Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Como odiar-te, se eu amo-te?
Como posso dizer que te odeio, se no fundo preciso dizer que te amo?
Como te dispensar, se agora mais do que nunca preciso de ti ao meu lado?
Como fechar os olhos diante de ti, se vivo a sonhar em beijar-te, abraçar-te, ganhar o teu amor?
Como eu irei renunciar ao teu amor, se agora mais do que nunca começo a amar-te?
Como odiar-te, se te amo realmente?
Como? Jamais posso dizer que te odeio, pois no fundo eu amo-te como nunca amei ninguém.

1 Comment:

  1. Anónimo said...
    Aromas Do Mar disse...
    Do amor ao ódio vai um passo...do ódio ao amor outro passo vai.
    Boa semana e obrigada pelas tuas palavras lá no meu canto, é sempre um enorme prazer sentir-te por lá.
    E claro que podes trazer o poema ou a música que queiras.
    Boa semana
    beijo grande da MR

    14 Fevereiro, 2005


    Carla disse...
    Nunca finjas um ódio que não sentes. O amor, mesmo que não retribuído, é o melhor sentimento que podemos ter. Há um dia em que a reciprocidade chega e aí faz-se magia :) Beijo enorme para ti :)

    14 Fevereiro, 2005


    Adryka disse...
    Quem ama assim como tu...como poderá ser esquecido, desejo toda a felicidade e alegria do mundo para ti, porque sabes expressar o amor de forma linda.
    Beijo

    14 Fevereiro, 2005


    inconfidente disse...
    O ódio por vezes funde-se com o amor......

    14 Fevereiro, 2005


    Vab disse...
    Happy Valentine's day

    14 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    Beijinho e boa semana pra vocês!!!
    Waxing Crescent

    14 Fevereiro, 2005


    tecpalt disse...
    Sempre ouvi dizer que o sentimento mais próximo do ódio é o amor... bjs

    14 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    Contra factos não há argumentos. Cuidado, o amor anda de maõs dadas com o ódio. Não o sintas por alguém que já amaste. Uma boa semana e um beijo grande.
    BorboletaAssanhada

    14 Fevereiro, 2005


    O Micróbio disse...
    Estas palavras ficam bem em qualquer dia, mas hoje ficam melhor ainda...

    14 Fevereiro, 2005


    Vera Cymbron disse...
    Como?
    Como te compreendo meu caro...
    Jinhos

    14 Fevereiro, 2005


    NeVaEh disse...
    Eu só queria mesmo dizer que o dia foi uma merda... Prontos... Tá dito :|

    Ao menos que o vosso tenha corrido sobre rodas...

    E eu ás vezes querer odiar em vez de amar... Se calhar era mais fácil. Se calhar.

    14 Fevereiro, 2005


    meialua disse...
    "O Ódio é um Amor exaltado,
    Odiar, é amar inconscientemente..."
    ;o)
    Beijos*

    14 Fevereiro, 2005


    NeVaEh disse...
    Opa.. desculpa lá os erros ortográficos, LOL.
    Isto hoje tá mesmo mal :|

    errata
    - Ao menos *espero*
    - ás vezes *queria*

    14 Fevereiro, 2005


    Rukinha disse...
    tb te percebo bem.... é spr um prazer vir aki, as tuas imgs tao sempre la. sempre.

    14 Fevereiro, 2005


    isa xana disse...
    por vezes queremos odiar para tentar esqucer, mas é-nos impossível porque não conseguiremos odiar e muito menos esquecer quem nos acalenta o pensamento, quem amamos, mesmo que não seja recíproco esse amor ou que a pessoa nos magoe...

    bêjo

    14 Fevereiro, 2005


    stillforty disse...
    My only love came from my only hate - Sheakspeare.
    Beijo

    14 Fevereiro, 2005


    sandra disse...
    O amor, sentimento que nos faz ver o mundo de outra maneira!Beijinhos e boa semana!

    14 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    Como te compreendo!Pipokita

    14 Fevereiro, 2005


    Carmem L Vilanova disse...
    Art amigo! Passei para deixart-te um beijinho de Feliz Dia de Sao Valentim... Nao acho que o amor e a amizade estejam destinados a ser comemorado apenas um dia ao ano, mas aproveito esta data para celebrar a amizade de todas as boas pessoas que tenho o prazer de conhecer em minha vida, e que de algum modo, ficam, deixam seu perfume, seu encanto e aquela sensaçao ímpar de saber quao boa é a vida, graças aos bons amigos!
    Muitos beijinhos!

    14 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    Que o dia dos namorados seja, sempre, cada dia da vida. Bjinhos Amita//brancoepreto.blogs.sapo.pt

    15 Fevereiro, 2005


    Abulafia disse...
    sim, a fronteira entre o amor e ódio é ténue... porque as feridas deixadas por quem amamos doem mais. mas saram. e, felizmente, sarando, também trazem o amor de volta...

    15 Fevereiro, 2005


    Cavaleiro disse...
    Encontrei o teu end. nos espaços que visito e resolvi entrar. Encontro belas linhas descritas. Conheça-me
    também. Boa Semana!

    15 Fevereiro, 2005


    GAZETA DO BLOGUEIRO disse...
    Parabéns pelo seu excelente trabalho com o seu blog que só nos enriquece lendo seus textos. Por essa razăo, seu blog está nos "Destaques da Gazeta do Blogueiro" por 24 horas, caso desejar, poderá pegar seu troféu de destaque. Abraços cordiais equipe G.B.
    http://jornalblog.cjb.net

    15 Fevereiro, 2005


    Menina_marota disse...
    Ao ler este texto, até me arrepiei... escrevi em tempos (faz anos...) uma carta de despedida asssim. Tenho-a "arquivada" por aí... talvez um dia me encha de coragem e a vá buscar, lá ao fundo das meinhas memórias... Porque já não dói... (Não? há momentos, que nunca deixam de doer...)
    Abraço :-)

    15 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    Amor e ódio..sentimentos complexos e mt identicos.. gostei do texto ate pk to a passar por uam certa fase q me faz pensas em certas frases q escreveste.. beijokas Andrye.

    15 Fevereiro, 2005


    Tânia disse...
    Fazia muito tempo que eu não encontrava um blog onde o amor estivesse impregnado na pele e nas páginas...
    Muito prazer...seu blog é lindo.

    15 Fevereiro, 2005


    AS disse...
    ...mas quem poderá resistir a estas palavras tão intensas e transbordantes de paixão???

    Um beijo grande

    15 Fevereiro, 2005


    Peter Pan X disse...
    Caro Art,
    Como te apercebeste tenho andado sem tempo para os Blogs...
    Vou tentar (aos poucos) corrigir isso, mas para já ainda não vai dar para estar a 100%.
    Um grande abraço para ti e...
    ...havemos de falar!
    Abraço

    15 Fevereiro, 2005


    Ritinha disse...
    Não digas não pois há quem diga... e magoa tanto... quem diz e quem ouve.
    Beijo grande

    15 Fevereiro, 2005


    R/B Estação disse...
    Lindissima declaração! Isto é mesmo a arte do amor...
    Boa noite.

    15 Fevereiro, 2005


    Seeds disse...
    Sim sempre a cumplicidade entre amor e ódio, onde acaba um e começa outro ??, são tão fortes que se interceptam..

    15 Fevereiro, 2005


    peregrino disse...
    Bom, antes de mais devo dizer te que tu andas muito apaixonada, quem te amou ou te ama deve ser um tipo com sorte.

    belo e medonho o teu poema.
    um abraço.
    pr

    15 Fevereiro, 2005


    Anónimo disse...
    O ódio é como se fossemos enterrados vivos pelo amor , de repente já não sentimos , ficamos vazios. Por isso quem escreve um poema destes com esta força não pode odiar , ama e muito. Beijo Mónica (sweet pandemonium)

    15 Fevereiro, 2005


    Mónica disse...
    O ódio e o amor andam sempre de brço dado. Um dia disseram me “fico contente enkanto me odiares é sinal k ainda me amas” ,acho k a pessoa estava certa ...
    Beijokas***

    15 Fevereiro, 2005


    mfc disse...
    Os dilemas acompanham-nos sempre!

    15 Fevereiro, 2005

Post a Comment