Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Quando se dá tudo fica-se sem nada, e o pior é que uma pessoa habitua-se a ser assim, idiota e estúpida, até ao dia em que lhe cai o mundo em cima, e percebe que perdeu tudo.

17 Comments:

  1. Um Momento said...
    Não...
    Jamais se perde algo quando tudo se dá...
    A tristeza pode apoderar-se de nós... as lágrimas podem teimar em sair...mas ganhamos sempre...jamais ficamos sem nada...
    O sentir , a sensação que demos o que era tão nosso,na simplicidade da acção, da partilha...do bem querer... que tudo fizemos...e depois... o depois...
    Ficar sem nada?... Não...
    Ficamos com a certeza que somos idiotas, burros, mas que voltariamos a fazer o mesmo...
    Está em nós ser assim... por muito que queiramos mudar... não conseguimos...
    Um beijo abraçado a tudo...a um belo ser...Tu!

    (*)
    Secreta said...
    Também eu conheço essa sensação ...
    Beijito.
    Joana Dalila Santos said...
    Nunca é tarde para recomeçar*
    (Un)Hapiness said...
    dar n é perder...apenas aprendemos a quantidade certa em dar :)

    kiss ***
    stiletto said...
    Quando se dá tudo fica-se mais rico, mesmo que seja só em experiência. Ganha-se sempre qualquer coisa quando nos damos. Continua a arriscar e não deixes de dar aos outros
    osátiro said...
    Depende de a quem se dá...
    Lyra said...
    A amizade não se busca, não se sonha, não se deseja; ela exerce-se (é uma virtude) que tu pareces ter, por isso dúvido que tenhas ficado sem nada!

    Pena é haver tanta gente "desvirtuada".

    Beijinhso e até breve.

    ;O)
    Hannah said...
    Quando se dá tudo, dá-se porque assim achamos melhor. Nunca se perde algo quando damos alguma coisa. Podemos pensar que sim, quando estamos tristes, magoados. Não é fácil. É difícil aprendermos as darmos as coisas sem esperarmos o mesmo em troca. É difícil, quando temos feridas abertas, compreendermos que demos mas também ganhámos qualquer coisa... e que a melhor escolha é darmos do que nunca darmos nada a ninguém. Beijinhos
    Nandinha... said...
    Ai que sensação ruim...

    Não quero ser vazia nunca...
    cõllyrby said...
    Como sei bem o que isso é,mas se decobre que afinal nada se perdeu, muito se ganha na descoberta da grandeza de nossa Alma...

    Que a noite seja serena e terna

    Doce meu beijo
    Nogs said...
    Mesmo que te pareça que perdeste tudo, nunca te esqueças que isso poderá ser nada.

    Beijo
    Erotic Spirit said...
    there are days like that, when we gave ourselves away and maybe we should have retained a bit of ourselves but don't worry next day we are filled up again
    :)

    big kiss
    luadoceu said...
    idiota e estupida quando se da tudo e depois cai lhe o mundo em cima e se da conta que perdeu
    acho que foi mais ou menos assim que disseste

    e eu digo te: e quando nao se da nada, nao se da conta de sua frieza de sentimentos, o que acontece a esta pessoa e a quem recebe

    o amor e amizade e a dois, quando um da mais e outro da menos nao ha equilibrio,mas quem da mais nunca se deve arrepender,mas sim quem da menos....deve haver equilibrio
    desculpa qq coisa mas penso assim

    boa semana
    Oliver Pickwick said...
    Como diz os mafiosos da Cosa Nostra, "é tudo fifth-fifth", no sentido de "metade-metade". Concordo com isso, do contrário, estou fora.
    Um abraço!
    cacau said...
    damos sempre o melhor de nós àqueles que realmente nos são importantes, com a esperança que eles nos retribuam na mesma moeda... às vezes o melhor deles é diferente do nosso melhor, e ainda assim não significa que eles não tenham dado o mehor que conseguiram ou puderam... se calhar somos nós que pomos a fasquia demasiado elevada...
    mas nunca desistas de dar o melhor de ti... diz lá: não é isso que te faz um pouco mais feliz? kiss
    Alien David Sousa said...
    Será que damos mesmo tudo? Muitas vezes dei tudo de mim a determinada pessoa para depois ficar na merda por esta me ter desiludido. Mas quando penso nisto, chego a esta conclusão: eu não dei tudo. Porque se tivesse dado tudo, não teria mais nada para dar a outras pessoas. Isto pode parecer filosófico mas não o é, o que dei foi parte de mim, uma parte aquela pessoa, porque a outra parte, muitas outras partes estavam guardadas para ourtras pessoas. O facto é que no momento da dor não nos apercebemos disto.

    Beijinhos
    Maria, Simplesmente said...
    Quando se dá tudo e já não se tem mais nada, podes crer que ficamos mais "ricos".
    A experiência com que ficamos vale todo o ouro do mundo.
    Quando falo em "ouro"... falo naquilo que considero "ouro"... uma experiência que vale mais do que esse desejado metal.
    Normalmente essa experiência dá-nos uma forma de ver tudo de uma maneira diferente, já sem o entusiasmo com que fomos tão perdulários, abdicando de tudo a que tinhamos direito em favor do que nos vendou os olhos, por vezes durante quase uma vida.
    É por isso que um dia dizemos "gostava de ter vinte anos... sabendo o que sei hoje"
    Por vezes, a maior parte das vezes ,ficamos cheios de experiência, mas as mãos... o coração... a vida vazia... e sem vontade de recomeçar de novo porque perdemos a confiança nos outros e já não nos apetece arriscar.
    E a razão é porque ficamos mais ricos... ricos de experiência.
    Boa Páscoa
    Maria

Post a Comment