Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Quase nunca te digo o que sinto por ti, porque te conheço bem. Se te disser que gosto muito de ti, vais pensar que te amo para sempre. Se te confessar que tenho saudades tuas, e penso em ti quase todos os dias, vais pensar que ainda estou apaixonado por ti. Se te contar que à noite sonho com o teu corpo e sinto o cheiro do teu perfume, vais acreditar que és a mulher da minha vida, e que um dia destes te bato à porta.

É verdade que gosto muito de ti, que tenho saudades tuas, que penso em ti quase todos os dias, e que à noite desejo o teu corpo. É verdade que já pensei que te amava, já me senti apaixonado por ti, mas não sei se te amo, nem tenho a convicção que sejas a mulher da minha vida, porque não vivi o suficiente contigo.

Tu és uma espécie de sonho, tens um corpo magro e certo, um cabelo que canta quando ondula, e o olhar mais perdido que já vi, como se todo o mundo que te rodeia não chegasse para te proteger. Não és só bonita, és elegante... não és só inteligente, és clarividente, e sabes ler-me como ninguém... não és só querida, és talvez a pessoa mais dedicada que conheci.

E por seres assim é que tenho tanto medo de ti. Tenho medo de não ser como tu, e de não te dar o que mereces... tenho medo de te desiludir, e de te enganar com as minhas dúvidas e defeitos...

Mas eu gosto de ti... gosto de ti mais do que tu pensas, e de formas que nem imaginas... gosto de pensar que podia viver a teu lado sem nunca me aborrecer, e que juntos, seríamos invencíveis... gosto de te imaginar sentada a ler, em silêncio... gosto de pensar que os anos te vão fazer ainda mais serena... gosto de pensar que de uma forma qualquer, vais fazer sempre parte da minha vida, porque podias ser minha irmã, ou a minha melhor amiga de uma infância imaginada por nós. Mas não sei se isto é amor, e só eu é que posso descobrir o meu caminho.

Pode ser que um dia volte, nem que seja para te dizer que não fico. Ou pode ser que um dia fique, sem saber que já voltei, sem perceber que descobri o meu lugar. Ou pode ser que o meu lugar seja aqui, no mundo que construí à medida dos meus medos, e do qual não sei se quero, ou se posso sair.

Mas por favor, nunca deixes de acreditar que podes realizar tudo o que desejas, nunca percas esse olhar de criança, nunca desistas de ser assim... porque preciso de me guiar por essa força e essa luz que há tanto tempo me protege no escuro, e me vai matando, mesmo sem saber, todos os fantasmas que ainda me prendem.

Cada dia é só mais um dia...
Amanhã é outro dia e quando lá chegarmos logo se vê...

39 Comments:

  1. Freyja said...
    que bello lugar
    me encanto, tienes un hermoso espacio aqui
    te dejo un abrazo y felicitaciones por lo lindo
    que mañana tenga un lindo dia

    besos y sueños
    Shiazinha Star Eyes :) said...
    Olá Art:

    Adorei mais um dos teus "Verdadeiros Hinos ao Amor". Não sei onde vais buscar a tua inspiração, mas consegues transportar-nos sempre para o "Patamar do Amor Urgente", aquele em que os intervenientes vivem Paixões desmedidas e cheias de dúvidas, mas em que o Amor de uma maneira ou de outra, triunfa sempre, nesta Roda Louca que é a Vida. Essa Mulher que dizes Amar é uma Mulher com qualidades inequiparáveis, pelo que li.

    Mas sabes, Art dou-te um conselho: "Não fiques com dúvidas se a amas ou não!.." Tira-as...
    O Amor só pode ser bem vivido com certezas, pois no Amor e na Amizade, as incertezas conduzem-nos para caminhos tenebrosos: desde os mal entendidos, passando pelas mentiras até que sem nos apercebermos bem porquê, nos "abafam" o pensar,o respirar, o sentir, e não nos deixam Amar.

    Ama com a certeza que podes voltar a Re-Amar para sempre essa Mulher. Ama-a, pois só ela te faz... reaprender com os teus erros, reescrever todos os teus pensamentos, reviver todos os Momentos Mágicos que pautaram o Vosso Amor.

    Boa Semana,amigo.
    E quem sabe, estes conselhos te possam orientar... ;)*. Fica bem!
    Afrodite said...
    que belíssimo regresso!
    Fiquei encantada ... comovida.
    um beijo
    Maria Carvalho said...
    Ultimamente, o essencial desta carta de amor, é dito com frequência. Quando se sente assim, mesmo que cada dia seja um dia, não vale a pena. Beijos.
    TMara said...
    k belo, encantador e... lúcido texto.
    Bom dia. Bjs e;)
    Ana said...
    Bonito. Ela e tudo. Ela tem tudo. O resto... só o tempo é "Dono e Senhor"!!!... Felicidades! A.
    Delírio da Loirinha said...
    Querido Art!
    Uma declaração de amor não poderia ser mais bonita!
    :)
    Beijinhos doces
    Dulcineia said...
    Art.Já não tenho palavras para enaltecer essa tua forma de escrever o Amor.Aceita o meu beijo.
    The Colibri said...
    Art
    As tuas palavras são quase como a história que vivo, eu definitivamente releio-me em ti...
    The Colibri
    IsaMar said...
    belo texto. U verdadeiro hino ao amor.
    IsaMar said...
    esqueci-me de dizer-te. Como por vezes me visitas, eu mudei ligeiramente o endereço do meu blog. Desculpa o incómodo, mas teve de ser.
    Adryka said...
    Meu querido amigo, este post é fantástico, embora com muita renitencia em acreditar no amor, mas a verdade é que ele a ama quer apenas mais um tempo para ter a certeza embora odar um tempo por vezes, aparece outra pessoa, e um grande amor deixa de ser vivido por causa do um tempo. Beijinhos amigo
    Miguel said...
    Viver minuto a minuto ...
    Dia após Dia!

    Sempre com boa disposição e se possivel sempre enamorado!

    Bjks da Matilde
    ♥≈Nღdir≈♥ said...
    Ah o amor inventado!
    Ah o Amor imaginado!
    O amor em que acreditamos,é o amor que vivemos no nosso mundo, quase sempre perfeito, sem nos atrevermos a passar-lo para a realidade, pelos medos que a vida nos criou...

    Esta também é uma forma de amar... mas também uma forma de sofrer, por não nos atrevermos a viver...

    Leio as palavras na tela, que dançam perante os meus olhos...

    Será possivel um amor assim?, será possivel um homem olhar para uma mulher desta forma...
    Não sei...ou melhor sei...não acredito...
    É apenas um sonho bonito...

    Bjx
    A .Carlos said...
    Olá Art,
    Lindissimo Hino ao Amor,
    Que essa Força e essa Luz, que te ilumina no escuro,
    Te possa também ,iluminar na claridade.
    Fiquei maravilhado.
    :)
    Abraçoss
    ≺ A New Day ≻
    Morgana said...
    Enterneço-me com a sensibilidade com que falas de um momento tão delicado.. beijo
    Neith said...
    O importante é viver cada momento e aproveitar o que de bom tem para nos dar...quanto às dúvidas, só o tempo as poderá dissipar. Adorei este teu texto, sincero e muito profundo. Beijinhos :))
    Nefertiti said...
    Art,
    Pretender saber se o que acabo de ler é realidade ou ficção, não é meramente essencial ou relevante mas, a força das palavras, o sentimento forte que nelas se manifesta faz-me crer que este seja um pedaço de ti.
    Supondo que seja e estou convicta que sim, vejo-me incapaz de qualquer comentário.
    Não consigo proferir uma única palavra perante a confissão de um coração que se abriu ao mundo e se mostrou…
    O que te posso, apenas, dizer é que se privasse contigo um relacionamento mais próximo, que não este neste mundo, tudo faria para te encorajar a agarrar esse amor com todas as tuas forças, redobra-las com o inimaginável… ajudar-te-ia, se possível fosse, a despir-te dessas dúvidas, incertezas e medos, e empurrar-te-ia literalmente na direcção desse Amor… dessa Mulher…!
    O que aqui o teu coração escreveu, não me deixa qualquer dúvida…
    … e mais não ouso dizer…
    Com toda a certeza entendeste a minha mensagem nas minhas poucas e simples palavras!

    Deixa-me fazer uma pequena observação que quero que tenhas em conta:
    Amor e Mulher estão escritos com “A” e “M” maiúsculos propositadamente!

    Sente o meu carinho e a minha grande admiração pelo bonito ser humano que és!

    Um beijo.
    zita said...
    Art:
    permite-me dizer algumas palavras, sem qualquer intenção, sou uma mera espectadora, não conheço nenhuma das partes...
    será que quando temos toda essa apreciação pelo outro, mas as duvidas são o suficiente para irmos embora, não será um acto egoista ainda mexermos no sentimento do outro mesmo para o acariciar com palavras?
    Pensa que poderá doer mais que a partida.
    marco said...
    bonito este texto
    Angelica said...
    nem sei explicar o que senti a ler este texto! bolas.... maravilhoso, triste mas sincero e demasiado verdadeiro para mim....
    imensa said...
    "as coisas que nunca te disse", porque achamos sempre que dizemos tudo.
    beijo imenso
    imensa said...
    "Penso-te sempre em silêncio. Nunca consigo dizer… nada.
    Sei que as palavras não saem e fica tudo por dizer em cada despedida.
    Sinto então que não há despedidas porque trago sempre a esperança de um dia dizer… amo-te.
    Continuaria infinitamente a escrever-te neste insignificante papel porque é nesta altura em que consigo perceber como me amas."
    beijo
    Porquê? said...
    Querido Art,
    Que lindo texto! fico sempre deliciada com a tua escrita! concerteza que eu não sou a única a encontrar semelhanças com outras situações, muita gente se identificará também com o teu estado de espírito.
    Parece-me que estás um pouco baralhado. Como é possível não teres a certeza se ela é a mulher da tua vida se precisas de te guiar por essa força e essa luz que te protege??? A isso não se chamará amor????
    Espero que te encontres o mais rapidamente possível, pois viver assim deve fazer muito mal!
    Boa sorte para a viagem que tens que fazer dentro de ti mesmo!
    Beijinhos
    singularidade said...
    Belissimo Hino ao Amor como já foi referido aqui. Ama com essa mesma intensidade que nos transmites.

    Beijinhos muitos para ti
    Magia said...
    O Amor pode tomar várias formas...por aquilo que li, o diagonóstico é esse mesmo: AMOR.
    Mas tens razão quando dizes que cada dia deve ser vivido de cada vez...Encantamentos mil
    vab said...
    Acho que nunca se deve ter medo dos defeitos que possamos ter, só porque a outra pessoa é perfeita!
    Os fantasmas devem ser deixados para trás, os medos e as dúvidas devem ser esclarecidos.. Tudo em pratos limpos! e depois é seguir, mesmo cheio de defeitos :P
    Saudades que tinha de te ler :)
    el guardiam said...
    olá adorei o blog.
    O Micróbio said...
    Estas são palavras bem iluminadas... Bom fim de semana!
    alyia said...
    mas se isso não é amor... então o que é?... para variar é lindo este texto e muito mais bonito do que queres fazer parecer.
    Um bom dia de hoje e amanhã :)
    meialua said...
    O medo desaparece com o amor, mas o amor mete medo...

    Beijos e bom fim de semana*
    ¦☆¦Jøhη¦☆¦ said...
    Olá Art.

    Esse sentimento de acreditar que não somos suficientemente bons para a pessoa amada, não é estranho para mim. Quero até crer que todos os que amam ou amaram já sentiram isso... ali está a pessoa dos nossos sonhos... perfeita, divina, sem mácula a nossos olhos! Depois estamos nós... com os nossos defeitos, que despoletam as nossas inseguranças... e depois surge o tal medo. Medo que temos de fazer um esforço por ultrapassar, de modo a que nunca percamos a luz que essa pessoa nos transmite. Sinceramente gostei deste post, fez-me pensar, e gosto disso!

    Um abraço, João.
    Liliane said...
    Olá, quero agradecer pela visita e me desculpar
    pela ausencia, sabe como é... depois das férias
    as funções se acumulam, trabalho dobrado, mas aos
    poucos tudo volta ao normal...
    mtas bjoks!
    singularidade said...
    Olá, lindo lindo a tua forma de amar.

    Bom fim de semnan, replecto de muito amor e alegria.

    Beijinhos muitos
    Squeezy said...
    adorei este teu texto... identifiquei-me com ele em diversas partes...
    Freyja said...
    Una carta de amor es una bella expresión de amor
    un abrazo

    besos y sueños
    Estrela do mar said...
    ...lindo texto Art...imaginação e realidade em excelente uníssono...adorei @migo...


    Jokinhasssssssss
    MalucaResponsavel said...
    fiquei sem palavras... as tuas palavars perturbaram os meus sentidos... deve ser desta fase em que me sinto terrivelmente perdida naquilo que sinto e quero e desejo... e que percebi que nem sp ficamos com "a pessoa da nossa vida" ... e que um dia as "coisas" acabam, pq tudo nasce, vive e morre...
    aware said...
    Dizer-te que és delicioso não é o suficiente...mas terá de servir.*

Post a Comment