Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Mas será possível que a maioria dos homens que me escrevem têm na cabeça o mesmo objectivo: "Posso Conhecê-la?" ou - género mais abusivo - "Podes mandar-me uma fotografia?"

Gosto de agradecer a quem decide escrever-me, seja para o elogio, seja para a ofensa. O acto de escrever é sempre corajoso e eu gosto de estar à altura da resposta, mas quando descamba para o piropo piroso ou para a ofensa desisto.

Pensarão que por eu ser mulher, vou aceder desesperadamente ao convite para um encontro? Ó meus amigos...!!!

Acham que por eu me dar a quem gosto, estou disposta a dar-me a quem não conheço (?). Tudo isto é mais curioso quando partem para o insulto fácil, por não obterem resposta aos convites. Desde pequenina que sempre ouvi dizer que para grandes mails, grandes remédios.

A minha mãe sempre me disse: "Tu não sejas oferecida". Já o meu pai preferia repetir-me vezes sem conta: "A fruta não se come antes de estar madura".

Os dois tinham razão, mas sempre gostei de os contrariar. Porque não hei-de eu comer um perozito verde se a fruta madura, às vezes, já vem mole? Eu nunca precisei de ser uma oferecida, mas, se me quiser dar por "dá-cá-aquela-fruta", dou.

4 Comments:

  1. Anonymous said...
    consegues ser o nome de duas músicas lindíssimas...
    a que está a tocar e a da Shade...
    isto promete.
    boa sorte!
    Lis57 said...
    Conhecer-te????? Deve ser quase impossivel? Como tu dizes és várias mulheres. Penso que representas mesmo «every women». Estarei certa ou errada?
    Visible Silence said...
    É mania masculina acharem que as mulheres andam sempre desesperadas pela companhia de um homem...
    Não se conformam com o facto de decidirmos estar sózinhas... acompanhadas... ou muito acompanhadas...
    Ou somos ( nas palavras deles... e delas ainda mais...) frias ou destravadas... :):)
    Gostei da atitude... isto promete...
    Anonymous said...
    Nao consigo paràr de te ler. Gosto do calor da tua escrita. Sou Homem, a nossa natureza é errarmos para podermos ser perdoados.Sabe tao bem melhor ser perdoado, pela casa toda... E se estou tentado a errar proferindo o fatal "Posso conhece-la?"... mas entao lembro-me de quanto é bom manter o misterio... nao va a publicidade ser melhor que a encomenda e as palavras magicas do "Abre-te..." nao nos levarem para a caverna dos encantos. Eu conheco tao bem o meu umbigo e nao é por isso que a barriga deixa de me doer de vez em quando... Tudo se resume a isto, nunca teremos uma segunda oportunidade de fazer uma boa primeira impressao. Homens, puffff!

Post a Comment