Profile | Facebook | Videos | Fotos | Portofolio | Ebay | Leilões.net | email |

Há certas horas em que não preciso de um amor. Não preciso de uma paixão desmedida. Não preciso de beijos na boca, nem de um corpo para encontrar na maciez da minha cama.

Há certas horas em que só quero a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali quietinho ao lado sem nada dizer.

Há certas horas, quando sinto que estou para chorar, que desejo uma presença amiga, para me ouvir pacientemente, para brincar comigo, para me fazer sorrir. Alguém que ria das minhas piadas sem graça, que ache as minhas tristezas as maiores do mundo, que me faça elogios sem fim... e que apesar de todas as mentiras úteis me seja de uma sinceridade inquestionável.

Que me mande calar a boca ou me evite um gesto impensado, alguém que me possa dizer: Acho que tu estás errado, mas estou ao teu lado. Ou apenas alguém que me diga, sou tua amiga... estou aqui!!!

Acho que um amor também deve ser assim, antes de mais nada, companheiro, cúmplice, amigo. Um amor deve saber a ocasião certa para se amar e também para se ser companheiro. Saber ouvir, e saber falar. Porque a alma humana é cheia de mistérios e quem sabe decifrar estes mistérios com certeza sabe amar.

E tu sabes ???

29 Comments:

  1. ZAG said...
    Eu sei... mas isso será de menos importancia... concordo com a base... é preciso saber-se quem ser e quando o ser na altura certa... estanque imparcial, destemido. Seja para o que for, e por quanto tempo for... o tempo é afinal intemporal... Alive and Kicking... stay until your love is Alive and Kicking...

    Abraço forte...
    NR said...
    E não é disso que andamos todos à procura? Gosto de pensar que sim. ;)
    Excelente post.
    ti said...
    Eu continuo a acreditar nisso...
    Anonymous said...
    O ego ás vezes prega-nos cada partida.
    Essa conversa mole é toda muito bem ... mas o que é certo é que as tuas imagens são sempre ...digamos seleccionadas. Eu acho muito bem enriquece o conteúdo, torna o blog mais apelativo, mas é incoerente com o "
    Só conversar". Experimenta ... talvez com uma muída da zona ribeirinha e o mesmo texto ... .
    Afinal o que conta é a beleza exterior ou a interior. Quase todo(a)s respondem o mesmo mas quando chega a altura da verdade ....
    Feliz Natal e não estragues no Natal aquilo que fizeste durante o ano.
    Anonymous said...
    Não é preciso decifrar o mistério, pk não há mistério algum,...é preciso ouvir o coração, ser sincero acima de tudo e segui-lo!
    Se alguém nos estende a mão, nos oferece seu ombro, nos ouve, demonstra k gosta de nós!
    [...Se todos os homens amassem todas as mulheres, e vice-versa… o mundo seria como apenas é possível que seja nos nossos sonhos.]...(excerto Trilhas do Olhar)
    Mas...estas coisas do amor são muito complicadas!
    Ai, Ai...se são!...E não digo mais!

    Beijinhos e fica bem*

    Joaninha
    mfc said...
    É bom... mas não é fácil de encontrar!
    Rosa Cueca said...
    Acho que basta viver um momento de cumplicidade, serenidade, companheirismo...para se compreender que um amor não sobrevive só entre as 4 paredes de um quarto. Porque o saber "estar" no silêncio de dois mundos juntos num só...é algo indescritível. ;)
    Selma said...
    Adorei o teu blog...as palavras, as imagens.

    Ler este teu post, foi reencontrar-me nos teus sentimentos. Adorei :)
    mada said...
    O problema é que só se consegue isso quando conseguimos gostar do outro tanto como de nós própriosParabéns pelo sentimento e pelo comentário no Arquivo.
    Madeiras.
    Conchita said...
    Uma relação não é só sexo. É bom que não seja porque, um dia, essa parte vai desvanecer-se e as outras têm que prevalecer: o amor, o carinho, a amizade.
    Anonymous said...
    Vim conhecer o teu blog e gostei muito. Só me baralhei um pouco. Pelo que vi há (ou havia) dois autores. Li textos que são escritos no masculino e outro que são escritos no feminino, mas têm todos a mesma assinatura. Fiquei sem saber... mas no fundo o que interessa é a verdade do que está escrito e tens uma forma muito bonita de pensar o amor. O diálogo na cama é muito triste, sente-se amargura. Espero que sejas em breve feliz de novo. Beijos. Carla (das papoilas)
    Anonymous said...
    Há certas horas que precisamos de passar por aqui...Voltarei. Bjs. se for caso disso e Festas Felizes. pedevento.blogs.sapo.pt
    lima said...
    :) Gostei muito do teu post! Espero que encontres alguém assim para ti! Eu sei que é possível!! :) Agradeço-te muito a vizita que fizeste à "minha casa"! Serás sempre bem vindo sempre que quiseres "tomar um copo verbal"! ;) Retribuo o desejo de boas festas e felicidades! Voltarei sempre!
    Anonymous said...
    Pois, eu acho que ainda não conheço os mistérios... Mas continuo a acreditar que o amor é amizade, cumplicidade, partilha, etc, etc, etc, etc... bjs. Tecpalt
    robina said...
    Feliz Natal!
    Ritinha said...
    O amor é isso mesmo... plenitude nas sensações, emoções, paixão, partilha, empatia, companheirismo... enfim duas pessoas que partilham uma vida em comum.
    LadyFullMoon said...
    Gosto muito dos teus textos e do blog, vou continuar a visitar! Obrigada pelo comentário que deixaste lá no meu canto; espero também que continues a ser vista assídua! *
    Kabum said...
    Eu só sei que nada sei como dizia o outro...
    Mas com um blog destes voltarei aqui com toda a certeza...
    Já agora, és tu na foto?
    AS said...
    Uma mão amiga, um ombro, um sorriso, um carinho,uma palavra na hora certa...e depois o amor!...

    Um Feliz Natal!...
    Vab said...
    Claro que não me importo. Eu já tinha feiro um link para o teu blog e nem perguntei se te importavas :P
    É bom estar "linkado" num sítio tão agradável como o teu blog :)
    Feliz Natal e Óptimo Ano Novo
    Que Bem Cheira A Maresia said...
    Passei por cá para te desejar Um Feliz Natal e fazer votos para que em 2005 alcances tudo o que desejas.
    Um beijo da Mar Revolto
    Anonymous said...
    Ola vim agradecer a tua visita ao meu blog e espero q voltes. Gostei mt do teu blog e vou-te linkar ok? Beijokas e espero q tenhas um Feliz Natal com tudo de bom. Andrye.
    Lino Gomes said...
    Eu acho que o amor é uma forte amizade com mais algumas coisas a misturas. Algumas delas ainda não descobri...
    PS: Um óptimo Natal :)
    Aimée said...
    Se eu sei? Tu sabes a resposta meu amigo Art...
    Desejo-te um Natal muito, muito feliz, e que o teu ano de 2005, seja um ano de concretizações, sorrisos, paz e muito, muito amor!

    Um beijo imenso para ti...
    Oma Eddie said...
    Se não souber, quero aprender. Porque também acho que o amor precisa de ter por trás uma cumplicidade que dispense, por vezes, o prazer físico.
    Feliz Natal!
    Anonymous said...
    Espectro #999 diz ...

    Art of Love [...] vim agradecer a visita ao meu território.
    Tens aqui um poema que me deixou a reflectir, mas também, para o que ando a passar neste momento, isso é coisa que não me interessa minimamente.
    Deixei resposta ao teu comentário, lá no meu território.
    Feliz Natal [...] amanhã é dia de eu postar no Delírios Ascii. Se por acaso estiveres a pensar linkar-me aqui fica o registo ... [ http://visoes.weblog.com.pt DELÍRIOS ASCII by Espectro #999 ] ...
    Inté.
    Maria Branco said...
    Querido amigo, deixa-me dizer-te, que estou aqui.. Disponivel para ouvir as tuas palavras, e os teus silêncios. E quando os teus olhos não conseguirem segurar as lágrimas, ofereço-te o meu abraço, e as secarei com as minhas proprias mãos... Ficarei ao teu lado até que os sorrisos voltem a brilhar no teu rosto, e no teu coração... Ficarei aqui, ao teu lado, enquanto quizeres que aqui permaneça. Depois, depois irei embora levando em mim, as tuas lágrimas, as tuas palavras, silêncios, e deixarei apenas os sorrisos em ti.
    O amor é isto mesmo, darmo-nos ao outro, apenas pelo prazer de o fazer feliz, sem esperar nada em troca a não ser o seu sorriso.

    Se eu sei o que é amar? sei, sim! Mas digo-te ainda, que quero aprender a amar mais ainda, até à exaustão...

    Um beijo imenso!

    Tem um Natal muito Feliz!
    Anonymous said...
    OI!!!!
    Eu concordo ctg, acho que antes de mais nada tem de haver cumplicidade amizade, confiança boas conversas e só depois tudo o resto!! senão não é propriamente amor!!
    beijos grandes e bom natal
    Filipa
    www.almasdopurgatorio.blogdrive.com
    Du said...
    Sabe... Eu achei alguém assim... :)

Post a Comment