Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

O pôr do sol não é igual quando estás longe de mim, porque assim sinto que depois de um dia longo a noite não tem fim.
Quanto tempo mais vai passar, até eu te poder abraçar?
Eu só quero ter-te perto de mim... só quero estar contigo...
Já não sei o que fazer, nem o que poderá acontecer se não fizer amor contigo...
E quando chove até parece que nunca mais vai parar, porque só o teu sorriso parece poder fazer o sol voltar a brilhar.
Mas por enquanto a chuva cai... e esta minha saudade não se vai...

30 Comments:

  1. Águas de Março said...
    Mas aumenta a cada minuto que passa, até tornar o reencontro numa festa de vida, de luz e de estrelas..
    Beijinho amigo!
    Micas said...
    essa chuva que cai, e a saudade que se sente...
    O Pi@d@s said...
    Palavra de honra que não posso cá vir. Há qualquer coisa neste blog que me... tira o ar!
    Mais uma vez, parabéns! ;-)
    Anonymous said...
    Aii, como sinto as tuas palavras.. A saudade, essa saudade.. ohh, tao injusta esta distancia.. Mas tao bem k sabe depois duma semanita separados.. =P Adorei esse teu pôr do sol! Pk apesar da saudade e da falta de presença, mais cedo ou mais tarde, afogarei essas faltas! E terei muito mais prazer em cada segundo passado ;) A vida obriga-nos a isso =p Beijinhu **** Anewstart **** (dedicadoanos.blogs.sapo.pt)
    isa xana said...
    saudades da pessoa amada... doi nao estarmos perto do nosso amor... mas também quando ha o reencontro... matam-se todas as saudades!!
    beijos
    Oma Eddie said...
    Venha o Sol para iluminar o Amor!
    O Micróbio said...
    "Mas por enquanto a chuva cai..."???? Isso queria eu e muitos dos portugueses... :-))
    Vera Cymbron said...
    Sempre que tá frio visito-te aqui e pronto, aqueço rápido...porque as tuas palavras são aconchegantes de um amor que envolve e aquece.
    Jinhos...e sim, quando quiseres escrevo-te ou escolhes qualquer coisinha do meu báu para pores aqui...basta pedires, sinto-me previligiada.
    AS said...
    Quanto maior é a ausência, mais intenso será o momento do escontro!...

    Um beijo
    Menina_marota said...
    "...porque só o teu sorriso parece poder fazer o sol voltar a brilhar. Mas por enquanto a chova cai...e esta minha saudade não se vai..."

    A saudade... essa palavra que pode ser tão dolorosa e tão mágica, quando saciamos a sede dela!

    Abraço e bom fim de semana... :-)

    http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/
    Anonymous said...
    Conheço essa musica e é mt bonita,alias ate ja a postei. É romantica e demonstra novamente o amor incondicional p alguem e o desejo q temos p essa pessoa.Boa escolha.Andrye.
    armando s. sousa said...
    Bom post.
    Mas estou com saudades da chuva.
    Amanda said...
    sabes Art... faziste-me lembrar ãquela canção "And I miss you like the desert miss the rain" só que não era falta não... era mesmo saudade que não existe noutra lingua senão a nossa... daí que o teu post está magnífico...
    ricardo said...
    porque o tempo sem amor é maior
    porque a vida sem amar é menor

    porque gosto do que escreves, volto sempre.
    um abraço.
    e viva o sol!
    sweetmelody said...
    a saudade...ai a saudade...sentimento doloroso e ao mesmo tempo tão gratifacante quando é saciado...
    muito bem escrito
    parabéns
    Anonymous said...
    Musica nova, ou qdo tenho vindo aqui estou sp sem som? Bom fim de semana!
    http://sunshine.blogs.sapo.pt/
    http://pequenitos.blogs.sapo.pt/
    Luís Miguel said...
    O escrito está perfeito e nada a dizer quando a perfeição impera. A mensagem que transmite é profunda e muito apetecível, sem dúvida. A temática é sempre agradável e a expressão clara.

    Clap, clap,.... Aplaudo.
    Apenas uma última observação: Cito-te: "Mas por enquanto a chova cai...". Não a "chova" mas sim a "chuva".

    Bom fim de semana...
    .
    .
    José Dias said...
    Adorei o teu blog e dakilo q li... voltarei cá + vezes... obrigado pela tua visita... um beijo :*
    Anonymous said...
    Está lindo! Bom fim de semana.
    João

    Poetasamigos.blogs.sapo.pt
    tounalua said...
    Os amanheceres (também) são sempre mágicos...
    mfc said...
    Quando se quer... a inquietação toma conta de nós!
    Ora o tempo voa... ora o tempo não passa mais.
    Carmem L Vilanova said...
    E que esperas, Art amigo para abraçá-la, fazer amor com ela, tê-la e mantê-la em teus braços e já deixá-la escapar... Vai, amigo! Vai em busca do teu amor e sê feliz!
    Muitos beijinhos para ti e os desejos de um lindo fim de semana!
    Piolha said...
    Olá! peço desculpa pela ausencia mas so agora acabaram os exames =D a saudade, a ausencia... acho que ja sou doutorada nesses sentimentos... são os que me invadem constantemente! Um beijo grande *
    Maria said...
    Esta música é lindíssima... Os 6º sentido são mesmo muito bons... Obrigada por mais umavisita... E concerteza que me podes linkar... Até porque eu já te linkei...
    Beijinhos
    JPD said...
    Só espero que quando consumares esta paixão a exaltação emocional seja superlativa.
    Fica bem!
    Um abração.
    Estrela do mar said...
    ...tenho andado um pouco ausente...estou doentinha...mas vim cá hoje...e sinto que o amor...essa palavra com 4 letras...mas tão forte e deveras importante na vida de qualquer mortal...continua a ser uma "sombra" para ti, amiguinho...tens que dar a volta...para que a tua vida seja mais "colorida"...não achas?...

    Um beijinho*.
    Anonymous said...
    Lindo! Fiquei sem palavras...o amor é a coisa mais linda que existe,e mostrar isso tão bem...beijinhos*****
    Yuna
    http://rainydays.blogs.sapo.pt
    Anonymous said...
    Oi!Adorei o texto...é como se as palavras tivessem saido da minha boca,do fundo da minha alma!Os dias tristes ficam ainda mais tristes quando não temos ao nosso lado quem tanto desejamos!Nada parece fazer sentido!Outro texto muito bonito...Não sabes escrever coisas feias,tá visto...lol!Bjs!!!Alexandra http://indoleromantica.blogs.sapo.pt
    Anonymous said...
    A saudade doí tanto... e a ansiedade pelo (re)encontro aumenta a dor... eu sei! No entanto temos sempre que conseguir reconhecer a beleza do por do sol e apreciar a nostalgia que o olhar a chuva através dos vidros da janela nos provoca. Beijo. Erotica :-) www.PontoG.blogs.sapo.pt
    Anonymous said...
    Confesso-te: qdo venho cá e leio teus textos, fico mais apaixonada. Poucos blogs deixam-me neste estado de pura emoção. É que sou muito sensível, romântica e possuo um coração enlouquecidamente disponível ao amor e tudo que leva a ele, contagio-me, rsrs. Sei dessa paixão que sentes, que rasga o peito, invade e grita e inquieta o coração. Se ele some, se silencia, desmaio de saudades, rsrs. Desculpa pelo meu blá, bla, blá mas deu-me uma vontade de dizer que sou assim...(risos) beijos meus.
    Anne
    http://www.anne_voce.blogger.com.br

Post a Comment