Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

No dia seguinte voltei ao mesmo bar, à mesma hora. No bar estava uma multidão, de onde eu esperava ver-te surgir a qualquer instante.

Estava sozinho a ouvir a música, a noite a passar, e eu a desesperar por não te encontrar. Durante esse tempo, dirigi-me vezes sem conta para a porta.

Enquanto o tempo passava, a minha cabeça pendia cansada sobre o pescoço, que descaía vencido no meio dos ombros, sobre o corpo encostado ao balcão. Ausente... não me apercebi que o bar esvaziava...

Lá muito ao longe senti de novo o teu perfume. Quando olhei, vi-te de novo luminosa... mais real. Aproximaste-te, e de seguida colocaste a tua mão suavemente sobre a minha boca, fazendo-me sinal para não falar. Chegaste-te mais perto de mim, deste-me um beijo com carinho, e disseste-me:
"Agora não posso, estou atrasada quinze minutos".
No início, não quis aceitar.

Mas o vazio provocado pela tua partida fez-me compreender que mesmo sem eu querer, estava apaixonado por ti perdidamente, por uma estranha que nem conhecia direito!!! Ao medo sucedeu-se entusiasmo e alegria. Mesmo sabendo que sacrificaria desta forma o tipo de vida que vivia, não me importava.
Estava disposto a pagar qualquer preço para voltar a ver-te de novo...

(continua)

26 Comments:

  1. Anonymous said...
    Vou esperar a continuação...
    Beijinhos Erotica (pontog.blogs.sapo.pt)
    mfc said...
    Esta história dos 15 minutos está muito gira... e parece real, pela forma como a narras!
    Por um minuto se pode perder tudo... todo o amor de uma vida!
    Just___me said...
    Linda ela. Espero ansiosamente pelo desfecho da história...
    PS:obrigada pela disponibilidade em ajudar, mas acho que não ia valer a pena porque eu não percebo mesmo nada daquilo.
    Beijo grande
    O Micróbio said...
    Dejá vú... para a próxima não a deixes falar! :-)
    andrye said...
    Ola!ja ha um tempo q ca n venho, desculpa.. mas é bom voltar e ver as lindas coisas q escreves no teu blog.agora espero pela continuação! beijokas grandes.
    Goncalo said...
    Olá!!
    Passo para deixar um abraço e vou esperar pela continuação, pois com esta escrita a vontade de continuar a ler/saber é mta :-)
    Um abraço
    Nilson Barcelli said...
    A história da menina 15 minutos está ficar interessante.
    Vê lá se te despachas a colocar os 2 capítulos que faltam para a gente ler.
    Abraço.
    Dora said...
    Quando começamos a dispôr assim dos nossos minutos na esprança de estar com alguém o enamoramento está instalado...Beijos!
    Carlos Barros said...
    minuto a minuto enche o amor o papo...
    Ritinha said...
    Olá, há quanto tempo...
    Vou levar a tua música emprestada, espero que não te importes...
    Beijo grande
    Planta said...
    Bolas, bolas, isso é mesmo intenso! A qualquer preço...é um bocadinho perigoso, mas o perigo adoça a vida!!!!!!!!!! Bom feriado, e obrigadão por voltares ao contacto, a felicidade que transbordas nos post´s é contagiante. Fica bem
    paulo said...
    Bem pelos vistos os 15 m está a ser impulgante, mete mais um bocadinho de picante(não muito,o segredo é a expectativa)e a estoria termine com uma ovação de pé.
    Um abraço de amizade
    paulo/FÚ
    Vab said...
    Já percebi que me acabaste de prender ainda mais por aqui. vim desejar um bom feriado, com uma ressaca dakelas... vindo de uma festa de belas artes!! na propria faculdade.. das melhores!
    Carmem L Vilanova said...
    Nao te disse, que em 15 minutos tudo pode acontecer? E pode acontecer que nos seguintes 15 minutos ela apareça de novo, para dizer-te que, agora sim, já nao terá que partir... :)
    Muitos beijos, querido amigo!
    stillforty said...
    E pagaste? Qualquer preço? Eu não pagava
    Bons feriados, porque toda a gente faz ponte,.
    Beijos
    Luís Miguel said...
    Estou ansiosamente à espera dessa continuação.....
    Karura said...
    sobre aquilo que escreveste no meu blog... o rapaz supostamente matou-se com um tiro na cabeça. pelo menos é isso que eu li em outros blogs... bjs********
    Carla said...
    Por vezes pode ser perigoso dar tudo. A nossa essência tem de ficar... Beijo grande :)
    Fénix said...
    Esta história tá cada vez mais interessante... :)
    Sempre os quinze minutos, arre! :D

    Fico á espera da continuação... ;)

    Hasta**
    Bastet28 said...
    Hummm espero ke nao faças como eu....escrevi o "meu diario" em 2 episodios e nunca mais acabei.....;))

    beijo enorme
    meialua said...
    E quando sao os proximos 15 minutos?

    ;)

    Bom fim de semana*
    Boxexas said...
    Tudo pode acontecer em 15 minutos... por vezes, tudo acontece em apenas 1 minuto... sensações que se apoderam de nós e nos fazem querer dar tudo, para sermos um pássaro á descoberta de um céu desconhecido! Aguardo pelo resto da história! Beijão enorme* ;-)
    Sónia said...
    Continuas como sempre, enigmático.
    Bjs
    Vera Cymbron said...
    Vale sempre a pena e 15 não são nada quando podem ser multiplicados pelo resto dos minutos da vida de pura felicidade...
    Jinhos, gostei, espero a continuação.
    Daniel Aladiah said...
    Caro Art of Love
    Espero que a próxima meia-hora seja mais compensadora :)
    Um abraço
    Daniel
    Rukinha said...
    eh uma mania d provocar..bolas... aposto k ela ja t tinha visto ha bue =P

Post a Comment