Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |


Óbidos é lindíssima, e o ambiente que a rodeia é deslumbrante. Cercada por uma muralha espectacular permite-nos passear, e desfrutar da pousada que é divinal. Cada cantinho parece ter sido tirado de um quadro qualquer. Vale a pena passar lá um fim-de-semana romântico.

Os seus restaurantes e demais lugares, como bares e casas típicas são um sítio óptimo para descansar, e para fugir ao stress citadino. Neste sentido, digo-vos que nem que seja por uma vez na vida vale a pena ir a Óbidos e apreciar o encanto deste lugar único.

Quando posso lá vou eu dar uma escapadela até este lindo lugar, porque pensar num fim-de-semana de pura descontracção e tranquilidade, é uma ideia inevitável... e possível de ser concretizada... é um sonho tornado realidade... para uma sempre necessária revitalização, rodeado de aromas e sabores especiais, entre uma Ginjinha e um Toupeiro, ao som de "Sometimes You Can't Make It On Your Own"...


Tough, you think you've got the stuff
You're telling me and anyone
You're hard enough

You don't have to put up a fight
You don't have to always be right
Let me take some of the punches
For you tonight

Listen to me now
I need to let you know
You don't have to go it alone

And it's you when I look in the mirror
And it's you when I don't pick up the phone
Sometimes you can't make it on your own

We fight all the time
You and I... that's alright
We're the same soul
I don't need... I don't need to hear you say
That if we weren't so alike
You'd like me a whole lot more

I know that we don't talk
I'm sick of it all
Can you hear me when I sing
You're the reason I sing
You're the reason why the opera is in me...

Where are we now?
I've got to let you know
A house still doesn't make a home
Don't leave me here alone...

fotografias: Å®t Øf £övë
música: "Sometimes You Can't Make It On Your Own"

2 Comments:

  1. Dä®k Añgë£ said...
    Art,
    Óbidos é muito agradável, e quem lá vai não deixa de voltar... e porque não, ficar uns dias para descansar. Dentro das muralhas, andamos aos altos e baixos pelas imensas ruelas e ruazinhas, passamos por vários bares, e podemos e devemos beber a Ginjinha.
    A pousada é lindíssima, com óptimo aspecto mas também bastante cara.
    É muito agradável passear em Óbidos. Apanhar ar fresco, passear pelas muralhas do Castelo, entrar nas tasquinhas... e tirar bonitas fotografias.
    No regresso... e com uma bela música de fundo no leitor de CD's do carro, deleitarmo-nos a recordar os pormenores que mais nos agradaram... ao som de "Sometimes You Can't Make It On Your Own"...
    Beijinhos.
    Visible Silence said...
    Óbidos...
    As recordações soltaram-se ao ler este teu texto...
    As ruas sinuosas... as casinhas nelas quase dependuradas... o Toupeiro, bebido á luz ténue de uma vela... a Ginja servida nos copos de chocolate e baunilha... as tipicas lojinhas de recordações... o castelo...
    Estive lá em Março de 2006... Adorei Óbidos e tudo o que lá vivi... aconselho para uma escapadinha a meio do ano...em companhia de um grande amor...

    Fico contente por saber que também tens boas recordações de Óbidos...
    :)
    Beijos

Post a Comment