Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Os meus dias sem ti são tão longos... tão cinzentos...
Os meus dias sem ti são tão absurdos... tão amargos.. tão difíceis...
Os meus dias sem ti não têm noites... quando a noite vem é inútil tentar dormir...
Os meus dias sem ti são um desperdício, as horas não têm início nem fim...
Os meus dias sem ti são tão cheios de nada...
Os meus dias sem ti são como um céu sem raios de sol...


Sinto tanto a tua falta...

36 Comments:

  1. divinoedivina said...
    A vida sem a outra-metade é absurdamente vazia, cheia de nada. É a vida, sem vida. Sobrevivência.
    Ritinha said...
    Vamos acreditar que um dia sara? :)
    meialua said...
    Há saudades que doem por demais...

    Estou de regresso.
    Beijos*
    litle lucy said...
    A saudade é dolorosa, porém doce

    um beijo de boa noite Rose*
    Karura said...
    sobrevive neste mundo cruel... é dificil, eu sei... nem sei mais que dizer...

    bjs********************
    Taliesin said...
    Eu concordo com vc plenamente, como é doloroso sentir a falta de quem amamos, não poder tocar ou sentir o perfume no ar
    Bijos otimo domingo
    Micas said...
    Doi sentir a falta de quem amamos, mas um amor também é feito de ausências e saudade...Beijinho e bom domingo
    Anonymous said...
    Falta sempre algo não é, aquele cheiro, aquelçe aolhar, aquele molodiosa voz no ar, ou então o riso, o gesto..sentimo-nos perdidas, solitarias...falta um pouco de nós..Um beijo doce
    MissLadyMystery -> Http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt
    JM said...
    Que sintonia... Também eu me sinto assim, hoje, sem a Pintelha...
    E é só um dia. Um. Longo, sem noite, como tu o dizes.
    said...
    A vida é feita de outras faces, outras vidas
    que juntas podem priencher um só.
    Uma ausencia é uma falta ou não,
    por vezes é bom, por outras é para esquecer.
    Que seria de mim sem a outra pessoa?
    Um grande abraço de
    Daniel Aladiah said...
    Caro Art of Love
    Sempre gostei de escrever cartas de amor quando a ausência dói... experimenta usar o papel e os correios (se não o fazes já), pois o sabor é outro...
    Um abraço
    Daniel
    stillforty said...
    Também eu, também eu e tambem eu e eu e eu e mais eu sinto a tua falta.
    And so it is
    most of the time
    Esta música mata-me!
    trutasalmonada said...
    palavras com poderes mágicos como o pózinho de sininho, que me(nos) fazem voar por mundos dolorosamente belos
    lique said...
    A falta de quem se ama é terrível. A saudade pode ser um sentimento dilacerante. Beijos
    Pedro said...
    Como sempre palavras muito bonitas.
    Custa muito quando não temos a presença da pessoa que amamos.
    è preciso ter muita força e muita esperança no dia de amanhã.
    Tem uma boa semana.
    Abraço.
    Pedro
    Seeds said...
    Sentir a falta será uma forma de próximidade?? não pela falta mas pelo sentir???
    Elsa said...
    Queres que te ensine o que fazer para não sentir (tanto) a falta de quem amamos? ;-) Uma das coisas que podemos sempre fazer é refugiarmo-nos nas nossas recordações... um beijo.
    CPC said...
    Há dias assim... infelizmente. Mas melhores virão :)
    Boa semana, bjs
    Rukinha said...
    mt bom... faz lembrar da falta que a água faz á vida...
    mar revolto said...
    Talvez a falta de toda esta gente, tenha ditado o meu regresso à blogosfera.
    Segue-me o rasto.
    Boa semana
    beijo
    meialua said...
    Voltei apenas para desejar uma boa semana*
    O Micróbio said...
    ... a vida são palavras sem sentido!
    Pedro said...
    Oi,passei para enviar-te um abraço de desejar que tenhas uma excelente semana.
    Pedro
    Menina_marota said...
    Poema, imagem, música...

    Fiquei sonhadora...

    Bom início de semana.

    Abraço carinhoso ;-)
    AS said...
    Tantas vezes sentimos a falta de um abraço... apenas!
    Não basta seber que alguém existe, é preciso que esteja!...

    Um beijo grande
    andrye said...
    Os meus dias sem ti sao apenas mais uns dias q passam..sem ti vou apenas sobrevivendo.. bonito!beijokas grandes.
    borbolletta said...
    a verdadeira coragem está em conseguir transformar esse amargo dos dias, em momentos doces.
    boa semana...
    MONALISA said...
    Faço minhas as tuas palavras ( e acrescento-lhes a tranquilidade ) . Beijo
    Águas de Março said...
    Hmm.. a saudade é uma catástrofe.
    Mas Art, escrever sobre ela torna-a quase poética..
    Um beijo para ti.
    Vera Cymbron said...
    A saudade dilacera qualquer força de viver...
    Jinhos
    JPD said...
    Olá!

    Convem que a espera não seja prolongada para que o desepero se não passe para o outro lado e, a tragédia seja irreversível para ambos.
    Um abraço
    Carmem L Vilanova said...
    Vai atrás dela, Amigo... nao a deixes escapar... a saudade assim dói demais!
    Muitos beijinhos!
    Atalhos said...
    Como sofrem aqueles que sentem demais... é terrível, eu tb sei que não deveria sentir tanto!..
    Anonymous said...
    Saudade....a pessoa que inventou esta palavra de certo não fazia ideia do que iria significar na vida de tantas pessoas...tantos corações abandonados...
    Beijinho querido!
    Waxing Crescent
    P.S.: Brevemente alterarei o meu nick e o nome do blog (há coisas k deixam de fazer sentido) mas avisarei com tempo....BJ
    Wakewinha said...
    E quando o nada se confunde com o todo? Há que não perder a esperança!

    Age! P'los Animais!
    BlueShell said...
    bem sei oque issoé!

    belíssimo texto!
    É tão difícil amar….
    Porque tem de ser assim?
    Jinho, BShell

Post a Comment