Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Cera...

Todos nós conhecemos pessoas que parecem estar sempre a representar um papel, e não a viverem as suas verdades, os seus valores, e os seus princípios. A mim parece-me que quem é assim, é porque é uma pessoa insegura, com baixa auto-estima, falsa, e hipócrita. Pode-se até dizer, que é cobardia, sei lá...

Essas pessoas, que agem assim constantemente, normalmente perdem a credibilidade, mas mesmo assim nunca desistem de agir dessa forma. Diria ainda que as pessoas que actuam sempre dessa forma estão a enganar-se em primeiro lugar a si próprios. Por isso, o melhor mesmo é deixar a cera de lado...

15 Comments:

  1. Jacinta Correia said...
    Até porque a cera tem uma particularidade: derrete e, depois, é nada... Bj
    Rhiannon said...
    Conhecemos, sim! A cobardia de se deixarem ver num olhar directo.
    Mo said...
    tb conheço, aposto na baixa auto-estima :P
    (Un)Hapiness said...
    a cera realmente derrete.
    a vida afinal não é efémera.

    mas,
    quando as pessoas se mascaram, qdo as pessoas optam por esconder certos choros, certos medos, certas vidas, isso é ser-se cobarde?

    sei o que é mentira. sei o que é fazer de conta que se é o que [nem sempre] se é.

    Nem sempre é por mal, nem sempre é para mentir, é antes par esconder, pra esconder a vergonha do que se é.
    Carla said...
    sabes o que é que eu acho. mais dia menos dia a cera derrete e a verdade surge...
    bom fim de semana
    casualeblog said...
    Deve ser pela necessidade de se fazer aceito...

    Beijos, Art.
    Mel
    C Valente said...
    obrigado pela visita, eu gostei de aqui passar e voltar
    Saudações amigas
    Miosotis said...
    Querido 'Art'... pareceu-me uma postagem demasiado 'forte'!

    Cada um vive como sabe, pode ou enfrenta a vida! Mas não podemos 'julgá-los' pelas opções que façam... até porque regra geral, essas pessoas já vivem infelizes por tão poder/saber avançar...

    Lindo fim-de-semana!

    Um beijo afectuoso

    ... lamento andar 'afastada'! Afazeres, cansaços, 'ausências' [de mim...]

    senti tua falta...
    Um Momento said...
    Mas não haja a menor dúvida que essas pessoas apenas e só se enganam a elas pois no dia em que pensarem em ser "Elas" mesmo já estão tão habituadas á imagem que criaram que acabarão por ficar "sós" e apenas... na mentira criada.

    ps:desta (corrente)escapas-te mas espera pela demora;)

    Deixo um beijo verdadeiro,sem cera:)))

    (*)
    Incongruente said...
    É mais fácil o marasmo dum rebanho que as questões de um pensamento!
    MalucaResponsavel said...
    texto mt serio, este... mas um bom tema. ha pessoas q nao vivem, veem a vida passar... é pena. bj
    Oliver Pickwick said...
    Mesmo sendo de cera, estas pessoas acreditam que são reais. Há mentirosos que não sentem-se mentirosos, eles acreditam nas suas "verdades".
    Abraços!
    Alien David Sousa said...
    Art, todos nós de certa forma representamos um papel. Não somos sempre os mesmos, mas eu entendo o que queres dizer com este teu texto. Existem pessoas que são "anormalidades", que passam a vida a parecer em vez de ser e eu pessoalmente gosto bastante daquelas que SÃO!

    Beijinhos
    Erotic Spirit said...
    I'm not that cruel, I myself do my little representation... not everyone cares to know who the hell I am nor I care to show myself to everyone... people my dear are animals that I barely understand. My feelings are my own, my trust is exclusive to very few and mostly I'm what I need to and can be for the situation. When people represent is because they don't trust nor care, but again it is not personal it is just survival
    :)
    Maria, Simplesmente said...
    Não gosto de cera é escorregadia.
    Sempre gostei de ser quem sou, tal como sou, não tenho desejo de representar. Gosto de olhar o outro nos olhos.
    Bj
    Maria

Post a Comment