Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

É altura de acalmar o pânico das pessoas que estão preocupadas com os downloads que fazem no computador. Quem faz downloads da Internet (música, filmes, fotografias) é apelidado de "pirata informático". Mas há uma grande diferença entre fazer downloads e desfrutar desses mesmos downloads no conforto da nossa casa, e de fazer downloads de filmes e músicas e ir vender para a feira, ou qualquer outro local.

Quem lucra com estes negócios de downloads para vender posteriormente, é que deve ser apelidado de "pirata informático". Ou será que quando se gravava as telenovelas e filmes da televisão em cassetes, também se era chamado de "pirata da televisão"? É exactamente a mesma coisa. Em vez de se copiar da televisão, copia-se da Internet.

Em Portugal só há uma maneira de obrigar as pessoas a pagar multas ou indemnizações: o tribunal! Mas como o nosso computador é tão confidencial como a nossa conta bancária... Não há processo em tribunal, e sem processo em tribunal, ninguém nos pode pedir indemnizações, ou ter acesso ao nosso computador, ou "consultar" que downloads fazemos.

Neste momento, em Portugal não há nenhuma lei relativamente à pirataria informática. Da mesma maneira que não há qualquer precedente de tal situação. Todos aqueles anúncios que vemos no cinema, nunca deram em nada, nem nunca ninguém foi preso. São apenas campanhas!

Neste país nem uma pessoa que viola crianças vai presa, quanto mais nós que apenas fazemos uns downloads. Tirar músicas da Internet dá multa até 5000 euros!!! E andar a 120km/h dentro de uma localidade dá 500 euros. Passar um sinal vermelho menos que isso. Desencadear um acidente porque se bebeu demais fica-se sem carta. Acham justo? Tirar músicas da Internet é que é mau para a sociedade, e os perigosos somos nós, não?

Quem acham que perde com isto tudo? O terror instala-se, as pessoas começam a parar de fazer downloads, e a Internet em casa passa a ser usada para ver páginas e ler e-mails. Quem precisa de grandes velocidade para isso? Ninguém... assim começamos a cancelar a Internet, ou a passar para uma mais barata. E quem sofre? O fornecedor de Internet.

Há vários cantores e grupos de música nacionais que culpam a "pirataria" das baixas vendas que os seus álbuns têm no mercado. Por favor... metam a mão na consciência... quem é a pessoa com alguma inteligência que se vai meter a fazer downloads de músicas da Ágata? ou da Rosita? ou do Agrupamento Musical Diapasão? ou pior, do Iran Costa?

Ora vejamos:

Fim da Pirataria -> Menos Utilizadores da Internet -> Choque Tecnológico por água abaixo -> Portugal país cada vez mais atrasado a nível europeu

Fim da Pirataria -> Menos Utilizadores da Internet -> Menos lucros dos ISP's
-> PT apresenta prejuízo -> Portugal país cada vez mais atrasado a nível europeu

Fim da Pirataria -> Aumento dos Processos que se acumulam nos tribunais -> Justiça mais lenta -> Portugal país cada vez mais atrasado a nível europeu

Ok, concordo que os direitos de autor têm que ser protegidos. Mas não concordo que um simples CD de música cujo custo de fabrico ronda 1€, seja vendido por 15/20€, em que apenas cerca de 2€ vão para os artistas. E ainda têm a lata de chamar piratas a nós?

Não se deixem vencer pelo medo, nem pelas ameaças. Levem a vossa vida atrás do computador calmamente, não se castiguem por algo que não estão a fazer, e acima de tudo, não deixem que pensem que somos uma cambada de saloios e que nos podem meter medo!

2 Comments:

  1. Dä®k Añgë£ said...
    Art,
    Toda esta polémica é o que eu chamo uma... não polémica. Como tu referes na tua reflexão, já há muito tempo que se copia cassetes e na altura não éramos considerados piratas. Lembro-me que há uns anos nas revistas da especialidade (TVGuia, TV7 dias, etc), vinha nas páginas centrais as capas dos filmes que iam passar e ainda tinham código de barras para programar os aparelhos de VCR para começar e terminar a gravação do que pretendíamos.
    Não me recordo de ninguém se insurgir contra nenhuma destas revistas acusando-as de favorecer a pirataria.
    O que me impede de gravar um filme que passa na TV e colocar num qualquer sistema de P2P para que amigos meus o possam ver também?
    Quando se vai ao cinema, vê-se sempre esse anúncio de que falas, a dizer que se fizer download de um filme posso ser punida até 3 anos de cadeia!!! 3 anos de cadeia porquê? Eu não sou responsável por esse filme andar por ai. Estava na NET e saquei a pensar que era o trailer e depois?
    Claro que deve haver regras, têm é que ser justas.
    Beijinhos.
    Tazaroteno said...
    Ei, quem não é pirata?
    Todos somos ums mais outros menos mas somos todos, lol

Post a Comment