributos para conquistá-lo, isto porque sabem que qualquer homem mesmo que comprometido gosta de se sentir desejado.O inverso em regra não acontece porque um homem só se permite avançar se se aperceber que vai encontrar receptividade da parte da mulher de quem esteja a gostar. Caso contrário raramente arrisca. Isto é claro a minha opinião, baseada já nalguns anos de experiência. Um abraço do Raul
    zm said...
    Art meu caro, elogio a coragem por abordares este tema.

    Nada é linear nem parece o que é...

    Isto eu sei.


    Abraço
    Ana said...
    Hummmm... não cheguei bem a perceber se isto é um queixa...

    bjinhos
    Aparecida said...
    Boa noite. Nossa, esse é um tema difícil de ser comentado. Penso que já não existem tantas diferenças entre homens e mulheres no que se refere ao amor. Aqui no brasil, se um homem disser "que pertence a todas a mulheres", já fica descartado rsrsrs... Beijo e obrigado pela visita.
    M@ri@ said...
    Ola meu doce amigo
    Embora ande um pouco parada,devido á recuperação...
    Mas,os amigos nunca esqueço,estão sempre no meu coração!
    Vim desejar te um lindo fim de semana e deixo te um beijo doce.
    M@ri@
    JOTA ENE ® said...
    Nunca tu falaste tão sério e acertado :-)))
    Poesia! said...
    olá!
    sou adm. do O Fogo Anda Comigo (thefirewalkswithme.blogspot.com)
    e gostaria de ser um parceiro seu...
    abraços!
    Miguel Barroso said...
    Não concordo, mas enfim...

    Abraços do EU, SER IMPERFEITO
    aorta said...
    Já tive oportunidade de ir "buscar" alguém, sem o mínimo respeito, mas jamais o faria, assim como não o fiz. Esperei, acreditei e não foi preciso ir buscar nem desrespeitar. Ele hoje está cá.

    Um beijo

    (Desculpa a minha ausência. Estou empenhada num projecto totalmente novo para mim, o que me toma imenso tempo. Talvez leve uns meses a concluir, mas dará frutos, concerteza.)
    Entre "aspas" said...
    Bem com que então temos aqui um post virado para a pligamia lolalada,até me fizestes rir !!!

    Será meros conceitos ou pretextos?hihihi
    Resto de uma boa semana
    Bjs Zita
    Nogs said...
    ahahhahah!

    No fundo tu sabes que "As Mulheres" são muito mais do que isto.


    Beijoca
    Maria, Simplesmente said...
    Art ainda há homens que pensam assim?...
    Eu pensava que isso estava ultrapassado.
    Se todos os homens pertencem a todas as mulheres então não é como pensas.
    Se tu disseres que ninguém é de ninguém, mas os sentimentos, principalmente o amor é que prende homens e mulheres uns aos outros, embora com toda a independência, porque em sentimentos ninguém pode ser oprimido, isso é outra coisa.
    Em tempos muito recuados, é que o homem tinha todos os direitos, porque era homem, sociedades que mudaram, felizmente.
    Hoje homem e mulher têm a mesma responsabilidade e os que não a sentem... tenho pena deles.
    Maria
    Irene said...
    É um ponto de vista aceitável, porque não? A psicologia feminina é diferente da masculina e homem e mulher nunca agirão nem pensarão da mesma forma, o que aliás, é muito salutar no (por vezes, difícil) convívio ente ambos os sexos. Aceitar as diferenças é meio caminho andado para que haja entendimento e harmonia. A ideia que temos que ser «iguais» é absurda e obsoleta. Já passou o tempo dos complexos de inferioridade ou de superioridade. Cada um, homem ou mulher, é um mundo em si, e cabe ao outro explorá-lo, entendê-lo e aceitá-lo ou não.
    Esta tua perspectiva, aliás, é comum nalguns homens que não têm problemas em aceitar as coisas assim. Tomar consciência que a mulher age de determinada forma e o homem de outra, e aceitar isso sem qualquer complexo, ajuda a encontrar o equilíbrio e a desenvolver laços mais fortes.
    É evidente que o jogo de sedução se alterou com a «emancipação»(?) da mulher e as regras, que estavam bem definidas num contexto social em que «tudo (parecia que) estava no lugar certo», deixaram de ser rígidas e, a meu ver, perdeu-se a magia, o mistério e a arte de cortejar. O óbvio e a evidência da atitude feminina deixa alguns homens confusos que, por vezes, ficam relutantes na aproximação, pois nunca sabem o que podem esperar. A mulher aposta fortemente nesse jogo, mas, no fundo, acaba quase sempre a perder.
    Todos sabemos que o ser humano é vazio sem amor. Há que assumir o sentimento quando ele surge, independentemente das consequências e riscos que se correm.
    Já me alonguei demais...
    Bom fim-se-semana.
    Alien David Sousa said...
    Meu querido Art, o meu comentário a este texto resume-se a um beijo! lol
    Parapeito said...
    ...sério? as coisas que eu nao sabia!!
    Obrigada :)
    Nogs said...
    Uma nota a mais, Art,

    Não concordo com esta parte:
    "É por isso que as mulheres quando vêem um homem de que gostam, vão simplesmente "buscá-lo", sem o mínimo respeito."

    Pois aquilo que apenas fazemos é lutar pelo que queremos. Podemos sempre receber um não, mas se recebermos um sim é porque essa pessoa (disponível ou não) se demostra disponível para nos receber.

    Não será?

    Beijo.

    Boas férias também para ti

Post a Comment