Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Como é que se esquece alguém que se ama?
Como é que se esquece alguém que nos faz falta, e que nos custa mais lembrar que viver?

É preciso aguentar... é preciso aceitar-se que se está doente. É preciso paciência.
O pior é que é difícil aguentar a dor... aguentar estar triste... aguentar estar sozinho. Procuram-se escapes e alternativas, mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguém antes de terminar de lembrá-lo. A saudade é uma dor que só pode passar depois de devidamente doída. É uma dor que é preciso primeiro aceitar. Para esquecer é preciso deixar o coração ir de lembrança em lembrança, na esperança que ele se canse.

As pessoas nunca deveriam morrer, nem deixarem de se amar, nem separarem-se, nem esquecerem-se... mas morrem, deixam de se amar, separam-se e esquecem-se.
Mas o mais difícil de aceitar é que há lembranças e amores que necessitam do afastamento.

Mas como esquecer? Como deixar acabar a dor?
É preciso paciência, é preciso sofrer, é preciso aguentar. Sofrer é respeitar o tamanho que teve o amor.
E quando alguém está sempre presente? Quando é tarde?
Quando já não se aguenta mais? Quando já é tarde para voltar atrás?
Percebe-se que há esquecimentos tão caros que nunca se podem pagar.
Como é que se pode esquecer o que só se consegue lembrar?
Aí está o sofrimento maior de todos!!!
Não há hipótese... uma saudade cuida-se...

12 Comments:

  1. Secreta said...
    Não se esquece alguém que se ama ...
    Aprende-se a viver com a ausência .
    Beijito.
    Atlantys said...
    O título do ppost diz tudo Art... AGUENTA!!! Aguentar a dor, aguentar a saudade, aguentar tudo até não poder mais... Talvez nessa altura se consiga esquecer...
    Beijokas de quem anda a por aí a aguentar ;-)***
    Ruela said...
    vive-se...
    I&U said...
    Não se esquece-se, por mais que digam não se esquece, nem que tenha corrido mal não se esquece, as pessoas que esquecem é porque não gostaram o suficiente é a minha ideia, posso estar errado.
    Por isso mesmo, vive-se
    Dany said...
    Adorei o texto.
    bjus
    Aorta said...
    Para se superar a dor tem que se sofrer. Faz parte do processo.
    No fim, não se esqueceu ninguém, apenas se aprendeu a conviver com a ausênsia e a dor ficou mais aliviada.
    verena sanchez doering said...
    Querido Art
    Cuando se es olvidado por la persona que se ama, es el dolor más grande que se vive
    La ausencia están difícil vivirla y sentirla
    Se enferma el alma y duele
    Y la pena se instala en nuestra vida
    Es un proceso doloroso de vivir, el desamor
    La vida se llena de recuerdos que están a cada instante y momento
    Pero se vive el desamor como un luto, con mil sentimientos y cada día se vive hasta sin horizonte
    Pero a medida que pasan los días, se acepta la separación
    Cuando se olvida?, solo e tiempo ayuda a vivir el proceso del olvido, la verdad que cuando es un gran amor no se olvida nunca, hay personas que quedan instaladas hasta debajo de la piel
    El tiempo ayuda, y solo se dejan los mejores recuerdos, los que se vivieron he hicieron feliz
    Es lo mejor, para que duela menos, pero el sufrimiento es grande y la razón no acepta que los recuerdos quedaran siempre
    Dan ganas de parar el tiempo, sabiendo que ya es tarde para volver al pasado
    Pero el tiempo no se puede parar, solo queda aceptar que la vida sigue y que el proceso del olvido que tanto dolor causa, solo el tiempo será el único que ayudara
    Pero vivir el sedamor es uno de los dolores más grandes que se viven
    Solo seguir viviendo y ser fuertes
    Todos alguna vez hemos sentido y vivido el abandono del ser que amamos
    Y Dios que se sufre
    Y aquí no hay consejos, cada uno vive su luto de una manera diferente
    Algunos se cobijan en amigos, en la familia y otros lo superan solos
    El amor siendo tan hermoso, hace sufrir mucho
    Pero nunca se pierden las esperanzas de volver a amar aun nuevo amor, porque vivimos de amor
    Me gusto mucho esta reflexión, cuando se pierde lo que tanto se ama
    Pero sobrevivimos siempre
    Muchas gracias por tus saludos y compañía en fragmentos
    Mil besitos y muchos cariños amigo, que estés muy bien


    Besos y sueños
    verena sanchez doering said...
    Querido Art
    En relación al mismo tema, quedan siempre ilusiones y sueños que siempre nos ayudan a salir adelante
    Gracias por tus saludos donde le robo pedazos a la vida
    Esta enfermedad del alma (depresión), me hace aferrarme a la vida aunque hay muchos días que el dolor de vivir se hace fuerte y así como hay días que se llenan de sol
    Pero me siento una mujer fuerte que logra siempre abrazarse a la vida y busca más vida
    Mil besitos y que estés muy bien amigo
    Gracias por tu compañía


    Besos y sueños
    Mel said...
    O tempo ajuda muito nessas situações. Mas ele sozinho não dá conta, vc tem que fazer a sua parte e evitar pensamentos nessa pessoa ocupando-se e vivendo novas experiências.
    Beijo, Art. Fique bem.
    marcox said...
    é capaz
    Beijinha said...
    "Sofrer e respeitar o tamanho que o amor teve." ... concordo... amei as tuas palavras..!
    Beijinha said...
    e concordo com a 'secreta'...
    "Não se esquece alguém que se ama ...
    Aprende-se a viver com a ausência ."

Post a Comment